sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

NUNCA, NUNCA MAIS

Passamos a vida inteira
falando aleatoriamente
a palavra nunca;
a usamos, quase sempre, inadequadamente.

Eu mesmo, muitas vezes
falei sob qualquer pretexto
nunca isso, nunca aquilo
ainda que fora de contexto.

Mas depois que o meu filho partiu
deste mundo para sempre
eu senti na carne o sentido
da palavra nunca
e também da frase "nunca mais"

2 comentários:

  1. Olá! Como você vai?
    Nunca diga: nunca mais - jamais - eu não minto - é a melhor coisa do mundo - é lindo de morrer - . . .
    são tantas as expressões que não devemos dizer e falamos sabendo que estamos errado.

    ResponderEliminar
  2. Acabo de ler seu blog.
    É quase tudo muito triste.Mas bom de ler e saber que alguém mais coloca seus sentimentos na ponta de um lápis.
    Obrigado pelo blog.
    Janice

    ResponderEliminar