quarta-feira, 19 de junho de 2013

DAQUI A 30 ANOS...

O discípulo pediu para o mestre analisar
os fatos do tempo presente
O aluno queria entender os eventos
que aconteciam naquele momento.

O mestre apontou a dificuldade
de dissertar em cima das ocorrências.
Sugeriu a necessidade de um tempo
para fugir da influência dos fatos em foco.

O mestre disse: a história difere
de uma equação matemática
pela variedade de incógnitas
entrelaçadas às questões
a ser analisadas pelo especialista
isento em relação ao resultado.

Entre outras coisas,
o mestre ainda disse:
os políticos, a imprensa e os apaixonados
são maus analistas,
porque à luz dos interesses,
arrastam a roda da história
sob o ponto de vista compatível
à venda dos próprios peixes.

Decorridos trinta anos, o discípulo
foi ter novamente com o mestre:
sábio, hoje distante dos fatos,
gostaria que o Senhor dissecasse
os acontecimentos do passado,
que me angustiavam tanto
- Meu pupilo, em outra época eu faria
uma analise crítica segundo minha consciência,
mas agora estou convicto de que é difícil
falar com segurança sobre temas
associados às frágeis paixões humanas.




13 comentários:

  1. Pois é. E ele tem toda razão! Boa tarde, Dilmar.

    ResponderEliminar
  2. É, muitas coisas não entendemos, tentamos simplesmente explicar.
    Bela poesia. Bjs

    ResponderEliminar
  3. Tem coisas que é melhor não tentar explicar meu amigo. Tente descobrir do que um abraço é capaz. Quando bem apertado, ele ampara tristezas, combate incertezas, põe a nostalgia de lado.... Por isso eu vim trazer o meu abraço para você e agradecer a tua presença e as doces palavras de carinho que você deixa em minha página a cada visita. Partilhar da tua amizade é um privilégio. Sou grata por sua amizade e companheirismo. Beijos com meu afeto e carinho
    Gracita

    ResponderEliminar
  4. Dil,

    Adoro ler tuas entrelinhas, enfim o que foge à visão das palavras. Vc é o cara!Gosto demais! Bjo!

    ResponderEliminar

  5. Meu caro amigo e grande poeta Dilmar, mais uma
    Vez venho lhe agradecer o carinho que tem
    Tido comigo e meus trabalhos. Sua presença
    Me honra muito. Perdoa-me a demora na
    Visita ao seu espaço, mas tenho tido o
    Meu tempo muito corrido, mas estou
    Tentando equacionar isto. Passando para,
    Além de deleitar-me com seus belos textos
    (Gosto de tudo que escreves, és um artesão da
    palavra) e deixar o meu abraço e carinho.
    Um fim de semana maravilhoso para você!
    Beijos de luz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    POETA CIGANO – 20/06/2013

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderEliminar
  6. Compreender o homem... Difícil até para um mestre.
    Um grande bj

    ResponderEliminar
  7. bom dia Dilmar... belissima poesia.. escreves muito bem.. grande abraço e tenha um lindo dia

    lapidandoversos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Existem tantas coisas que nem o homem entende, sendo assim, é melhor deixar passar... Abraços amigo!!

    ResponderEliminar
  9. Dilmar, que inspiração! Fico abismada como você consegue colocar em forma de poesia temas tão sérios. Muita paz!

    ResponderEliminar
  10. Olá querido Dilmar,

    É sempre um aprendizado vir aqui te ver.

    Realmente não se explica a complexidade humana.

    Obrigada pelo carinho e um super domingo prá ti.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  11. Olá Dilmar! Não perdi tempo em vir conhecer seu blog, ao contrário, aqui esto aprendendo. A complexidade humana não nos deixa outra opção a não ser ficar na pura observação.Que bom que tem encontrado alento na poesia, superar as retalhações desta vida com uma ótima escolha. Adorei te ler Poeta! Lindo fim de semana pra ti.

    ResponderEliminar
  12. Ops! Corrigindo> (Estou), rs.
    http://rose-sousacoracaodefera.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar