terça-feira, 29 de maio de 2012

AVENCA

Procurei durante muito tempo por aquele pé de avenca
que havia no jardim da minha lembrança,
mas pelos lugares por eu andava
não achava a espécie da minha saudade.

Nas minhas andanças pelas veredas da vida
vi coisas que não esperava encontrar,
milhares de surpresas surgiam pelo caminho,
mas o meu pé de avenca não soube onde foi parar.

Talvez eu não seja o único cara apaixonado por avencas.
Acho que Caio Fernando de Abreu também gostava delas,
pois num conto do livro "O Ovo Apunhalado"
ele faz algumas referências a essa plantinha frágil, simples
e bela.

Ano passado eu construí um pequeno jardim
no espaço que havia atrás da minha casa.
Preparei o solo e feliz como uma criança,
plantei uma semente num cantinho do coração,
mas a avenca que nasceu não tem o  perfume
daquela avenca da minha infância.


44 comentários:

  1. SENTINDO O CHEIRO DO JARDIM DA SUA CASA VENHO TBM TE DIZER QUE SINTO SAUDADES DO CHEIRO DE HORTELÃ QUE TBM TINHA NO QUINTAL DA MINHA CASA...SAUDADES DE INFÂNCIA NOS FAZ SER CRIANÇA NOVAMENTE...
    BJSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, amiga escritora.Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  2. Perfume marca muito.
    O poema tá lindo e saudosista.
    Parabéns!
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, amiga Janice. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  3. Quando eu era criança, minha mãe sempre tinha avencas no jardim...
    Me deu uma saudade daquele tempo!
    Adorei o poema, maravilhoso!

    Muita luz e paz!!
    Beijos!♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, amiga Mari. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  4. São as nostalgias.
    As nostalgias tem o perfume, não a avenca.
    Coloque teu perfume nela, crie uma nova lembrança.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente, amigo Marcelo nostalgia tem perfume. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Amiga Fátima, ando meio atrapalhado, mas não esqueci de você. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  6. A pessoa vai, o corpo sai de perto. Mas os sentimentos e a essência externa e interna sempre ficam. Lindo, lindo. Belas palavras, belo poema.
    Parabéns!


    Te desejo uma ótima noite de quarta-feira.
    Um grande abraço.
    Tati.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Att.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras carinhosas. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  7. O perfume, o sabor e tudo da infancia não existe no nosso presente, aquela epoca magica em que so a gente sabia apreciar, lindo poema, bj no coração, bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Sônia. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  8. amigo
    saudades, tudo de bom neste dia,beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Lúcia. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  9. Poético realmente. A saudade deixa marcas indeléveis na alma. Nada, creio, nos marca tanto como a saudade.

    Abraços!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dilmar. A infância tem cor e cheiro diferentes. Grande abraço.

      Eliminar
    2. Obrigado amigo Jorge. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  10. Um belo e saudoso poema!
    Parabéns, querido Dilmar!
    Amigo, no 30 de maio fez 2 anos que a minha Thais partiu, fiz um post especial.
    Que o teu final de semana seja repleto de luz e paz!
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Ilca. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  11. Que lindo, adoro avencas, pega pela semente? vou tentar plantar, avencas me lembram a infância tb, amei tuas lembranças em forma de poesia, abraços, obrigada pela pessoa gentil que vc é. bom findi, o friozinho tá coroado pelo sol então tá tudo bem né?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Eva, isso não sei. Sei que retirando uma plantinha de algum lugar e replantando, geralmente pega. Na verdade eu replantei uma, mas nos poemas, nós, via de regra, precisamos inventar um pouquinho. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  12. As avencas sao lindas...realmente!
    Belo o seu poema!
    Um bj,,bom final de semana!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto muito delas. Obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  13. Nenhuma flor terá o perfume das q admiramos em nossa infância, pois o olhar da criança é diferente do olhar do adulto. Então, ficamos com as imagens da lembrança, q tb são doces. Muita paz e uma ótima semana. Adorei as imagens do slide.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois amiga Denise, na infância a gente vê muita coisa com a alma, diferentemente da fase adulta, quando observamos as coisas mais pelo lado material.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  14. Essa planta é maravilhosa, em forma
    de poesia melhor ainda adorei
    Deixo um abraço carinhosos
    Bom final de semana
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Rita. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  15. Aquele perfume não sai da memória. Um perfume que marca um caminho grafado na lembrança. A saudade tem força para reviver aquele imenso jardim.

    Grande Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeito amiga Machado, a saudade é um sentimento muito forte.
      Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  16. Lindo,

    Lembrei da infância,


    bjkas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Alê. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  17. Faz tempo que não vejo uma também.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, amigo Fred. Um abraço. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  18. É incrível como que tudo na infância é mais pleno,profundo,tem mais sabor e cheiro.
    Tenha um abençoado domingo.Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Filha, acho que na infância somos mais espirituais, apesar de não nos darmos conta disso.
      Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  19. Olá Dilmar,lembrar Avenca é trazer à lembrança o tremular suave das folhas ao toque do vento, é lembrar de seus fortes brotos marrons apontando a direção da luz por entre as folhagens, é lembrar de um vaso de barro bem copado pelo verde rendado das suas folhas. Lembrar Avenca me lembra Mamãe e eu bem feliz na minha infância.
    Dilmar, querido, realmente, da infância trazemos nossos melhores momentos! Parabéns por tua lindissima poesia!! Bravissimo! Beijos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado amiga Vilma. Acho que relembrar a infância faz bem para o espírito.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  20. Tudo tem seu encanto ao recordar.
    Um lindo fim de semana.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Sônia. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  21. Bom Dia Amigo.
    Como você também sinto saudade do perfume da distante infancia.
    E hoje sinto falta do meu amigo no meu blog também.
    Esta tudo bem contigo?
    Um feliz semana beijos.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  22. Amiga Evanir, tudo bem comigo. Ando meio atrapalhado com falta de tempo, mas logo, logo, terei o tempo necessário para visitar os meus amigos.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  23. Avança sem medo
    Tenta ser destemido
    Guardo o teu segredo
    Teu plano não destruído!

    Pelas veredas da vida
    Tenta caminhar em segurança
    Que a causa não seja perdida
    Quem deseja sempre alcança!

    Continuação de boa semana, amanhã feriado.
    Um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar