segunda-feira, 29 de abril de 2013

VELHA GUAÍBA

Eu era  criança
em 30 de abril de 1957,
quando nasceu a Rádio Guaíba.
Naquele tempo, as rádios
daqui de Porto Alegre
faziam uma programação bem popular
e o ponto alto era o rádio-teatro,
ou seja, a novela no radio.
A programação da Guaíba
era diferente:
cultural, eclética, acima da média.
A Rádio Guaíba foi escola
de formação de profissionais talentosos;
estágio para muita gente boa
que foi para outros veículos
do centro do país ou migrou
para os canais de tv locais.
A Guaíba foi referência do rádio gaúcho
até a década de oitenta,
época em que as metamorfoses temporais
a transformaram em uma rádio comum,
igual as outras rádios.
Então, cansado da mesmice, parei de ouvir rádio!

33 comentários:

  1. Bom dia amigo Dilmar, assim como você, também me canso das mesmices de hoje em dia,parece que não há mais nada a se criar, copia-se tudo com máscaras de novidades, mas não, os Anos Dourados se foram meu amigo, não voltam mais, somente poucos que cultuam os velhos tempos podem ter o prazer de rememorar!
    Grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivone, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário.
      Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  2. Olá meu amigo
    Uns aninhos depois da data que assinalas lembro-me que também a rádio (porque não havia mais nada) era a minha distracção, a minha companhia diária
    Os meios de comunicação evoluíram, e agora confesso que pouco a ouço
    só mesmo para ouvir um bom relato de futebol!!!
    beijo amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  3. deixemos a mesmice de lado
    sob a laje de concreto
    um casal de pardais

    [cont´m 1 beijo]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margoh, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Amiga Lídia, obrigado pela visita. Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda noite.

      Eliminar
  5. Uma pena que o tempo mude determinadas coisas... mas sua memória sempre fará diferença em nossa vida.
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caroline, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  6. También guardo en el recuerdo la radio que me acompañaba en niñez,durante mucho tiempo deje de escucharla, pero hoy vuelvo a escuchar sobre todo un canal de música de rock clásico que esta muy bien. las cosas cambian amigo.Bikiños

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esther, obrigado pela visita. Um abração daqui do sul do Brasil.

      Eliminar
  7. Em 57, eu estava nascendo e mesmo assim deu tempo conhecer as novelas de rádio e as músicas de qualidade. Hoje o rádio é projeto.
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Janice, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  8. Grande verdade, amigo Dilmar. Sempre vale a pena relembrar essa época boa do rádio. Esperamos que as emissoras de rádio e tv invistam mais em novidades para suas programações, pois já estamos cansados de tanta mesmice.
    Parabéns pelo bom gosto na escolha do tema!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  9. Oi meu querido Dilmar!!!!

    Este teu tom de humor irônico me encanta.

    Grande beijo

    ResponderEliminar
  10. Ola caro amigo,como faz um tempinho que não passo por aqui,hoje me detive lendo vários de teus excelentes e saudosos textos.Como é bom recordar os Anos Dourados de nossas vidas.Um grande abraço.SU.

    ResponderEliminar
  11. Amigo Querido..
    Eu demorei mais graças a Deus
    hoje consegui vir no seu blog.
    Obrigada pelo seu carinho sempre e por entender
    o motivo .
    Amigo infelizmente ainda nada esta resolvido.
    Uma linda noite abraços,Evanir.

    ResponderEliminar
  12. Ficará na memória.
    Em Portugal tínhamos os "Parodiantes de Lisboa".Fizeram sorrir gerações.

    Beijo

    ResponderEliminar
  13. OI DILMAR!
    TENS RAZÃO, TEMPOS EM QUE NÃO HAVIA ESTA MASSIFICAÇÃO E A AUDIÊNCIA ERA DEVIDO A QUALIDADE DO VEÍCULO DE INFORMAÇÃO.
    BOA CRÔNICA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  14. Ah, meu amigo, houve um tempo em minha infância, em que só dormia com um radio ligado, esperava passar aquela canção para gravar nas fitas k7... Esse era um tempo bom, o tempo em que existiam rádios que tocavam Legião Urbana, e eu sonhava, sonhava e sonhava...

    ResponderEliminar
  15. Como não recordar os anos dourados de minha infância..também sou da época em que havia o rádio teatro e veja só, lembro de uma copa do mundo, talvez a de 58, que era só ouvida através da rádio. Bons tempos da minha infância em que tudo era tão bom...Beijos!!

    ResponderEliminar
  16. Dilmar sábias as tuas palavras.
    Vim lhe agradecer.
    Boas lembranças sempre tem a infância.
    Mas e o radio, não vai mais ouvir?
    Uma excelente semana.
    Um grande abraço!

    ResponderEliminar
  17. Olá Dilmar, por volta de 1963, ainda menina, eu fui chamada para ler as propagandas "do tipo comerciais" de um programa infantil. Tenho boas lembranças dessa época. Adorava!!No entanto,hoje não sou adepta a ouvir rádios, você disse bem, acho um tanto cansativo com as mesmices que se fazem por aí.
    Obrigada pelo seu comentário a minha poesia! Gratíssima!
    Bom fim de semana! Beijos, Vilma

    ResponderEliminar
  18. Esse é o problema dos meios de comunicação de massa, a mesmice. Cadê a criatividade desse povo? Muita paz!

    ResponderEliminar
  19. Boa tarde!!!
    Bom final de semana
    Agradeço sempre sua visita que
    deixa meu Cantinho sempre feliz
    Obrigado pela bela amizade
    Parabéns por ter sempre o melhor para oferecer
    Bjussss

    __Rita___♥

    ResponderEliminar
  20. Eu não ouço rádio, Dilmar. Ele se perdeu com as transformações tecnológicas e a falta de criatividade. Abraços!

    ResponderEliminar
  21. O radio foi e sempre será um grande meio de comunicação e nele nada falta..Ao acordar nos grandes campos de interior juntinho aos camioneiros nas casas de campo tudo se faz lindo com um bom programa de rádio.

    Parabéns pelo texto e por lembrar das coisas boas e simples da vida.

    ResponderEliminar
  22. Caro amigo e poeta Dilmar !!!

    Muito me honrou mais uma sua visita ao meu
    Blog. Obrigado pelo carinho para comigo e meus
    Trabalhos.
    Passando por aqui para retribuir a visita, deixar
    o meu abraço e carinho. Embora não conheça a
    Rádio Guaíba, achei interessante a sua informação,
    mesmo porque, quando algo que gostamos nos foge,
    deixa de existir, é normal buscarmos outra opção.
    Um lindo dia e maravilhoso final de semana pra você!!!!

    Beijos de luz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    POETA CIGANO –05/05/2013

    http://carlosrimolo.blogspot.com

    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderEliminar
  23. Bela recordação. Um tempo que não volta mais, mas está guardado na memória. Abraços amigo Dilmar.

    ResponderEliminar
  24. PASSANDO PARA TE DESEJAR UMA BELA SEMANA QUE SE INICIA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  25. Dilmar
    boa palavra. um belo dia amigo lindo.
    bjs

    ResponderEliminar
  26. Um poema sobre a rádio-novela. Gostei.
    Desejo que esteja bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar