terça-feira, 17 de setembro de 2013

? ! ?

Naquela manhã chuvosa,
sob o abrigo de uma marquise,
o simplório perguntou àquele filósofo,
ateu convicto de longa data:
meu sábio, acho que o Senhor não professa
nenhuma doutrina religiosa
- Graças a Deus não creio nele
- Nele quem, iluminado mestre?
- Naquele que vocês, sonhadores,
chamam de arquiqueto do mundo
- Mas homem sábio, diga-me
quem criou tudo o que existe?
- Ó homem de escassos conhecimentos,
não sabes que o mundo surgiu por acaso?
- ..................................................
- ..................................................

À medida que a manhã avançava,
a chuva ia ficando mais forte,
 o céu ganhava nuvens tormentosas,
o professor começava a gaguejar,
pois  tinha medo de raios,
- muito medo para dizer a verdade -
As questões do homem iletrado
iam ficando sem respostas...
De repente, o sábio muito assustado
debaixo dos coriscos do temporal
implora ao homem hulmilde:
por favor, reze para Deus!




25 comentários:

  1. Um dia, esses que dizem não crer no Pai, rendem-se a Ele. Adorei Dilmar passar hj por aqui. Um grande abraço querido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nádia, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  2. Divulgando o novo blog: http://50nuancesdecinza.blogspot.com.br/
    É um blog de poesias e minicontos, pensamentos. Te aguardo. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Jeanne, obrigado pela visita. Irei lá no teu espaço. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  3. [na manhã pontuada por chuva, sorrio entre parênteses]


    que poema lindo, Poeta!


    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margoh, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  4. E o descrente se queda à oração. Não por acaso (rss). Gostei muito. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita amiga Marilene. Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  5. Muito interessante.
    Perante a grandiosidade da crianção
    de Deus, caem presunções,
    caem arrogâncias...

    abraço, querido irmão de poesia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Lola, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  6. Olá. Boa tarde meu amigo!
    Acredito que aqueles que se dizem ateus, nos momentos de extrema dificuldade e desespero, sempre recorrem a Deus. E o Pai não desampara nenhum de seus filhos, Ele abençoa a todos, mesmo àquele que não acredita na Sua existência.
    Muito linda tua inspiração! Adorei ler.
    Beijos e muita paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida amiga Ilca, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Jorge, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  8. Muito bom. Conheci um ateu, que perto da morte, internado, pediu para que levassem a bíblia, e leu até morrer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paula, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  9. Para quê mais palavras...? Está tudo dito aqui...

    Gosto de o ler poeta.
    abraço
    cecilia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cecília, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  10. Ola caro amigo,é sempre um grande prazer receber tua visitinha e,um prazer maior vir conferir teus excelentes textos.Tenhas um belo dia e aqui fica meu maior abraço.SU.

    ResponderEliminar
  11. Amiga Suzane, obrigado pela visita. Tenhas uma boa noite e um ótimo feriado.

    ResponderEliminar
  12. Mais uma vez estou voltando
    com as mãos estendidas
    para segurar as suas com infinito amor.
    Que , a alegria de dividir meus sonhos
    seja bem recebida por você e ,
    que você também compartilhe
    desse meu sonho.
    Que , nossa amizade nos permita compartilhar
    alegrias , felicidades e também nossas tristezas.
    A mais preciosa amizade é alimento ,
    que sacia nossa alma
    é aquela , que crê em nós
    é aquela , que nos aceita da forma , que somos ,
    pois somos seres humanos
    parecidos sim nunca com pensamentos iguais.
    Um abençoado e feliz final de semana.
    Beijos no coração ,paz e carinho na alma.
    Evanir.
    PS:Com a chegada da primavera na
    postagem tem um mimo
    da primavera.
    Carinhosamente te ofereço
    um mimo é simples mais feito com
    muita ternura.
    Uma oferta de amor pela nossa amizade.

    ResponderEliminar
  13. Amiga Evanir, obrigado pelo carinho.
    Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  14. Amiga Evanir, obrigado pelo carinho.
    Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  15. Pois é, amigo Dilmar, o acaso não existe. E como disse o poeta, o acaso é a obra que Deus não assinou. Muita paz!

    ResponderEliminar
  16. Pois é, amigo Dilmar, o acaso não existe. E como disse o poeta, o acaso é a obra que Deus não assinou. Muita paz!

    ResponderEliminar