sábado, 30 de março de 2013

TRINTA E UM DE MARÇO DE 1964

É trinta e um de março outra vez,
dia de lembrar das vidas ceifadas precocemente
pela força bruta, durante os anos de chumbo
Dia de rezar pela alma dos covardes
que ditavam a norma, segurando fuzis.
Dia de exaltar a memória daqueles que travaram
o bom combate no tabuleiros dos ideais;
quando perseguidos, execrados, torturados,
não desistiram da dignidade.
Dia de reverenciar o espírito
dos que morreram no exílio, longe
do carinho da mãe Pátria.

Trinta e um de março,
dia de agradecer aos céus
pelo atual estado de direito;
dia de orar a Deus pela saúde
da jovem democracia brasileira;
dia de pedir a Jesus, governador da terra,
para que a intolerância política,
suporte de todas as ditaduras,
de direita ou de esquerda, não importa,
desapareça para sempre do mundo.

29 comentários:

  1. Boa noite amigo Dilmar Gomes, venho aqui desejar para você e sua família, feliz e Santa Páscoa. Com muita saúde, paz, carinho, amor e alegria.
    Um abraço, Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eduardo, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma bom dia.

      Eliminar
  2. Renascer...
    Transformar...
    Tudo Novo.
    De novo.
    FELIZ PÁSCOA

    BEIJO NO CORAÇÃO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, amiga Ana. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  3. Amigo Dilmar, que bom podermos respirar com liberdade...outro tempo, momentos de paz! Desejo um feliz domingo de Páscoa! Um abraço...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Nyce. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  4. Para quem viveu esta data, deve ter muita lembranças. Eu era uma criança.
    Beijos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita amiga Janice. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  5. Estimado, Dilmar.
    Vim aqui trazer o meu abraço à você. Neste fim de domingo. Aproveito para desejar-te: Saúde. Paz Espiritual. E muita Sabedoria.
    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita amigo José. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  6. Devemos realmente agradecer aos céus o estado de direito!
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita Lou. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  7. Bom Da amigo querido.
    Que , mover de Jesus seja benção para todos nós
    no decorrer dessa semana , e sempre.
    Com certeza teremos que agradecer por tudo que somos , e tudo
    agradecer , pois Jesus é quem nos guia sempre em nossa caminhada .
    Ler suas postagens enche meu coração de esperança
    de vencer a todos obstáculos compriendo que nada somos sem nosso Pai.
    Uma semana abençoada beijos e meu eterno carinho ,Evanir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, amiga Evanir. Um abração. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  8. Boa tarde, Dilmar. Tempos péssimos os de outrora, eu não era nascida, mas sei o estrago que foi feito.
    A Democracia em que vivemos é boa, mas não de todo.
    O voto é um exemplo disso. Se vivêssemos em um País totalmente democrático, o voto seria facultativo e não obrigatório.
    Isso sim, é DEMOCRACIA!
    Tenha uma semana de paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, amiga Patricia. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Meu amigo, lindo poema relembrando isso tudo, começo da Ditadura Militar, eu tinha quinze anos, depois desse golpe me lembro muito bem, meus pais comentavam, eu estava fazendo admissão para a faculdade, me lembro das Cavalarias nas ruas do centro de São Paulo,alguns anos depois, eu com vinte anos, estudante, ai, quanto corri e me escondi para não ser pisoteada!Não participava diretamente das passeatas com meus colegas estudantes, pois eu precisava trabalhar e estudar,eu trabalhava no centro da cidade,minha linda Capital.
    Os manifestantes eram lindos estudantes de famílias abastadas, mas nunca me senti alienada, sempre soube os motivos de tudo aquilo, direito de expressão, democracia, ainda demorou e muito para que se estabelecesse o estado de direito!
    Tenho orgulho daqueles estudantes corajosos, eles sabiam o que queriam e deram com honra as próprias vidas!
    Grande homenagem meu amigo poeta, muitos jovens de hoje nem fazem ideia, nem fazem!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivone, aqueles tempos foram cruéis, aliás, houve gente cruel - crudelíssima - agindo naquele tempo em nome da pretensa ordem social.
      Um abração. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
    2. Verdade Dilmar, eu trabalhava em uma loja de modas, as portas eram de ferros e se via o que acontecia lá fora com as portas abaixadas e víamos pelas grades, aqueles cavaleiros em cima dos lindos cavalos que iam de encontro às grades, até derrubarem e invadiam a loja, terrível, estavam em busca dos estudantes que corriam e entravam nas lojas abertas.
      Eu e todos os que estavam ali tínhamos sempre a impressão de que não sairíamos vivos daquela situação.(escrevi um livro a respeito)
      Grande abraço!

      Eliminar
  11. Olá amigo Dilmar. Gostei disso. Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, amiga Maria. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  12. Datas que ficam marcadas para todo o sempre
    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luna, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Oi amigo, tudo bem? Sou o Marcos, administrador do Blog do Bicho do Mato e venho, através deste comentário, lhe convidar para o Primeiro Concurso de Poesias, "Pena de Ouro" do Blog do Bicho do Mato que será realizado de 20 a 30 de abril de 2013. Ficarei muito honrado com sua participação que será muito importante para o êxito deste evento.

    Para ler o regulamento, clique neste LINK. Conto com sua presença.

    Grato pela atenção.

    Grande abraço do amigo Marcos. Até mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Marcos, obrigado pela visita e obrigado pelo convite. Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  15. Olá querido Dilmar,
    Vivenciamos um tempo realmente muito difícil, uma época que deixou marcas e tristes lembranças.
    Como sempre, excelente texto!
    Linda tua homenagem à nossa querida Porto Alegre, no post abaixo.
    Grande beijo... e muita luz!

    ResponderEliminar
  16. Amiga Ilca, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma boa tarde.

    ResponderEliminar