sexta-feira, 14 de março de 2014

SERÁ

Durante muito tempo
fui refém
do sentimento de inutilidade
quando olhava para trás
e lamentava aquilo que não foi.

Ó sabedoria, ensina minha alma,
aquieta meu coração
e tranquiliza meu espírito
pelos (des)caminhos da existência
porque o que for para ser, será.

13 comentários:

  1. Dilmar, creio que olhar para trás sempre provoca nostalgia. A sensação de que algo poderia ter sido diferente nos envolve. Ficou belo seu pedido, condizente com o que se deve alimentar, a crença de que, se tiver que ser, será. Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Marilene, obrigado pela visita comentada. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Que lindo Dilmar.... é bem assim querido. Um bj e feliz final de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nádia, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
    2. Nádia, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  4. Não lamentar, corrigir o que precisa ser corrigido e o q não deu certo tentar novas oportunidades.
    Tenha um abençoado fim de semana. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cléu, realmente, a existência é um aprendizado. O mundo é uma escola. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  5. Boa tarde

    É sempre muito bom quando temos a capacidade de reconhecer alguns erros e saber corrigi-los. Gostei muito de ler

    Bom fim de semana
    Cumprimentos
    **************************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, amigo Ricardo. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo domingo.

      Eliminar
  6. Durante muito tempo,
    Foi refém, escreveu você
    Há coisas que não entendo
    O motivo não sei porquê!

    A sabedoria lhe alimenta a alma,
    Escreve você com imaginação
    Por isso tenha amigo muita calma
    Muito esforço faz cansar o coração!

    Desejo para você amigo Dilmar Gomes
    um bom fim de semana, um abraço.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  7. Querido amigo Eduardo, obrigado pela visita poética. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo domingo.

    ResponderEliminar
  8. SERÁ!
    Não quero ser aquilo que nunca fui
    Ser o que agora sou então me basta
    Esta vida com ela é, suavemente flui
    Tentar ser outra coisa me desgasta.

    Pois como se viver é feito de escolhas
    Quando nós estamos na encruzilhada.
    Não é como no outono caem as folhas
    Quem vêm ao chão sem atinarem nada.

    Escolho sozinho a senda na qual ando
    Então muitas vezes em seguida falho
    Tento me levantar e não fico chorando

    Não sou jaca madura que cai do galho.
    Nesta vida melhor é não seguir o bando
    E abrir espaços com esforço e trabalho.

    ResponderEliminar
  9. Com sabedoria podemos dizer que somos muito mais felizes!! É preciso sabermos encarar os problemas da vida!! Beijinhos e fica com deus!! http://sandrasofiaafonso1.blogspot.pt

    ResponderEliminar