quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

O ACASO

Se tu atribuis
ou já atribuíste
ao poder do acaso
a causa de ocorrências
aparentemente fortuitas,
esteja certo de que não és
o único.

Quantas vezes, diante
de situações novas à priori,
tiveste a sensação de já as te-las vivenciado,
entretanto, ao mesmo tempo,
carregas a razoável certeza
de que o evento se processa
em virtude de "equívocos dos sentidos"

Então,  é o nosso jeito cômodo
de agir cotidianamente,
transferindo para o aleatório,
a lógica das leis naturais,
porque ainda não conhecemos
os mecanismos do processo.



sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

NAQUELE TEMPO

Naqueles dias, quando fazia tempo bom,
meu pai sentava, nos finais de tarde,
na sua cadeira predileta, junto ao alpendre
e lia Miguel de Cervantes em voz alta.
Nosso quintal se transformava no palco
das desventuras de Dom Quixote.
Dava-me aflição a sorte de Sancho Pança
e pensava comigo naqueles momentos,
que sina triste ser o fiel escudeiro
do destino do anti-herói de La Mancha!

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

A IDEOLOGIA DO CORPO

A filosofia da paz e do amor
e de um mundo solidário
ficou soterrada na memória
dos anos sessenta e setenta.

As ideologias caducaram
e restou o culto ao corpo.
Na era da apologia ao corpo sarado,
parece que não importa ter cérebro.
Paira no ar a discriminação subjetiva,
excludente dos que estão fora da norma,
enquanto a caravana dos sectários
retira a poeira da estátua de Apolo.

sábado, 8 de fevereiro de 2014

HOJE, NA HORA NA CHUVA, OUVI A VOZ DO MEU AVÔ

A face do meu avô resplandecia
naquele tempo de dias chuvosos.
Ele falava que a mente expandia
à medida que as gotas translúcidas
se desprendiam das nuvens gordas
e limpavam a atmosfera conspurcada
pelos pensamentos poluídos dos homens...

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

CONSEQUÊNCIAS

O direito de greve é justo.
O direito inserido na ordem
conforme ditames legais.
Greves no setor de prestação de serviços
são regulamentados pela constituição.
Isto posto narremos o abuso.
Trabalhadores do transporte coletivo de Porto Alegre
regem um movimento paredista, há uma semana,
ao arrepio da lei, a qual estabelece
para o caso específico, uma cota mínima
de trinta por cento da frota em circulação,
entretanto, a categoria cruzou os braços e entrou em férias...
Não podemos esquecer que o direito de um indivíduo
não pode esmagar o direito de outrém.
A greve integral no setor de transporte coletivo
vai de encontro ao direito individual mínimo:
o direito básico  de ir e vir.
Nós, usuários, estamos de mãos amarradas,
sitiados, impotentes.
Nosso direito primário e intransferível  foi sequestrado pela desobediência civil...


sábado, 1 de fevereiro de 2014

VALEU, GRACITA


Querida amiga  Gracita, obrigado pelo presente, recebido com muito carinho e respeito.







Desejo-te um fim de semana iluminado.