sábado, 5 de maio de 2012

TOMATE

Liguei a tv
e passava o filme
"Tomates verdes fritos"
- Será que o enredo é poético,
qual era o título da película na origem, perguntei-me.
Talvez o título  original
seja outra coisa,
mas o tradutor é poeta...
Pensando em poesia, um pensamento
foi encadeando em outro...
Desliguei o aparelho, deixei o filme gravando,
para vê-lo em outra oportunidade.
Fui jantar. E o que vejo sobre a mesa
entre os pratos?
Um tomate. Não verde. Nem frito.
Mas um lindo tomate maduro, colorido
e com o aroma característico da espécie.
Fiz a refeição e o tomate  continuou
sobre a mesa.
Eu aprecio, sobremaneira, essas frutas,
mas aquele tomate era belo demais
para ser devorado num jantar!

34 comentários:

  1. Uma linda coincidência não é mesmo, amigo Dilmar? A única diferença a cor por sinal bastante característica. E como você é um poeta genial aproveitou o enredo e criou estes belos versos. Parabéns! Ficou fantástico. Um lindo domingo abençoado por Deus.
    Beijinhos carinhosos
    Gracita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Gracita, obrigado pelas palavras carinhosas.
      Um abração. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  2. Poeta é assim, não desperdiça palavras, pelo contrário, cria oportunidades e belos poemas em tudo que o cerca..Grande sabedoria.
    Omedeto
    Abraços
    Giovanna

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Giovanna, obrigado pelas palavras gentis.
      Um abração. Feliz gestação.

      Eliminar
  3. Adoro tomate! tenha um domingo bem legal...
    juliana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obriga amiga Juliana. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  4. Dilmar,

    Que coincidência, rsrs


    Bjkas

    ResponderEliminar
  5. Tem momentos em que fatos prosaicos se interagem mesmo, assim, sem mais, nem porquê.

    achei bem legal/
    abraços/!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Rosa. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  6. ehehe, não consigo não comer tomates, nooossa eu amo demais, hehe, amei o seu poema, obrigada pelo carinho, abraço e uma linda semana prá ti, tb, Dilmar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Eva. Tomate é muito bom! Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  7. Tomates verdes fritos
    Não os deixaram amadurecer
    Se falassem davam gritos
    De dor e não de prazer!

    Se tradutor é poeta
    O que ele pensaria
    Quando ninguém protesta
    Numa aula de poesia!

    Resto de bom domingo,
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Eduardo, obrigado pelo comentário poético. Um abraço daqui do sul do Brasil.

      Eliminar
  8. Simples, poético e interessante. Como o filme.

    Parabéns pela criatividade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Mel. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  9. Dilmar, assisti muitas vezes o filme mencionado, é lindo, "Tomates Verdes Fritos", um dos meus filmes preferidos!
    Abraços, gostei também do seu texto,mas não deixes de assistir, pois é mesmo lindo esse filme!
    Abraços
    Ivone

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Ivone. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  10. Ah, poeta um tomate* te inspirou; que delícia!
    O filme é bom demais, não deixe de assistir, e tomate* além de gostoso é bom pra saúde...
    Beijo grande ...Mery*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Mery. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  11. Que bela inspiração, querido Dilmar!!
    Como sempre, nos encantas com teus lindos e sábios escritos!
    Parabéns!!
    Obrigada pelas visitas e o carinho. Tua presença lá no blog me deixa muito feliz.
    Um beijo e uma excelente semana pra ti também.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ilca, obrigado pelas palavras carinhosas. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  12. Era um tomate fotográfico.Fotografia também é poesia. Com a alma do poeta, seria possível enxergar a poesia, tanto no tomate ali, ou fotografado. E a mente do poeta?
    Pois é, a poesia deixa essa visão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado poeta Machado. Um abraço. Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
  13. kkkkkkkkkkkk "...aquele tomate era belo demais
    para ser devorado num jantar." Outro dia pensei o mesmo de um frango inteiro assado que comprei, mas o cheiro que ele exalava superava a beleza da visão que me oferecia. Então, não teve poesia no almoço nesse dia. (brincadeira). Admiro tanto a sua sensibilidade. Atributo que falta a tantas pessoas e, perdoe-me se estou discriminando, principalmente aos homens. Um grande abraço, meu querido. Uma semana cheia de alegrias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivana, a poesia, muitas vezes, nos surpreende em coisas inusitadas. Obrigado pelas palavras carinhosas. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  14. Querido amigo que saudades daqui..
    passando para desejar uma excelente semana a vc..
    abss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amigo Andy. Um abraço.Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
  15. Olá amigo. Gostei da sutileza. Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Maria. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  16. O tomate é um fruto muito bom e importante. O filme é belíssimo.
    Espero que tenha visto completo. Rrsrsrsrsr
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Janice. O filme é poético. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  17. e assim encontraste poesia no jantar, e a poesia não se come
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Luna, a poesia está em toda a parte. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar