sexta-feira, 26 de outubro de 2012

FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE

Há pouco eu perambulava
pelas ruas do centro histórico
com a sensação de quem vai
a um encontro marcado
com as coisas do coração.

Conduzido pela cauda de um devaneio,
desço a velha rua da Praia,
atravesso a Esquina Democrática,
 vou na direção da Usina do Gasômetro
e os meus pés andam acima do solo.
À altura da rua da Ladeira
avisto a Praça da Alfândega enfeitada,
então tudo ficou claro:
é a última sexta-feira de outubro
e o evento histórico se repete,
como acontece há muitos anos:
"Abertura da nossa Feira do Livro"
Estou ingressando no templo
do sonho e da magia!


32 comentários:

  1. Que bom!!!!
    Um poema repleto de saudades e realidades.
    Beijos!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Janice, obrigado pela visita. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  2. OLá Dilmar, bom dia!

    Olha só que maravilhoso é você, em tudo aproveita a oportunidade pra poetizar acontecimentos, fatos, ideias, e agora, nessa postagem, a abertura da feira do livro. Excelente!

    Obrigado meu amigo, pelas visitas ao meu blog, mesmo eu estando um tantão ausente daqui. É que tenho estado meio dodói, e um repouso forçado, me obriga a ausentar-me da net...Estou melhor , por agora.

    Excelente final de semana pra vc!

    Bjos da Lu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Lucia, obrigado pelo pelo carinho. Um abraço. Desejo-te uma recuperação plena da saúde. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  3. Olá. Com respeito. Bons pensamentos no fim de semana! Eu ando ao seu lado este passeio literário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Cristian. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  4. Estou convencido: tudo é matéria de poesia por aqui. Bom isso! Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amigo Fred. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  5. A poesia te acompanha e marca sua história. Parabéns, amigo!!Hoje, também, quero lhe dizer que tenho um presente prá você lá no meu blog. Se gostar, aceite-o e trago-o para cá. Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Vilma, obrigado pelas palavras carinhosas. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  6. Impressionante a intimidade com a poética nas suas vivências,vejo aqui um contador de histórias verídicas que nos ajudam refletir através de um olhar no qual a poesia brilha e pulsa num coração intenso como o seu. Parabéns, não se perde nada por aqui, acumula-se cultura, contagia-se pelo amor de um gaucho com sua terra e vive-se a poesia plena, como se estivesse caminhando lado a lado na rua da praia. bjo amigo, feliz final de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Eva, obrigado pelas palavras carinhosas. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  7. Livros, muito bom lê-los, imagino para vc, amante da literatura. E nesse poema vc coloca essa sensação do prazer pela leitura. Muita paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada amiga Denise. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  8. Dilmar, cresci entre livros, minha madrinha por sorte tinha livraria, eu ajudava a tomar conta depois das aulas, lia de graça, pois como sabes, se não for em bibliotecas nem todos ainda hoje podem viver comprando livros, que pena que são caros, vale que eu sei, mas como nem todos podem é real!
    Lindo isso, seu passeio hoje foi gratificante, entre livros!!!
    Abraços amigo poeta, pois só podemos escrever se lemos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivone, fostes privilegiada, pois crescer em meio aos livros é uma dádiva maravilhosa. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  9. Dilmar obrigada pela visita..................tenha um domingo cheio de luz
    Abraços,
    Rai

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não precisa agradecer, amiga Rai. Tu merece. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  10. Olá Dilmar!! Quando puder volte ao meu blog. Deixei um presente pra vc lá. Abraços amigo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Voltarei, sim, amiga. Obrigado. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  11. Olá obrigada pela visita.
    Volte sempre bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De nada, querida Nelma. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  12. Poeta de belos poemas
    que sempre passo no seu blog
    para comungar belos versos
    e uma cuia de chimarrão
    Assim como a Regina Ragazzi
    também tenho um presente
    no meu blog pra você

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prezado poeta, obrigado. Quando tomar chimarrão, lembrarei de ti, amigo. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  13. Que delicia de poema, e feira do livro, amo feiras assim
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Angela. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  14. Olá querido amigo Dilmar venho agradecer sua ilustre visita. Obrigada!!! Belo texto,como sempre... sabes que acho seus textos ótimos,de uma grande inteligência e sempre de grande conteúdo. Beijos!!! Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras carinhosas, amiga Fernanda. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  15. Dilmar
    gosto das tuas poesias amigo
    tudo de bom neste dia
    beijinhos com carinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amiga Lúcia. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  16. Ha sido un placer descubrirte. Me gusta mucho como escribes. Te sigo- Un abrazo-

    ResponderEliminar
  17. Bom dia meu querido!! Seu filho, deixou a existência física, para a existência espiritual.
    Ele vive espiritualmente ao lado do nosso Deus, criador de todas as coisas. Seu filhos não está mais sobre os seu cuidados e sim sobre os cuidados do nosso Pai Celestial, como Pai Ele cuidará muito bem dele,tenha certeza disso.
    Acredite vc está separado do seu filho por um tempo indeterminado da existência física, terá a eternidade para estar ao lado dele na existência do espírito. Um grande abraço, te desejo força para continuar nessa jornada que se chama vida.

    ResponderEliminar