A minha Lista de blogues

domingo, 3 de novembro de 2019

ESTÃO PISANDO NO VERNÁCULO

Por vezes dá-me um angústia
ver nacos da língua rolando
nas bocas desinteressadas.
Bocas que recitam vocábulos
como se mastigassem pedregulhos
É duro assistir
a depauperação do idioma.
e a  defenestração
da base lapidar da língua.
Gente que deveria zelar
pelas colunas da casa,
 mete pés pelas mãos
na defesa da simplória tese
de que não estamos nos dias
de Machado de Assis.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

LIVROS E SAÚDE

Tenho observado que à medida
que as livrarias da cidade somem
surgem novas farmácias.
Por certo não existe correlação
entre uma coisa e outra
e o dito é apenas fato.
Mas isso mexe comigo.
Eu retroajo no tempo...
Estou lendo Marcel Proust,
tradução de Mario Quintana,
na sala de leitura da Globo,
no 2º andar da livraria,
na Rua da Praia...
Acordo quando a funcionaria da farmácia,
olhando a receita informa:
esses medicamentos de prescrições contínuas,
sobretudo, os prescritos às pessoas idosas
são contemplados com descontos em nosso estabelecimento.


segunda-feira, 14 de outubro de 2019

PREGUIÇA MENTAL

Parece-me que pessoas simples
sentem vergonha de pronunciar
corretamente alguns vocábulos.

Talvez no meio da simplicidade
haja uma boa dose de preguiça
ou patrulhamento comunitário

As justificativas recorrentes
surgem na ponta da língua:
Tive quase nada de escola.

Ora, ora; o mundo é uma escola.
Já vi gente se instruindo de fato
no livros que eram jogados fora.

domingo, 22 de setembro de 2019

PRIMAVERA

Eu amo o inverno, o frio
e as circunstâncias adjacentes.
Lá pelo meio do outono
minha alma espera ansiosa
a visita das temperaturas baixas,
mas meu sentimento cósmico
pela estação do minuano
não veda aos meus olhos
os encantos primaveris.

Primavera, tu és védica,
idílica, mística, feminina...
tu reges a sinfonia mágica
do aroma, da luz, das cores...
Primavera tu és sonho...

quarta-feira, 3 de julho de 2019

POIS ENTÃO!

Tanta gente preocupada com a felicidade
que esquece de viver
Tanta gente correndo atrás da dita cuja,
no entanto é feliz e não sabe
Talvez pensemos que a felicidade seja
um carrilhão de sensações grandiosas
insinuadas pelo mercado da ilusão
e ao nos depararmos com resultados
das expectativas não correspondidas
gritamos ao vento que somos infelizes.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

TESTEMUNHO DE UMA MÃE PREOCUPADA

Doutor, acho que meu filho
não está nada bem.
Passa o tempo ouvindo Bethoven.
Pagode, não quer nem pensar!

Mas não é só isso que me preocupa:
o guri quase não mexe no celular.
 Fca horas lendo livros
como se fosse um louco.

No começo pensei comigo:
isso é coisa de rebelde sem causa
e logo cansará dessa tolice
entretanto, a onda não passa.

Mas agora o quando piorou,
pois o teimoso descobriu
o mundo da filosofia
e dorme com Sócrates, Platão, Kant...

segunda-feira, 13 de maio de 2019

SOMOS BONS !?

Dizemos todos os dias
que não vamos bem
por que somos mal governados.
Que os alienígenas desceram aqui
e ocuparam as prefeituras,
os governos dos estados,
o Congresso Nacional
e a presidência da república...
Lamentamos nossa má sorte,
justo nós que somos
um povo bom, descente, honesto,
etecetera, etecetera, etecetera ...
Mas ao primeiro teste prático
da nossa decência
ficamos meio confusos..
Criei essa arenga para desabafar,
porque ontem minha filha
esqueceu do celular
dentro de um táxi
e após um curto espaço
o mesmo foi desligado!
Pois é: brasileiro é bonzinho,
os políticos que não prestam!