A minha Lista de blogues

sábado, 5 de janeiro de 2013

É FÁCIL DIZER

O professor empolgado com o som
das palavras que saiam da sua boca,
discorria sobre a importância
da transmissão de hábitos alavancadores
na formação do caráter humano:
Caros discípulos,  já há algum tempo
vem ocorrendo uma permuta
por conta do afrouxamento disciplinar,
numa época de sedução tecnológica,
pais e educadores acomodados
pecam pela ausência de exemplos salutares.
É tempo de reeducar os pais,
é tempo de adotar posturas
condizentes as necessidades atuais.
Está na hora de alcançar às crianças
paradigmas estruturados no bom senso.
A aula acabou.
O mestre embebido nas próprias palavras,
demorou para perceber que estava sozinho na sala.
Foi embora falando consigo.
Andou pela rua pisando no vento.
Entrou dentro de casa em estado de graça.
Chamou pela mulher e pelos filhos:
Família, cadê a recepção para o cérebro?
Quero aplausos para o professor do ano!
Acho que estarei na listas dos dez mais.
Enquanto isso, a mulher e os filhos pensavam,
esse cara endoidou!
O professor, eufórico qual deputado de 1ª eleição,
falava sem parar sobre  sua capacidade retórica,
mas o filho menor cansado da ladainha,
queria brincar com o pai, ali no tapete da sala.
O homem nervoso com o pedido da criança,
zanzou pela casa à procura de algum brinquedo.
Mas por ironia do destino, o pequeno cobrava
aquelas coisas que ele falara na aula
Paiê, vem plantar bananeira comigo!
Mas o cara, desconversava... não sabia o que fazer...
Àquela altura, a mãe, irritada, interveio:
Mestre, chegou a hora de pôr na prática
tuas brilhantes teorias.
O pai, vermelho, irritado, vociferou:
Tenha paciência, um intelectual da minha estatura
não vai rolar pelo chão feito um bobo.
Mulher, entenda; estamos no Brasil
onde é permitido dizer coisas
que nem passa por nossa cabeça executar,
pois caso contrário, grande parcela da classe política
estaria na cadeia...


22 comentários:

  1. Pois, este sempre foi um problema estrutural das sociedades ocidentais, a meu ver. É o velho: "Olhai para o que digo e não para o que faço".

    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Lídia. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  2. É tempo de correr atrás do tempo perdido. Pais sem educação não educarão filhos drogados.
    Podemos dizer o que queremos, depois escolhemos a cadeia em que vamos morar.
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Janice. Um abraço. Tenha uma linda semana.

      Eliminar
  3. Querido Dilmar, intensa história, bela postagem!
    Grata pelo seu carinho! Eu te gosto muito!
    bjs,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Martha, obrigado pelo carinho. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  4. Dilmar, bem colocado seu parecer nesse texto que é mesmo uma verdade, pois dizer é mesmo fácil o fazer é que é a prova dura da vida.
    Em um futuro bem próximo não haverá professores falando, mas ai de quem não souber dar os bons exemplos, pois somente com os bons exemplos que se pode ver uma sociedade evoluída e educada!
    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ivone, obrigado por tuas visitas constantes a este modesto espaço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  5. Interessante este seu texto. Hoje vi uma coisa que me deixou
    a pensar: num Centro Comercial na área da restauração uma
    criança ainda colo, tinha um mini-computador à frente no qual
    passava desenhos animados, ao mesmo tempo que a mãe lhe dava de
    comer. Veja bem, que já saem de casa com o computador. A criança
    não comerá sem estar a ver desenhados animados? Fiquei a pensar
    que educação se está a dar às crianças.
    Bj
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Irene, estamos metendo os pés pelas mãos. Um abraço daqui do sul do Brasil.
      Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  6. Rsss sou da opinião de que se aprende mais por exemplos do que qualquer outra coisa,muito bom!
    Ótimo fim de semana amigo, abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Isa. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  7. Genial, Dilmar! Você retratou fielmente o caos que abraça as famílias brasileiras, quiçá estrangeiras, pode ser. Porque os valores que aprendemos foram perdidos entre fios, botões, placas-mães e outros badulaques pós-modernos que assolam nossas crianças e nossos jovens - isso só pra resumir. Porque tem muito mais elementos destruidores rolando por aí.

    Saudade do tempo em que eu brincava de esconde-esconde, amarelinha e passa-anel...

    Adorei tua visita lá no Retratos, a compartilhar comigo um pouco das minhas vivências.
    bj da Lu
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Lu. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Obrigado amiga Margoh. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  9. Dilmar, vc é um mestre nas palavras. Consegue expressar com tamanha facilidade, pensamentos que perambulam na cabeça da maioria das pessoas. Ah! Se executássemos o que pensamos. Com certeza esse mundo não seria tão agressivo. Mas é mais fácil nos acomodarmos e esperarmos que o governo tome atitudes. Muita paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Denise. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  10. Pode ser fácil de dizer
    Mas de o fazer não
    Como o poeta bem escrever
    Poemas de sua imaginação!

    Tanta coisa mal feita
    Tanta gente castigada
    Sem cabresto tanta besta
    Tem a vida facilitada!

    Boa noite para você,
    amigo Dilmar Gomes,
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amigo Eduardo pelo comentário poético. Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  11. Olá amigo. O exemplo é o que fica. Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Maria. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar