segunda-feira, 21 de julho de 2014

VERSOS BRANCOS

Quando eu procurava nome
 para as coisas que mexiam comigo
buscava definição para os versos
que encontrava nas folhas impressas.
 Quando soube que o universo
das palavras mágicas
se chamava poesia
me deparei com Iracema
 a virgem dos lábios de mel,
 e ficava procurando as rimas em vão...
Quando me disseram que se tratava
de uma obra de prosa poética,
 eis o espanto...
também soube que havia no rol poético;
métrica, sílabas, rimas, sonetos,
redondilhas,  alexandrinhos,
versos brancos...
Enquanto leitor juvenil
punha em segundo plano
versos destituídos de rimas,
mas quando comecei a escrever
meus versos pobres,
aderi de imediato
 aos versos brancos.

22 comentários:

  1. A definição de poemas, prosas, versos rimados ou não, versos brancos, nem sempre são observados pelos leitores, pois o que importa mesmo é a mensagem, o conteúdo do que se quer passar, a alma do poeta, é isso, mesmo que nem seja os sentimentos vividos por quem escreve, mas que esse possa ter essa sensibilidade.
    Quando escrevo vivo o que escrevo ou vivi, ou até mesmo são sensações que capto das energias que emanam de tudo a minha volta, isso é tão interessante, "algo vem em minha mente" e saio a procura de como posso fazer isso ser transmitido, é uma espécie de desafio, "quero ver se você consegue desenvolver essa ideia" e eu digo a mim mesma, "claro que consigo", não sei se me fiz entender, mas é magia poder escrever e nos fazer entender!
    Amei ler aqui como todos os seus poemas, me fazem pensar!
    Abraços amigo querido!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivone, obrigado pela comentário. Realmente, quando escrevemos estamos transmitindo nossos sentimentos. Por isso que se diz, que praticamente toda a escrita é autobiográfica.
      Um abração. Tenhas, sei que terás, um lindo dia.

      Eliminar
  2. Dilmar querido, se os versos tem rima ou não, se parece um diálogo ou se são brancos, amarelos, vermelhos não me importo (rsrrsr). O que importa é eu ler e aquele texto me tocar de alguma forma. Um bju querido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Nádia, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma linda terça-feira.

      Eliminar
  3. O tipo de verso q vc escreve não faz diferença, o que importa é q tem muito conteudo. Muita paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Denise, obrigado pelo carinho. Um abraço. Tenhas um dia abençoado.

      Eliminar
  4. Boa noite
    Lindo! Adorei o texto.

    Excelente semana.
    Beijos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cidália, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  5. Vós, os poetas

    Nosso verso qualquer que seja a cor
    Traz em seu bojo virtual mensagem
    Que na intimidade desnuda o autor
    E para outros constrói uma imagem.

    Não importa que seja verso branco
    Também que despreze meras rimas
    Desde que o vate seja leal e franco
    Enquanto compõe num lírico clima.

    Versejadores autênticos sejam pois
    Com versos amarelos ou vermelhos
    Como sou, tu és, eles são e vós sois
    Ousados e prolíferos como coelhos.

    Não colocar carros à frente dos bois
    E ouvir dos mais velhos, conselhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo poeta Jair, obrigado pela réplica poética. Ela é melhor que o poema. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  6. Dilmar o poeta só expressa realmente o vai em sua alma quando deixa fluir simplesmente conforme vem de sua alma, é isto o que você faz, por isto é que gosto de te ler, você é o autêntico poeta e isto só te engrandece, abraços Luconi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Luconi, obrigado pelo carinho. Um abraço. Tenha uma ótima tarde.

      Eliminar
  7. Querido amigo esse post me fez ter lindas recordações dos tempos de escola. Essa linda obra de José de Alencar, na minha modesta opinião, foi um dos mais belos romances da nossa literatura. Não conhecia esse rol poético, como por ex: métricas, redondilhas, alexandrinos, versos brancos. Vivendo e aprendendo. Para mim a poesia é expressar seus sentimentos da forma mais bela, com imaginação, criatividade e talento escrevem páginas que sobrevivem aos tempos. Achei muito bem vindo seu post falando sobre essa obra, ou obras dos nossos grandes poetas, que influenciaram toda nossa literatura e que infelizmente muitas vezes, caídos no esquecimento,exatamente por falta de incentivo a sua leitura. Excelente. Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Josy, obrigado pelo comentário. Que bom que estes versos fizeram você recordar o tempo de estudante. Um abração. Tenhas uma linda tarde.

      Eliminar
  8. Amigo Dilmar, grato p/ visita e comentário. Sempre procurei durante tda a vida profissional(jornalismo) pautar-me com isenção, imparcialidade, mas, sendo crítico contundente de qq governista. Afinal essa é tbm a função da Imprensa. Acesse tbm o CPIBRASIL.COM Abrçs. Roy Lacerda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Roy, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  9. Mas se o branco congrega em si todas as cores, que dizer da poesia, senão arco-iris?

    Um beijo

    Lídia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Lídia, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  10. Que linda poesia, palavras rimadas levando emoção e lembranças.
    Tenha um ótimo dia.
    Anajá

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Anajá, obrigado pela visita e obrigado pelas palavras amáveis. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  11. Boa noite Dilmar.
    Quando o poeta escreve com o coração, sempre nós traz a satisfação por ter lido, parece que esse é o seu caso, escreve muito bem.
    Um feliz dia.
    Abraços.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Mirtes, obrigado pelo carinho. Um abração. Tenhas um bom dia.

      Eliminar