domingo, 19 de fevereiro de 2012

LEIS

As leis são projetadas
pelos deputados, senadores e vereadores.
As leis são sancionadas
pelos governadores, prefeitos
e pelo Presidente da república.

O forno das assembleias
 e das câmaras deste país
fabricam leis
como as padarias
fazem pães.

Entretanto,
há um clamor popular
por novas leis.
Atiçado pela mídia, o povo diz
que as leis caducaram.

Seja como for,
parece que têm leis em demasia
dormindo nos compêndios
e antes de mais nada
é necessário a execução equânime
das leis existentes.


43 comentários:

  1. Boa reflexão. Leis em demasia tornam-se inócuas.
    Um grande bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Gisa.
      Um abração. Tenhas um bom feriadão.

      Eliminar
  2. O que falta não é uma lei moderna ou com mais rigor. Falta aplicações delas. Em certos casos até vergonha na cara dos políticos ou na do eleitor.
    O Regime não aplica para não ser preso.
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Janice, obrigado pelo comentário consistente.
      Um abração.

      Eliminar
  3. Creio que primeiro, precisamos aprender a votar em candidatos. Ao invés de vermos suas promessas, olhemos ao seu passado e ver o que ele fez de bom para sua comunidade. As leis , creio também, se fazem mais justas quando aqueles que estão no poder são justos. Mas aí, as escolhas são nossas.

    Um abraço!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge, obrigado pelo comentário coerente.
      Um abraço.

      Eliminar
  4. A as leis: elas caducam sim,
    Mas nós deveríamos cobrar mais: que fossem cumpridas, e voltadas para o bem estar do povo,
    Mas esse processo, somente virá, quando votarmos conscientes,

    Um dia, chegaremos lá,



    Bjkas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Alê. Amiga, tudo bem que se vote conscientemente, mas se o nosso sistema é viciado, o que fazer?
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  5. Não faltam leis, realmente. Mesmo aquelas que abordam situações já modificadas pelo tempo, merecem aplicação dentro da realidade, não ignorada pelos magistrados. Não adianta número excessivo delas, mas seu cumprimento, sem distinção entre os infratores. Os processos demoram demais e a falta de punição serve de estímulo aos que vivem à margem da legalidade.

    (Você foi perfeito em seu comentário no meu blog. Obrigada!)

    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Marilene, obrigado pelo comentário. Na verdade o nosso sistema é uma esbórnia.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  6. Há leis a mais e más de más.Um gosto ter chegado a este blogue.
    Cumprimentos.Voltarei sempre que possa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amgiga, obrigado. Volte sempre.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  7. É muito triste ver leis q não funcionam, q acobertam falcatruas, e quando convenientes ao povo, não saem do papel. Muita paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Denise, obrigado pela visita.
      Aqui existe a lei aplicada ao pobre e outra não aplicada ao rico.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  8. Amigo Dilmar,
    Venho retribuir sua visita.
    Quanto às leis, elas existem às pampas, como se costuma dizer. Porém, a execução das mesmas é, na realidade, um caos.
    Deveria haver mais coalizão entre aqueles que as fazem com os que mandam executá-las.
    Um bom feriado. Aceite meu afetuoso beijo.
    Maria Paraguassu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Paraguassu, acho que na verdade temos a lei que merecemos, devido aos nossos erros do passado e por consequência isso faz parte do nosso resgate, mas por outro lado, é necessário que nos esforcemos para mudar o quadro; nossa evolução depende do nosso esforço.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  9. É lei em cima de lei e o Brasil é o país do papel. Quando uma lei "dá cero", comemora-se. Saudade do futuro em que leis acontecem e só.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Marcelo. Entretanto, as coisas erradas acontecendo por todo lado...
      Um abração.

      Eliminar
  10. Gosto de visitar você, gosto de ler, pensar e seguir em frente. Imperiais? Já foram ,apareça por lá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Martha. Com certeza aparecei no teu blog.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  11. Tem lei para tanta coisa, que eles nem conhecem. Mas quem será que realmente está errado, eles que fazem, ou agente que coloca eles onde estão. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que nós estamos errados quando acreditamos que a lei vai funcionar com equanimidade.
      Um abração, amiga Melo.
      Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  12. Um dos muitos problemas é a desigualdade, isto é, as leis não são as mesmas para todos.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Jeanne, esse é X da questão. Os e os miseráveis estão ao alcance da lei, já os mais aquinhoados...
      Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  13. Antes, quero agradecer as palavras de carinho e gentileza que dirigiu a mim em meu Blog. Ah...queria eu já haver encontrado, como vc, o conforto dos que creem e confiam sem duvidar! E, por coincidência, nesse mesmo dia em que publicava o seu poema sobre leis, lutas e direitos, eu, juntamente com mais 24 diretoras de centros infantis da nossa cidade, Natal, RN fomos exoneradas. O motivo? foi dado por telefone a uma dessas amigas, pelo secretario da educação: - A prefeita precisa dos seus cargos! - Ou seja, é mais uma campanha politica suja que se inicia, passando por cima de todos e, principalmente, da educação, para alcançar o poder. Um abraço, meu querido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga lamento imensamente pelo ocorrido. Infelizmente, no nosso país, não se valoriza o trabalho honesto e humano das pessoas abnegadas, esforçadas e dignas, que desejam o bem comum. É uma lástima!
      Um abração. Torço para que logo logo consigas um trabalho compensador.

      Eliminar
  14. Já existe muitas leis,
    e muitos impostos,
    chega né?
    hehehe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitas leis, muitos impostos. Quanto aos impostos era de se deduzir que pelo menos boa parte do enorme montante arrecadado fosse direcionado para os setores necessitados, como por exemplo, o sistema de saúde, entretanto, não o que se vê, pelo contrário, as pessoas morrem nas filas de espera dos Sus, então para onde toda a dinheirama arrecada...
      Um abração, Andy.

      Eliminar
  15. Bom dia!
    Muito bom seu poema.É isso precisamos colocar nossa boca no trombone.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderEliminar
  16. Vim agradecer a visita e o carinho. Nosso país tem muitas leis, muitos impostos e menos ação.Precisamos de um país c/menos corrupção, mais empenho das nossas ações. Que nossas autoridades tenham mais agilidade nos processos. Tenho uma ação trabalhista de reintegração de cargo há 2 anos e nada foi resolvido até agora.
    Tenha uma semana abençõada.
    Um abraço,
    Rai

    ResponderEliminar
  17. Obrigado Elaine.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  18. Verdade amiga, a lentidão dos departamentos que deveriam cuidam dos processo é irritante.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  19. Obrigado pelo comentário,
    e que bom que gostou do visual da Sabrina,
    ela estava linda mesmo.

    ResponderEliminar
  20. ¡Venga Dilmar, duro con los políticos! Todos están cortados por el mismo patrón. ¡Sólo miran su culo! Perdón. Y llenar bien sus bolsillos.
    Gracias por compartir tus letras.
    Te dejo mi gratitud y mi estima. Un besito y se muy feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marina, obrigado pelo comentário.
      Um grande abraço.

      Eliminar
  21. De nada amiga Elaine. Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  22. Sempre antenado, interessado, bem informado. Parabéns por mais esse excelente texto Dilmar. Abraços amigo.

    ResponderEliminar