terça-feira, 22 de março de 2011

CATÁSTROFES

Parece que de quando em quando
desastres ecológicos acontecem
para ratificar
a fragilidade humana.

A aparente estabilidade
do planeta terra
é realmente aparente.

As grande transformações
ocorridas neste mundo
aconteceram em intervalos
enormes de tempo
Então, nós os sabiamos
pela tradição.

Porém, nos nossos dias
o planeta parece nervoso,
pois se manifesta através
de instabilidades localizadas:
torós, cheias, enchentes,
furacões, maremotos, tsunamis...

O intelectual mineiro Oto Lara Resende afirmava:
o ser humano só é magnânimo no sofrimento.
Partindo dessa premissa, quem sabe se
as catástrofes sirvam para tocar o coração do homem
e através de um mutirão engajado
abra-se a janela da consciência solidária.

13 comentários:

  1. Bravo, bravo, bravo, querido amigo, grande poeta!
    Quem sabe são os sinais ...
    Quem sabe são esses fenômenos, trombetas a nos despertar para outros valores que não esses que vemos a campear por aí...
    Porque a inversão de valores é algo que salta aos olhos, até da mais simplória criatura, penso eu...
    E sou daqueles que acreditam que tudo tem seu preço...
    Adorei ter vindo aqui e ter lido seu magnífico texto, Dilmar.
    Como sempre...
    Abraço da
    Zélia

    ResponderEliminar
  2. Um texto composto de inteligência intelectual. Adoro ler-te

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Querida amiga Zélia, obrigado pela visita e obrigado por todo o carinho que tu me comtemplas.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  4. Olá amiga Fatima. Obrigado pela visita. Volte sempre. Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  5. Olá amiga Cristal. Obrigado por palavras elogiosas, mas, acho que não mereço tanto.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  6. Ola amigo, vim aqui lhe dizer se na proxima segunda vc estaria livre para a entrevista por volta das 15:00 ???Grato Adiministrador

    ResponderEliminar
  7. Todo pasa por algún motivo. Algo no se ha hecho bien.

    ResponderEliminar
  8. Olá, Dilmar!

    Primeiramente quero lhe agradecer pelas suas visitas sempre muito carinhosas...

    Quanto ao seu post, penso que o sofrimento acaba mostrando esse lado solidário das pessoas, mas no meu caso, aqui longe, alertou-me sobre reclamarmos das pequenas coisas do dia a dia, como as filas nos caixas, os estacionamentos lotados, o ar condicionado ligado e você congelando, sobre um "olhar torto" e outras coisinhas bobas...

    Ao invés disso, deveríamos em tudo dar graças, por temos o que comprar, mesmo que enfrentemos filas, que podemos pôr combustível nos nossos carros e rodar no estacionamento dos supermercados à procura de uma vaga... Agradecer por morarmos neste país tropical, onde podemos ligar o nosso ar condicionado... E por fim, agradecermos por termos ar puro, alimentos saudáveis e não é qualquer olhar torto que nos impedirá de agradecer a Deus por tudo e colocar um sorriso no rosto!

    Bjs
    Chris

    ResponderEliminar
  9. Amigo administrador, pode ser a partir das 22:00 horas?
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  10. Amiga Savia, obrigado pela visita. Volte sempre.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  11. Amiga Chris, obrigado pela visita. Tu estás certa, apesar dos contratempos que sofremos eventualmente, temos que agradecer por tudo que nos é dado ao invés de ficarmos fazendo queixumes.
    Um grande abraço. Volte sempre.

    ResponderEliminar
  12. Bom a partir das 22:00 de qualquer dia da semana que vem pode ser escol-lha como quiser se for segunda mesmo, so me da um toque.Grato Adiministrador

    ResponderEliminar