terça-feira, 15 de novembro de 2011

AÇÃO E INAÇÃO

Quando eu contornava
o fim do parque
onde começava a floresta,
via um homem parado,
olhando para o vazio.

Aquilo me impressionava,
porque naquela época,
eu era um jovem inquieto,
andando de lugar para outro,
seduzido pelo movimento.

Eu praticava cooper naquele tempo
e costumava fazer percursos variados,
mas no decurso dos dias
acabava repetindo trajetórias.

Sempre que eu passava por ali,
via o homem inerte, feito uma estátua.
De início não me incomodava muito,
mas depois de alguns meses,
veio-me um estado de angústia.

Nervoso, um dia abordei o homem
e perguntei-lhe o que ele achava
do meu exercício, tão diferente do seu.
Daí, ele perguntou que atividade eu praticava
- então, eu falei, não me vês passando por aqui
nos finais de tarde?
- Ora, nunca havia reparado, pois cuido do meu mister.
- Mas o que tu fazes aí parado, aparentemente afastado de tudo?
-  Bem, depois do trabalho, eu exercito por algum tempo a arte de ouvir o silêncio!

57 comentários:

  1. Arte maravilhosa e dificílima de ser seguida, é preciso uma enorme força interior para conseguir desfrutar de tal proeza... Um ótimo feriado pra ti meu amigo...

    ResponderEliminar
  2. Como ouvir o silêncio?
    Tenho uma amiga que é colecionadora de silêncio!

    ResponderEliminar
  3. Meu querido amigo !
    Sabia que eu nunca tinha pensado na arte do silêncio...achei muito interessante na maneira de se explicar...
    Bjsssssssssss

    ResponderEliminar
  4. Ah, mas eu amei esse pequeno relato em forma de poema...
    Juro que adoro ficar em silêncio*), como uma meditação*... sintonizo* * outros ambientes, parece que sonho, quase levito¨¨¨¨¨¨¨¨
    post interessante, e um exercício desse eu gosto de fazer sempre que fico muito estressada; é ótimo!
    beijusss

    ResponderEliminar
  5. Amiga Janaina, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário.
    Um abração. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  6. Amigo Machado Carlos, obrigado pela visita. Pois a sua amiga deve ser uma pessoa muito tranquila.
    Um abração. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  7. Amiga Gisa, lembro que no meu tempo de criança, li sito em algum lugar: "O silêncio é feito de ouro"
    Um abração. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  8. Amiga escritora Severa, já tentei algumas vezes esse exercício, mas confesso que é algo bem difícil de praticar.
    Um abração. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  9. Amiga Mery, que bom que tu praticas esta linda arte!
    Um abração. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  10. Konichiwa Dilmar, Genki desu ka.
    A arte do silêncio, assim como a arte da meditação é delicado e difícil...

    Eu amo o silêncio, é como se eu necessitasse dele para me reabastecer, como moro no Japão, isso é uma prática constante e aprendi a arte do silêncio com um professor de atletismo, principalmente em épocas de competições, foi de grande valia e faço uso até hoje.. em dias tensos de competições eu paro pelo menos alguns minutos mesmo num ginásio lotado e consigo abraçar o silêncio para encher me de graça e ir a luta.

    são técnicas excelentes que valem a pena ser exercida, nos alivia o stress, a rotina, o cansaço, nos traz tranquilidade , paz interior e equilibrio.

    um grande abração pra ti
    Giovanna

    ResponderEliminar
  11. Praticar o silencio.
    É um bom exercicio para a nossa mente.
    Deixar a poeira baixar.
    É no silencio que Deus nos escuta.
    A meditação nos leva a esse caminho.. ao caminho no nosso eu!!

    Adorei teu poema!!

    ResponderEliminar
  12. Opa, eu também pratico esse, Dilmar! E recomendo!

    \☺

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  13. Olá Dilmar querido,
    Praticar o silêncio é algo encantador. Chama-se, para mim, meditação. É o momento em que me recolho para dentro de mim mesma e entrego-me às coisas que a alma me dita. Vôo no espaço infinito e percorro vales encantados, pradarias verdejantes e ouço pássaros, cujos cantos me inebriam e me acalmam. Sinto-me como uma pluma, sem o menor peso.
    E, quando volto a mim, estou renovada, sem estresse e abençoo a arte de poder recriar nova imagem da vida, através do exercício do silêncio.
    Gostei muito de seu poema. Acho que faço parte, sempre que posso ou necessito, deste ato do qual
    seu amigo, no texto, também faz.
    Beijos, amigo.
    Maria Paraguassu.

    ResponderEliminar
  14. Amiga Giovanna, que bom que tu és praticante desse exercício maravilhoso.
    Um abração. Tenhas uma ótima noite.

    ResponderEliminar
  15. Amiga Maggie, obrigado por trazer-me a lembrança de Paul Simon e Art Garfunkel.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  16. Amiga Ma Ferreira, gostei da tua explanação.
    Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  17. Amiga Luna, obrigado pela visita.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  18. Amiga Paraguassu, obrigado pelo teu testemunho.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  19. Gostei muito. Venho visitar mais vezes e com mais calma. beijos (marciadavidpoetica.blogspot.com)

    ResponderEliminar
  20. Marcia David, obrigado. Venha sempre que quiser, este blog pertence aos amigos.
    Um abração. Tenhas um bom dia.

    ResponderEliminar
  21. oi Dilmar
    belo poema,você é muito criativo,
    um maravilhoso dia na presença de Deus meu amigo bjs

    ResponderEliminar
  22. Oi Dilmar, cada um pratica o que mais gosta, e podemos alternar também, tudo é válido, as vezes o silêncio, as vezes atividades mais agitadas enfim...
    Eu sou mais do barulho rsss mas tenho tb meus momentos de me interiorizar, como diz um ditado: cada um na sua mas com alguma coisa em comum.
    Muito bom te ler, desejo á ti uma ótima tarde e um fim de semana abençoado!

    ResponderEliminar
  23. Amiga Lúcia, obrigado pela visita e pelo carinho.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  24. Amiga Isa, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário.
    Um abração. Tenhas um ótimo dia.

    ResponderEliminar
  25. Amei! É de fato uma arte e ele escolheu o lugar adequado para isso. Nem se importava com os caminhantes, desligava-se do mundo. Arte preciosa, essa.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  26. Sábio o homem, não?
    ...(¨`•.•´¨) Querido .(¨`•.•´¨)  
    .`•.¸(¨`•.•´¨) amigo•.¸(¨`•.•´¨)
    .`•.¸.•´          `.•.¸.•´
    ).. .(¨`•.•´¨)(In)felizmente
    ).. .(¨`•.•´¨) devolveram-me o
    ).. .(¨`•.•´¨) PÁGINAS DE POESIA
    ).. .(¨`•.•´¨) Meio nu, mas sem vírus
    ).. .(¨`•.•´¨) Estarei te linkando lá, novamente
    ).. .(¨`•.•´¨) em minha lista de favoritos,
    Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ❤✫♥ (◕‿◕)✿ ♥ que havia retirado,
    ).. .(¨`•.•´¨) seguindo orientações.
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) E,, como já havia criado o
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) “RECOMEÇAR”
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) continuarei com ele ativo tb.
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) Quem sabe, consigo a façanha
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) de manter os dois – nada prometo.
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯)Obrigada pelo apoio de sempre.
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) Beijo imenso
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) Milla (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯)

    ResponderEliminar
  27. Amigo Dilmar

    É no silêncio que não raras vezes encontramos o conforto e as respostas para grandes decisões, o exercício do silêncio é tão importante como a prática das palavras...

    Beijos confessos

    ResponderEliminar
  28. Bom dia, Dilmar,

    Lindo teu texto, reflexivo e sábio.
    Dia desses escrevi algo sobre silêncio.
    "E por vezes sinto algo tão somente feito de silêncio, como se eterno o silêncio fosse."

    Beijos meu

    ResponderEliminar
  29. Adorei vê-lo abordar essa temática, ainda mais assim duma maneira tão poética, pois em certos momentos do dia eu digo para quem está junto de mim: por favor podem calar-se um pouco? deixem-me ouvir o silêncio.
    E verdade que o pessoal já não diz nada pois estão habituados a estes pedidos!
    Mas agora ao ver alguém falando a mesma frase fiquei encantada!
    Beijo para você e um lindo fim de semana

    ResponderEliminar
  30. Dilmar,
    Até que enfim aqui cheguei,para contemplar suas pérolas em forma de tão belas palavras.Feliz o ser humano que pratica o exercício do silencio,pois o silêncio são palavras silenciosas que de tão sábias conseguem ser transformadoras....

    Abraços fraternos e um lindo fim de semana pra você

    ResponderEliminar
  31. Amiga Marilene, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário.
    Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  32. Amiga Milla, lamento que os bichinhos tenham causa transtorno a ti. Obrigado pela visita e obrigado pelo carinho.
    Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  33. Amiga Confesso, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário.
    Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  34. Amiga Fátima, gostei mais do seu silêncio. Teu poema é mais direto, mais objetivo, mais musical.
    Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  35. Amiga Ana costa, obrigado pelo teu comentário e obrigado pelo carinho.
    Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  36. Amiga Cecília, obrigado pelo comentário e obrigado pelas palavras carinhosas.
    Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  37. Dilmar!
    Boa tarde.
    Gostei imensamente do seu blog.
    O silêncio muitas vezes é uma arte,faz com nós possamos criar alguma coisa,seja uma poesia,música entre outras coisas.Li seu perfil,a perda de um filho é muito dolorida.E você com a poesia na sua essência, faz o melhor que pode.Um bom final de semana.Abraços Nati

    ResponderEliminar
  38. ¡Hola Dilmar!!!

    Bonitas las letras que aquí plasmas. Estuve dando paseo unos pisos más a bajo, me encanta lo que escribes. Tienes un lindo blog. Como soy gallega, voy entendiendo bastante tu idioma.

    Eres un buen poeta. Gracias por compartir tus sentimientos. Te dejo mi agradecimiento y mi estima. Un beso y se muy feliz.

    ResponderEliminar
  39. Boa noite Dilmar, estou visitando teu Blog,adorei tuas poesias...li algumas e voltarei sempre! Bela reflexão: "a arte de ouvir o silêncio". Precisamos muito deste exercício! Um abraço e estou te seguindo!

    ResponderEliminar
  40. Bom dia Dilmar. Ah! que bela história. Ouvir o silêncio, eis aí um exercício a ser praticado.
    Grande beijo e obrigada pelo carinho.
    Tenha um domingo de paz e muita luz.

    ResponderEliminar
  41. Ouvir o silêncio é um dom...bem como um versículo bíblico que está no livro de Provérbios e diz:"Sábio é aquele que se cala". Tenha um ótima final de semana, Dilmar

    ResponderEliminar
  42. Enquanto você exercitava o físico, ele exercitava a mente, praticando a meditação. Adorei o desfecho, Dilmar. Um beijo e bom domingo!

    ResponderEliminar
  43. DE PITADA EM PITADA, DE POESIA TUA
    CADA DIA MAIS
    NOS TORNAMOS PESSOAS MELHORES
    MAIS SENSÍVEIS E SIMPLES
    EM UNIDADE CADA VEZ MAIOR,
    NOS SENTIMOS UMA MONTANHA
    COM POESIA TUA,
    PALPITANDO EM ROCHA NOSSA!
    TE AMAOS FRATERNALMENTE
    POETA
    DEUS CONTINUE A TE ABENÇOAR1
    YESSSS
    VIVA LA VIDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    SMACKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    RICARDO E REGINA!

    ResponderEliminar
  44. Há sempre uma explicação para tudo o que achamos de absurdo!
    Ainda bem que perguntaste senão viverias até hoje sem saber a verdade e julgando o homem, louco... Devia ter um trabalho barulhento, patrões mais barulhentos ainda.

    beijinhos e escute-se o silêncio (vivo nele há muito tempo e só posso dizer que é bom, bom demais, se quando ouço os barulhos da rua e da vida, me canso e, desligo deles tão logo possa...

    laura

    ResponderEliminar
  45. Olá Querido Amigo Dilmar!!

    O silenciar a alma é necessário para ouvir o que ela tem à dizer... gosto muito deste exercício..rs
    Obrigada Amigo pela partilha, pelo carinho...
    Grande beijo e uma semana cheinha de amor pra vc!
    Lecy'ns

    ResponderEliminar
  46. Nati Caetano, obrigado pela visita. Volte sempre que quiser. Sigo-te.
    Um abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  47. Marina Fligueira, obrigado pela visita e obrigado pela palavras de incentivo.
    Um abração. Tenga una buena semana.

    ResponderEliminar
  48. Nyce, obrigado pela visita e obrigado pelas palavras carinhosas. Volte sempre. Sigo-te.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  49. Elzinha, obrigado pela visita e pelas palavras amigas.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  50. Patrícia , obrigado pela visita e obrigado pelas palavras amigas.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  51. Amiga Shyrlei, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário. Que bom que tu gostaste!
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  52. Casal Calmon amigo, obrigado pelas palavras gentis, carinhosas e amigas.
    Um grande abraço. Tenham uma linda semana.

    ResponderEliminar
  53. Amiga Laura, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário sensato.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  54. Um toque de afeto, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  55. Boa tarde amigo Dario.Sensacional seu poema.Quantos homens olham para o vazio, e não tem oportunidade nem de olhar para si mesmo.E a reflexão para todos fazem bem para a alma, e o nosso dia-a-dia.Beijos amigo e fica com Deus.
    Um bom final de semana.Nati

    ResponderEliminar