sexta-feira, 16 de setembro de 2011

MÍDIAS

Eu às vezes fico meditando
sobre essas coisas de comunicação eletrônica
e entretenimento virtual
e na maneira como esses modelos
transformaram nossas vidas,
de tal modo que agora
não ficamos um dia desconectados.

Nós; hoje, dependentes de um clic
e de um botão mágico ao alcance da mão,
que vimos de longe,
vimos do tempo do rádio de ondas médias e curtas,
época da tv valvulada, em preto e branco.
Vimos do tempo em que surgiu o primitivo micro computador
de limitadíssimos recursos
- um privilégios das elites -
Justamente nós que crescemos
lendo jornais, revistas, livros;
assistindo as matinês dos cinemas
e interagindo com o mundo
através do velho e bom bate-papo.

Recordemos a revolução provocada pela tv
lá no comecinho dos anos setenta,
época em que o instrumento ficou pop
e colorido no ocidente.
Era o avanço da Aldeia Global,
que Mcluhan havia descrito
sobre o efeito que o rádio e as linhas telefônicas
exerceu na população dos Estados Unidos,
na primeira metade do século passado.
Entretanto, melhor ele houvesse dito
Aldeia de subúrbio ou Aldeia ianque.
Mas ao apagar das luzes do século vinte,
O mundo se transformaria, de fato,
numa pequena Aldeia Global
graças ao advento da Internet.

Hoje, uma parafernália de aparelhos
traz o mundo para dentro das nossas casas.
Em meio a uma imensa gama de informação,
buscamos freneticamente a verdade.
Já perdemos o hábito de buscar a nossa verdade,
adormecida nas profundezas do ser.

Ah, minha gente, vamos fazer um exercício?
Vamos ficar desplugados durante vinte e quatro horas?

31 comentários:

  1. E aquele telefone de mesa, imenso, preto e pesado, ainda com disco, vc se lembra? Adoro o modernismo, td que vem com o progresso, essa era digital mas, confesso, às vezes a gented sente um pouco de saudade daquele tempo. Bom fds pra vc tb, amigo, beijos

    ResponderEliminar
  2. Amiga Milla, é verdade, nós que vimos do passado, somos saudosistas.
    Obrigado pela visita. Tenha um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Dilmar,

    e eu aqui, e aceitando sua proposta:

    "Ah, minha gente, vamos fazer um exercício?
    Vamos ficar desplugados durante vinte e quatro horas?"

    Suas idas aosblogs, pitadas de poesia.

    Grd abr

    ResponderEliminar
  4. Dilmar,

    Eu trabalho o dia todo em frente ao PC, não posso aceitar o teu convite pra desconectar...rs Além disso, claro, tem o prazer na coisa toda, eu adoro Internet, mesmo estando consciente de que, graças a Deus, a vida não é só isso.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  5. kkkk, vinte quatro horas? ah ,não rs!
    Brincadeiras a parte você tem razão,mas temos que aprender a conviver com isso sem nos prender.
    Um beijo querido! Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  6. Essa comunicação, não obstante sua admitida importância, tem afastado as pessoas. As famílias já não conversam, não discutem opiniões. Os jovens têm uma linguagem que dificilmente consigo acompanhar. As crianças não sabem o que é brincar, pois, desde cedo, já estão grudadas à telinha do computador.
    É o preço que pagamos pela modernidade. Há pais que limitam o tempo de uso do pc pelos filhos. E os admiro por isso.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Querido Dilmar,

    Obrigada por seu carinho e presença meu amigo.
    Hoje passo só para desejar um final de semana maravilhosos!
    Vou colocar a leitura em dia!
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Eu fiz isso nas férias de julho, no principio é difícil mas depois se acostuma. Nos USA está na moda se desligar da era virtual por algum momento. Assim se dá mais atenção a família e descansa o cérebro. Tipo uma desintoxicação virtual. Obrigada por suas visitas e seus comentários tão amigos. Bjos.

    ResponderEliminar
  9. Amiga Accioly, obrigado pela visita.
    Um abração. Tenhas um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  10. Amiga Luna, de 2ª à 6ª feira, também tenho de ficar em frente ao pc. Às vezes, fico desplugado por um dia em fins de semana, mas é bem difícil.
    um grande abraço. Tenhas um lindo finds.

    ResponderEliminar
  11. Pois é, amiga Marcia, sei que não fácil!
    Um grande abraço. Tenhas um lindo finds.

    ResponderEliminar
  12. Amiga Marilene, as mídias autuais são muito boas, mas, às vezes, elas nos obsediam.
    Um grande abraço. Tenhas um lindo finds.

    ResponderEliminar
  13. Amiga Mari, boa leitura.
    Um grande abraço. Tenhas um lindo finds.

    ResponderEliminar
  14. Amiga Simone, tu és corajosa e personalíssima.
    Um grande abraço. Tenhas um lindo finds.

    ResponderEliminar
  15. E ai vc conseguiu?
    Acho que estamos cada vez mais conectados e menos vívidos!
    Eu me percebo com receio de sair de casa, penso que aqui eu escolho o que posso ver, ler, fazer, ouvir... E a cia? Bem essa é outra questão, nos relacionamos virtualmente com um monte de pessoas ao mesmo tempo, aquelas que escolhemos...

    E vivemos cada vez menos, mas nos protegemos de encontrar aquela pessoa chata, de ir em um show e depois não gostar, ir ver um filme que nem é lá tão legal...

    Enfim... A tecnologia está nos fazendo viver tecnologicamente... cada vez mais!

    Beijos no coração

    Ah, não sou contra a tecnologia, adoro, mas já percebi que como tudo na vida é preciso equilíbrio!

    ResponderEliminar
  16. Sábias palavras, amiga Ana: equilíbrio.
    Um grande abraço. Tenhas um bom domingo.

    ResponderEliminar
  17. Olá. amigo!
    Grata pela visita em minhas páginas.
    Creio que todas as modernidades referentes a cada tempo estão para facilitar a VIDA e para contribuir para o bem.
    Basta que saibamos usá-las.
    É claro que há quem use as coisas para o BEM e outras para o MAL, mas daí vai da EVOLUÇÃO de espírito de cada um.
    Abraço

    ResponderEliminar
  18. Amiga Malu, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário.
    Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  19. Querido amigo Dilmar,
    Acho que eu não aguentaria ficar desplugada nem por 12 horas, quanto mais por 24.
    Já não sei mais fazer nada sem consultar a Internet.
    Onde quer que se vá, lá estão os aparelhinhos com os quais você paga contas, saca dinheiro, paga suas compras, e até os táxis já estão recebendo cartões de crédito. Como ficar longe disto? Já estão incorporados ao nosso dia a dia. Muito boa a sua postagem. Gosto quando vc fala dos "antigamentes".
    Um grande beijo,
    Maria Paraguassu.

    ResponderEliminar
  20. Grande abraço, amiga Paraguassu. Obrigado pelo teu comentário. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  21. Oi amigo Dilmar, obrigada pelo teu carinho nos comentários, é um prazer, lê-los, obrigada pela solidariedade e compreensão também. Adorei o seu texto e quanto a proposta, pergunto se vale ter feito o dever anteriormente por 48 horas? obrigatoriamente fiquei sem internet, um horror, hehe, muito dependentes que estamos mesmo, mas nesse tempo, consegui olhar melhor para coisas que já não olhava tanto, boa proposta, 24 horas é um tempo sensato, apenas para ver melhor outras possibilidades, linda semana para vc.

    ResponderEliminar
  22. Oi Dilmar, se a gente souber dosar, tudo na vida pode ser prazeiroso.
    Antigamente tinha tantas coisas boas mas hoje também tem, saibamos sempre apreciar o que no presente momento temos e aproveitemos da melhor forma possível.
    Muito bom teu texto.
    Beijos em teu coração e uma excelente semana!

    ResponderEliminar
  23. Querida amiga Eva,também fiquei sem internet em casa por três dias, apesar de tê-la no trabalho, fiquei meio sem saber o quê fazer. O episódio fez eu refletir sobre a questão da nossa dependência a todas as coisas virtuais.
    Um grande abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  24. Amiga Isa Mar, tu estás corretíssima. Buda já ensinava sobre o caminho da moderação.
    Um grande abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  25. é bom saber que se tem pessoas em nossos caminhos como vc, que tem sempre uma palavra amiga e de isentivo pra nos fazer crescer. é bom ter um ombro para chorar mesmo que seja virtual, mas sabemos que alguma coisa é real. Muito obrigada por tudo, que Deus o abençoe tu e tua casa.

    ResponderEliminar
  26. Você é sempre gentil em suas visitas. Obrigada!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  27. Amiga Simone, obrigado pela visita. Volte sempre.
    Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  28. Amiga Marilene, obrigado pela visita.
    Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  29. Olá Querido Amigo...

    Que delícia Amigo a Internet ter proporcionado a gente ter essa troca maravilhosa de amizade TODOS os dias ... rsrs
    Excelente tua colocação no texto.
    Beijos no coração.
    Lecy'ns

    ResponderEliminar
  30. É verdade, amigo, boa reflexão.
    Mas por outro lado a internet facilita e possibilita muitas coisas. Como por exemplo a comunicação com pessoas de outros estados e de outros países. Como nos conheceríamos se não fosse a internet? Como divulgaríamos nossos escritos e trocaríamos impressões, se ela não existisse?
    Só não podemos é nos tornar escravos e deixarmos de fazer outras coisas, como ler, sair, encontrar os amigos, etc.
    Não é verdade?
    Grande beijo, amigo.
    Namastê!

    ResponderEliminar
  31. Rsrsrs Ja tentei, Dilmar, mas tive crise de abstinencia! Hahahah Bjos!

    ResponderEliminar