domingo, 1 de dezembro de 2013

SERÁ, BELCHIOR ?

Depois da chuva
daquela tarde,
de temperatura agradável,
ao fim da primavera
vieram os pingos de sol
que se desprenderam
do rosto do arco-íris...

Lembrei-me do paraíso,
do tempo de criança,
mas uma voz se intrometeu
e disse um verso de Belchior:
"O paraíso é a palavra paraíso"...

Ainda que a construção
poético-filosófica
do compositor cearense
traga intrínseca
fundamento racional
naquele instante soou
inútil, deslocada, inverossímel...

23 comentários:

  1. Amigo poeta Dilmar, lindos versos, amo ver o arco iris depois da chuva, lembranças dos tempos de crianças!
    Belchior, que bom poder lembrar desse poeta que cantou lindamente suas composições!
    Abraços!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, querida amiga. Belchior cantou lindas canções, realmente.
      Um abração. Tenhas um bom final de domingo e uma linda semana

      Eliminar
  2. E esse jeito de deixar sempre de lado a certeza,
    não deixar o meu cigarro se apagar pela tristeza,
    é proibido a entrada, mas eu quero falar:
    viver é melhor que sonhar,
    viver é melhor que sonhar!"

    (Recitanda - Belchior)


    beij0

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amiga Margoh. Belchior é um grande compositor e um bom cantor. Um compositor afinado com a poesia.
      Um abração. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  3. É bom termos um arco-íris guardadinho dentro de nós... sempre. Bjus Dilmar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amiga Nádia. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  4. Oi Gilmar,
    O arco-iris é uma visão privilegiada.
    Belchior grande compositor.
    Adorei seu poema!
    Grande abraço!
    Uma ótima semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Smareis, obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas uma linda noite.

      Eliminar
  5. Depois da chuva
    O sol brilha
    O calor a terra enxuga
    A primavera florida
    Vida boa enquanto dura.

    Obrigado pela visita
    amigo Dilmar Gome
    desejo uma boa noite
    uma braço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Eduardo pela visita poética. Um abração. Tenhas uma ótima noitge.

      Eliminar
  6. Gilmar, meu amigo poeta de palavras fáceis, porém profundas que tocam o coração de seu leitor. E não poderia ser diferente com sua amiga aqui, humilde cozinheira! rs
    Que olhar espetacular destinaste a canção de Belchior. Colorindo a vida nas cores do Arco-íris. Me remete também a Aquarela (Toquinho). Que ainda ei de ver aqui reproduzida em versos por ti com o olhar.
    Parabéns amigo e obrigada por ir me visitar, fico muito contente sempre. Bju gde. RE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Regina, obrigado pelo carinho. Querida, todas as profissões exercidas honestamente são dignas. Ser cozinheira, gari, médico, é a mesma; ainda que socialmente pareça diferente.
      Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Amiga Lídia, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  8. A cada poema que leio aqui meu caro poeta Dilmar, me desperta uma doce curiosidade de como é sair dos trilhos... este poético ínício me derrubou, porque outro dia olhei pro céu e vi ou senti isso que escreves, gosto demais 'do rosto do arco-íris', daí o sair dos trilhos do poema, e isso me deixa 'maluco', uma voz te diz, me diz e segue uma filosofia questionadora, dentro do poema, quase outro poema, mas é a volta aos trilhos poéticos, que na verdade nunca saíram, eu que precisava tentar me explicar tamanho delírio poético. Fascinante tuas construções, a cada poema sinto-me surpreso pelos rumos, pelo instante, por tua poesia...a palavra é o sagrado do poeta.e o brigado pela querida visita e por aprovares o uso que fiz de tuas palavras, obrigado.
    ps. Carinho respeito e abraçoo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Jair, obrigado pela consideração e pelo carinho. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  9. Boa noite amigo Dilmar !
    Mais um texto inteligente, bem expressivo com uma pitada de poesia !

    Agradeço pela visita, Obrigada !

    Beijos !

    Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, Fernanda.
      Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  10. O paraíso é a palavra paraíso!! Desejo vivamente que tu vivas num autentico paraíso!! Muitos beijinhos,fica com deus!! Desejo que o teu mês de dezembro seja muito especial. Feliz Natal.

    ResponderEliminar
  11. Joaninha, obrigado pela visita a este modesto espaço. Um abraço daqui do sul do Brasil. Também desejo que tenhas um ótimo dezembro e um feliz Natal.

    ResponderEliminar
  12. Amigo Dilmar, começo o comentário com a pergunta/título da tua poesia/reflexão: "Será, Belchior?" Gosto de chuva, arco-íris, Sol...mas fiquei aqui pensando no "paraíso"... Quantas vezes, e de forma equivocada,o paraíso é visto e, entendido como um lugar circunscrito... Sabemos que não é bem isto e que quando estamos em equilíbrio podemos dizer que "estamos no paraíso"! Será amigo Dilmar? Desejo uma noite plena de paz e serenidade! Um abraço...

    ResponderEliminar
  13. Sabe Dilmar que sempre achei o Belchior um poeta que recitava com fundo musical as vezes até contra o ritmo mas o lembrastes com uma bela poesia, PARABÉNS

    ResponderEliminar
  14. Obrigada Dilmar! Lindo poema com arco-íris.E Belchior um grande compositor.
    Amei parabéns.
    Beijinhos e um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar