quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

PASSAGENS

Já habitei
tantas casas
de endereços esquecidos.
Já usei tantas vestes,
mas não lembro dos fios
que compunham o tecido...
Um dia terei acesso
à grade de registro
da minha peregrinação
pelas jornadas pregressas..

20 comentários:

  1. Respostas
    1. Amiga Lúcia, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  2. Bela poesia aquela poesia que diz tudo e que não diz nada que os criticos não gostam (aaaa criticos) quem gosta de boa poesia adora, por espelhar o estado de espirito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Orides, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Amiga Lúcia, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma linda noite.

      Eliminar
  4. Com certeza, Dilmar. Um dia veremos esse filme. Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Maria, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma noite iluminada.

      Eliminar
  5. Olá.

    Hoje é Sexta Feira, o primeiro do dia, dos fins de semana.
    Quero desejar-te Saúde. Alegrias. Paz. Deslumbramentos. E uma contagiante vontade, para que os teus sonhos, aqueles ainda não realizados, concretize-se. O melhor da Vida, sempre é, viver em paz. Por isso, receba o meu sentimento de carinho, de amizade, e de respeito.
    Fique com Deus, o Criador, o dono, do dom da Vida.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo José, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma ótima noite.

      Eliminar
  6. Dilmar, em seu poema "Passagens", mostra-nos claramente ter vivido outras vidas, em outras paragens e com certeza, quando transcender você conhecerá mais do que imagina.Achei valioso o seu texto. Parabéns! Grande abraço e bom final de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Marli, obrigado pela visita. Pois é, estamos indo e vindo e certamente vamos continuar assim por muito tempo.
      Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  7. Sabe, Dilmar, acabei voltando para lhe dizer algo sobre o filho que perdeu,mas esqueci.......o que deveria lhe dizer. Continue construindo as suas poesias, pois elas sempre têm uma grande mensagem a alguém que busca socorro. Abraço!

    ResponderEliminar
  8. Tantas casas já habitou
    Tantos endereços esquecidos
    Os sítios por onde passou
    Com certeza eram bonitos!

    Obrigado pela visita,
    desejo uma boa noite e um ótimo fim de semana
    para você amigo Dilmar Gomes, um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Eduardo, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil.
      Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  9. Lindo!!!! Poucas palavras mas de um profuno bom gosto...
    Obrigada amigo por me dar a graça da sua visita, ainda que eu não ande muito inspirada, e que as postagens não sejam tão boas, mas o importante é caminhar....bjos.

    ResponderEliminar
  10. Amiga Simone, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  11. Sim, amigo, todos nós um dia acessaremos os registrios de nossa encarnação. Belo poema! Bjs.

    ResponderEliminar
  12. Dilmar .... bonitas letras dejas lucir
    en tu blog, para deleite de nuestros ojos.

    Saludos desde Argentina

    ResponderEliminar
  13. Olá Dilmar,com certezas já vivemos várias vidas,já usamos vários tipos de roupas,dependo da época em que vivemos.Todos nós passaremos pela à grade de registro da minha peregrinação.
    Eu entendi isso! Beijinhos.
    Belo texto parabéns.

    ResponderEliminar