A minha Lista de blogues

domingo, 16 de setembro de 2012

EU QUERIA NÃO VOTAR!

A campanha eleitoral vai de vento em popa
e os partidos políticos disparam
na direção do eleitor distraído.
Então, eu lembrei
de um antigo jogo de vídeo game
"Caça ao pato".

Não tenho vergonha de dizer
que fui caçado várias vezes
pelas armas permitidas,
pelo sistema democrático,
imposto à revelia,
à luz do modelo maquiavélico
onde a lei retira a possibilidade
de não se dizer amém.
Somos livres para votar
Mas não podemos não votar!
Eis a liberdade no sapo na boca da cobra!

22 comentários:

  1. Essa é a falsa liberdade que eles nos impões, não existe o direito de livre escolha, e com isso eles tiram proveito, coagindo, comprando ou influenciando.

    Abraços, estou seguindo aqui

    http://rebobinandomemoria.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marcos, obrigado por me seguir. Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  2. "Possibilidade de não se dizer amém" disse tudo!!

    Um beijo amigo Dilmar e uma ótima semana prá você.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Elzinha, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma linda noite.

      Eliminar
  3. Um poema com uma mensagem forte. Li com prazer. Uma semana linda. E político... se você pode!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cristian, obrigado por me seguir. Um abração daqui do sul do Brasil.

      Eliminar
  4. Ah! Querido amigo, eu também queria poder não votar nessa corja... Dilmar, um grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Shirley. Um abração. Tenhas uma linda noite.

      Eliminar
  5. Em tempos de democracia nada democrática eu também só voto porque tem que constar no título de eleitor, senão não recebo meu pagamento que é pequenininho,mas faz falta!!!
    Um abraço e linda semana!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, querida Malu. Um abração. Tenhas uma linda noite.

      Eliminar
  6. É amigo Dilmar, temos de votar, é lei, é obrigado, mas como dizes, com esses candidatos que estão aí, nem sabemos quem é o menos ruim?!
    Sem alternativas vamos por sorte, quem sabe ainda poderemos ter orgulho de nossa política?!Quem sabe?!
    Abraços meu amigo que assim com eu, desiludido está, aqui em Sampa está mesmo de "amargar",acho que em todos os lugares onde o que conta é mesmo o elevado salário que os candidatos que ganharem as eleições irão ganhar, pelo menos pelos próximos quatro anos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada amiga Ivone. Um abração. Tenhas uma linda noite.

      Eliminar
  7. Limerique

    Os eleitores têm o dever do voto
    A democracia os julgam devotos
    Mas ao cumprirem a regra
    Colocam uma aposta cega
    Pois sua vontade vai para o ignoto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jair, obrigado pelo comentário poético. Um abração.

      Eliminar
  8. “Este é um mundo violento e mentiroso, mas não podemos perder a esperança e o entusiasmo pela mudança”, diz Eduardo Galeano.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil.

      Eliminar
  9. Dilmar, me sinto exatamente assim como vc. O engôdo da democracia. Muita paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Denise. Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  10. 'Eis a liberdade no sapo na boca da cobra!'
    Me identifiquei totalmente amigo.Obrigada por passar...rs
    Um grande beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Tânia. Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  11. Caro Dilmar

    Realmente muito temos que avançar para que se tenha realmente uma democracia participativa e coerente com o grande país que temos. Tudo começa com a educação, a cultura das pessoas, a participação da família na formação do cidadão e por aí vai. Mas como disse o Fernando citando Galeano, não podemos perder a esperança e o desejo de mudanças sempre.

    ResponderEliminar
  12. Fico triste migo, pela falta de opção de alguém que possamos confiar. Hoje tento escolher o menos pior de todos os piores, mas a confiança morreu em mim e sei que em muita gente. Senão votamos, somos omissos, se votamos temos a sensação de está colocando mais um ladrão lá. Que ponto chegamos? Essa vontade de não votar. bjos. Muito bom o assunto...

    ResponderEliminar