quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O PONTO G

Minhas queridas amigas, peço perdão a vocês todas, pela
minha licença poética. Com este poema, não tive o intuito de gracejar
com as mulheres, esses seres maravilhosos, responsáveis
pela perpetuação da espécie e pela evolução do planeta.



O Ponto G

Nada é extático,
o mundo é movimento
e tudo muda
inclusive o ponto do prazer.

Na corrida do sexo
desde a submissão feminina
imposta pela igreja
até a queima dos sutiãs
muitas águas rolaram...

De repente, os tempos novos...
A mulher subiu ao pódio
e, vitoriosa, encontrou o ponto G.

No entanto, o evento
"deu pano pra manga"
e controvérsias no meio científico.
Alguns sexólogos falaram:
o ponto é aqui...
Outros disseram:
o ponto é ali...

Mas a mulher,
esse ser dinâmico
e extraordinário,
não ligou
para o bate-boca acadêmico.
Elas até brincaram com nós, mandriões:
localizamos o ponto G
no templo do prazer,
usando o cartão de crédito
nos Shoppings Centers.

8 comentários:

  1. Oi querido, pois é... Chimarrão e não Chimarron! kkkkk... Obrigada pelo toque!
    Adorei sua visita e tenho vontade de conhecer o Sul, quem sabe um dia?!
    B-Jos. e é ótimo estar aqui em meio a suas palavras...
    Inté mais ler.

    ResponderEliminar
  2. Dilmar, querido,
    Do jeito que o relacionamento homem-mulher caminha, breve não teremos ponto nenhum, nem G, nem Y, lamentávelmente.
    Te desejoum belo fds.
    Bj

    ResponderEliminar
  3. Vim só colher uma "Pitada de Poesia"...

    Um beijo

    ResponderEliminar
  4. Caras amigas, vim agradecer a visita de vocês ao meu cantinho. Voltem sempre. Serão sempre bemvindas.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  5. Hay que buscar fisicamente el punto G, pues no se tiene la habilidad de encontrarlo de otra manera.

    ResponderEliminar
  6. Dilmar Amigo seu espaço é de bom gosto e qualidade, meu parabéns. Irei acompanhar com muito prazer. Shirley.

    ResponderEliminar
  7. Olá amiga Savia, obrigado pela visita. Volte sempre.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  8. Olá Shirley. Seja bemvinda à minha página. A sua visita me deixou feliz. Volte sempre.
    Um abraço

    ResponderEliminar