segunda-feira, 15 de agosto de 2011

FANTASIA

Afora as maldades
que houvermos cometido
em nossa mocidade,
a juventude sempre nos parecerá
a mais bela estação da vida.

Mesmo que as Deusas
não tenham idade,
pois esses seres especiais
existem fora do tempo,
nossas musas inspiradoras
não envelhecerão jamais.

Nós, passageiros na embarcação da existência,
procuramos pelos mares do mundo
as virgens à deriva na praia,
provenientes do território mágico,
anexo à galáxia do sonho;
lá onde a felicidade vive de férias.

33 comentários:

  1. Felicidade em férias... Deve ser mais doce.
    Um grande bj querido amigo

    ResponderEliminar
  2. menino Dilmar...

    a minha felicidades faz horas extras...não dou folga não...rsrsrsr
    Semana maravilhosa com bjks doce ♥

    ResponderEliminar
  3. Querida amiga Gisa, obrigado pela visita. Um grande abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  4. Querida amiga Andreza, obrigado pela visita. Um grande abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  5. Pois assim lembrou-me de Homero, declarando a sua Odisseia.
    Abraços

    ResponderEliminar
  6. Que nesta semana...
    Duas portas possam se abrir para você:
    A do SABER e a do AMOR.
    O SABER compreende a vida, a segurança em seus caminhos.
    O AMOR coloca você em estado de alegria pura.
    Por ser uma semente divina, multiplica-se em seu coração.
    Tudo é possível
    Todos os sonhos...
    Toda a existência...
    Todos os desafios...
    Tenha fé !!!
    Para você...
    Muita Paz e Luz nesta nova semana que se inicia!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Olá Amigo Querido...
    Muito grata pela visitinha, Seja muito Bemvindo! E tuas palavras tãooo amáveis, me emocionaram... és uma pessoa sensível, dá pra sentir em teus escritos, em tuas poesias.
    Tenho observado que a dor quando transformada em algo saudável,como exteriorizada pelo amor, desperta o melhor lado de nós, em sermos humanos:e acredito que isso já é a "Galáxia do Sonho" em que HABITA a felicidade.
    Em tudo que tem vida em determinado momento gerará transformação, e a cada um será num dia e numa hora.Na natureza nada se perde em vão. Isso é o que meu coração assimilou com as perdas, e aqui compartilho.
    Uma semana cheinha de amor,e volte sempre.

    Bjkas em seu coração!

    ResponderEliminar
  8. Dilmar,
    Sua poesia me toca e me acaricia a alma.
    Um beijo
    Maria

    ResponderEliminar
  9. Malu, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  10. Fatima, obrigado por suas palavras carinhosas (poéticas).
    Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  11. Amiga Lecy'ns, obrigado pelas palavras meigas e carinhosas. Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  12. Maria, obrigado pela visita e pelo carinho.
    Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  13. Quero viajar pra esse lugar, Dilmar!

    ;)

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  14. Viajaremos, então, amiga Luna.
    Obrigado pela visita. Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  15. Vim deixar um beijo... falar que senti sua ausência, desejar uma boa semana e muita paz pra vc!

    Beijos no coração

    ResponderEliminar
  16. Meu bom poeta Gilmar:

    Te ler antes de a Morpheu, sono meu entregar, me faz pessoa melhor,cada vez mais,poeta Dilmar querido e fraterno!

    uma noite boa,

    viva la vida

    ResponderEliminar
  17. Poeta Vieira Calado, agradeço-te a visita ao meu modesto espaço.Um abraço fraterno.

    ResponderEliminar
  18. Amiga Ana. Obrigado pela visita. Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  19. Um grande abraço, amigo Calmon. Obrigado pelas palavras carinhosas. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  20. Aiii que lindooo gosto muito do teu cantinho linda poesia bj um lindo dia!

    ResponderEliminar
  21. Você acertou em cheio com o nome de seu blog, ficou uma sensação que uma pitada de poesia era o que faltava para alegrar nossos dias. Não deixando de fazer parte da semeadura. De certo que colhemos o que plantamos, e as vezes em lugares que não semeamos e tudo faz parte desse caminhar juntos. Obrigada por vir caminhar comigo. ADOREI!

    ResponderEliminar
  22. Meu amigo de alma pura. Poesia que nos enlaça com afeto e enternece.Te admiro e me sinto feliz em tê-lo também como meu leitor.
    Obrigada por todas as leituras sempre atenciosas que você sempre faz em me espaço. Tê-lo como leitor só me enriquece.

    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  23. Amigas Valquiria, Simone e Ianê, agradeço intensamente as visitas de vocês a este espaço e também as palavras carinhosas dirigidas a mim. Um grande abraço. Tenham um lindo dia.

    ResponderEliminar
  24. Juventud, el estado más puro de la ignorancia.

    ResponderEliminar
  25. Nem haja dúvidas que a nossa juventude, foi o nosso melhor tempo, porque havia um corpo perfeito, uma vida talvez, sem problemas, havia um pai e uma mãe para olhares por tudo. Logo, a época perfeita...

    Mas, mas e mas, a nossa experiência entra agora em campo e dali só podemos tirar dividendos transformados em aprendizagem...e sabe bem amar no nosso tempo, amar como talvez nunca o soubemos fazer como devia ser...
    palavras de uma cinquentona feliz apesar de ter um casamento de nada!

    valeu?

    beijinho da laura

    ResponderEliminar
  26. Oi amiga Laura obrigado pela visita e pelo comentário consistente. Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  27. Obrigada pela visita.
    Adorei 'Deusas não tem idade."
    Uma bela tarde.
    Bjs Edna.

    ResponderEliminar
  28. Edna, obrigado pela visita. Volte sempre. Um abração. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  29. A viagem da vida que fazemos sempre na procura de um retorno às origens, ao mito da idade do ouro que, mesmo não o tendo sido, é assim que a recordamos para responder aos nossos ansejos, ao "eu" de nós que ficou lá atrás.

    Bonito!

    L.B.

    ResponderEliminar
  30. Amiga Lídia, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  31. Lindo poema. Nos transportamos a essa galáxia dos sonhos na cauda de algum astro errante impulsionado pela fantasia inebriante sempre que que o amor nos impulsiona.
    Abraços, Dilmar

    ResponderEliminar