A minha Lista de blogues

terça-feira, 1 de março de 2011

MOACIR SCLYAR

A comunidade judáica
do bairro Bomfim está triste
Porto Alegre está triste
O brasil está triste
Nós, leitores do Moacir Sclyar,
estamos tristes.

Minha memória retrocede
lá para o início da década de setenta
quando "Guerra do Bomfim"
e "O Exército de Um Homem Só"
foram editados e ficaram
por muito tempo na lista
dos mais vendido da revista Veja.
Aquilo foi apenas o começo
da carreira de um grande escritor.

Sclyar foi o escritor da regularidade
em quantidade e qualidade.
Difícil escolher a "obra"
entre mais de setenta...
Eu, modesto leitor, elejo
"O Mês dos Cães Danados"
minha leitura preferida,
um livro alegórico e poético.

Sclyar, jeito simples,
dócil, sempre afável;
comportamento característico
dos espíritos elevados.
Doutor Moacir Sclyar,
médico e escritor, cumpriu bem,
certamente, sua tarefa neste mundo,
trabalhou na medida das suas forças
conforme prega a palavra.

7 comentários:

  1. Dilmar, querido,

    Bela homenagem a lembrança de Sclyar, que deixa pegadas aqui nesse nosso mundo.
    bj

    ResponderEliminar
  2. Obrigado Amiga Ira, pela visita.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  3. Oi Dilmar!
    Grande Sclyar! Vai o homem, mas suas obras ficam para sempre.

    Passa lá em meu blog que tem um presentinho para vc!
    Bjssssssss de luz

    ResponderEliminar
  4. Olá Katia. Obrigado pela visita. Visitarei o teu blog.
    Volte sempre. Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  5. Olá, Dilmar, como vai?

    Sabe, muitas vezes usei as crônicas do Moacyr Scliar nas minhas aulas. Gostava do estilo dele de pegar uma notícia da Folha de São Paulo e transformar nesse gênero literário.

    Um dia adotei essa prática com meus alunos do 9°ano. Pegamos uma notícia que chamou a atenção da Folha, "que era aquele aluno que foi esquecido atrás da porta pela professora que o deixou de castigo..."
    Os alunos criaram as suas crônicas e qual foi a minha surpresa, chegar na segunda-feira e ler a crônica do Moacy Scliar que escolheu a mesma notícia.

    Os alunos vibraram e eu também!

    Sentirei saudade desse trabalho dele, embora ele tenha ficado imortalizado em suas obras... Mas aquilo era sempre assunto fresquinho e que eu gostava muito.

    Bjs
    e obrigada pelo carinho

    Chris

    ResponderEliminar
  6. Amiga, obrigado pela visita ao meu blog e obrigado pelo seu depoimento. Volte sempre.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  7. A poesia é a manifestação que tem como alma o sentimento, a mais profunda interpretação que o poeta pode ter do mundo que o cerca, passado, presente, futuro... das belas artes o ápice. Convido a ler uma poesia de minha autoria, escrita em 05/03/2011 e publicada em meu blog: http://valdecyalves.blogspot.com/2011/03/canto-vida-peregrina.html

    ResponderEliminar