segunda-feira, 5 de setembro de 2011

A FAMÍLIA

Porque é noite de domingo e chove,
a família Silva
e os pais do pai
estão sob o mesmo teto.

A mãe diz pro neném:
Filho, mostra prá vó
que a gagueira sumiu!
O menino, de pronto,
descarrega uma saraivada
de palavrões bagaceiros.
A vó, de pelos em pé, pergunta:
netinho, onde aprendeste isso?
Ué, no jardim!

Passado o mal-estar gerado
pelo conhecimento anesteirológico do menino,
a mãe grita prá filha:
Mana, apresenta teus desenhos prá vó!
A menina berra lá do quarto dela :
Agora não dá, tô no Orkut.
- Depois, então, tá!
- Tá nada! Depois navegarei no MSN,
baterei um papo no Facebook, etc...
- Faz uma forcinha, filha!
- Mãê, seguinte, esquece essa coisa
de desenho das Marias mijonas...

O pai, que estava calado
há muito tempo,
vendo o filho mais velho
requebrar o corpo na sacada,
dirige-se ao guri e pergunta
o que ele está ouvindo
no aparelho celular conectado ao ouvido.
- É coisa boa, pai. é Hip Hop!
- O quê! Isso é música, malandro?
- Ora, se o vô chama de música
aquela coisa esquisita
de um tal de Bethovem,
que ele ouve no vinil, então...

A mãe, nervosa, subindo pelos tamancos,
mas procurando manter a calma
como convém a uma dama de estilo,
murmura , quase irritada:
não gosto de domingo;
é um dia que não novelas.

Depois desses episódios,
o pai do pai convoca a mãe do pai:
vamos para a nossa casa
ouvir os pingos da chuva
escorrer pelo telhado

17 comentários:

  1. Fatima, obrigado pela visita. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  2. Amigos ou inimigos. Iguais ou diferentes. Não importa. Será sempre família!

    ResponderEliminar
  3. Amiga Keila , obrigado pela visita e obrigado pelo comentário. Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  4. Mesmo desse jeitinho torto-moderno, família é tudo de bom!

    Um beijo, Dilmar.

    ResponderEliminar
  5. Descreveu a realidade em versos bem humorados. Melhor mesmo apreciar a natureza, ainda que caia a chuva, já que o som dos pingos trazem a melodia que agrada o coração.

    Bs.

    ResponderEliminar
  6. Família é assim sempre, uma delícia seja lá do jeito que for.
    Um grande bj

    ResponderEliminar
  7. Amiga Luna, com certeza, a família é tudo de bom!
    Pequenos percalços acontecem, mas eles fazem parte da convivência.
    Um grande abraço. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  8. Amiga Marilene, tu também gostas do ruido dos pingos da chuva? Eu acho o máximo!
    Um grande abraço. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  9. Amiga Gisa querida. A família é a base de tudo.
    Um grande abraço. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  10. Realmente família é a nossa base, quando estamos no meio dela, muitos detalhes reais podem não ser tão poéticos, mas o ensinamento fica, mesmo que a filha não escute a mãe naquele momento, leva para sua vida a atenção e valorização dos mais velhos e assim, tantos ensinamentos vão formando raiz sem que percebamos e a indiferença do momento é apenas aparente, o laço de família já se formou, para quando estivermos longe e mais amadurecidos, reproduzimo-la. abraço, uma linda semana!

    ResponderEliminar
  11. Amiga Eva, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário. A família é a célula máter. Temos a família que merecemos. Na família crescemos, aprendemos e evoluímos. Os transtornos que ocorrem dentro da família são cavacos do ofício e cada época tem suas características.
    Um grande abraço. Tenhas uma boa noite e um lindo feriado.

    ResponderEliminar
  12. boa noite dileto amigo !
    Eu fui a homenagiada no dia de hj no post da Sônia no blog universo paralelo...do qual me deixou radiosa.
    Aproveito para te convidar a ir no meu cantinho para conhecer,se gostares deixa teu rastro para ficar sabendo que passastes por lá...
    Bjsssssssssssss

    ResponderEliminar
  13. Acho maravilhoso como descreves o cotidiano em versos lindo Dilmar parabéns um beijo e obrigada pelo teu carinho!

    ResponderEliminar
  14. Olá amiga Severa, obrigado por tudo. Também estou te seguindo.
    Um grande abraço. Tenhas uma linda tarde.

    ResponderEliminar
  15. Setembro chegou é o mês que eu nasci.
    para encantar a vida dos meus pais.
    Era tão lindo meu aniversário
    minha mãe fazia aniversário um dia depois de mim.
    Hoje sinto tristeza nessa época mais também agradeço
    a Deus por mais um ano de vida.
    Dói a saudade mesmo sabendo que hoje
    ela mora com Deus.
    Sentembro é para mim o mês mais lindo do ano
    tudo porque é meu aniversário.
    Setembro chegou e com ele a primavera
    com seu perfume suave das flores.
    Uma feliz quarta feira.
    Beijos com perfume das flores angelicais.
    Evanir

    ResponderEliminar
  16. Amiga Marcia, obrigado pela visita. Agradeço tuas palavras carinhosas.
    Um grande abraço. Tenhas uma linda tarde.

    ResponderEliminar