domingo, 29 de abril de 2012

ARROZ E FEIJÃO

Nós, brasileiros,
comemos, há séculos
arroz e feijão.

Este prato suculento
veio a calhar
ao nosso bolso
e com o nosso paladar.

Comida do povo
diz a elite,
torcendo o nariz,
degustando caviar.

Médicos e nutricionistas
sempre afirmaram
que arroz e feijão
mais o complemento
de algumas folhas
e uma que outra fruta
compõem a dieta perfeita
de qualquer organismo sadio.

Mas, eis que agora,
um cientista da nutrição
veio a público dizer
que arroz e feijão engorda.

Enquanto isso,
os povos famintos do mundo
deliram, febris, implorando
aos céus
por uma colherada de arroz
e feijão...


55 comentários:

  1. Dilmar, muito a propósito esse seu lindo poema, pois é amigo, nem podemos ficar a mercê desses que dizem isso ou aquilo, mesmo que seja cientista da nutrição.
    É comprovado que o melhor alimento é mesmo o nosso tradicional arroz com feijão e é claro que todos os alimentos engordam se são consumidos em quantidades maiores do que o necessario.
    Mantenho meu peso normal comendo o tão maravilhoso arroz com feijão!
    Bem verdade meu amigo sensível, quantos queriam poder comer esse simples prato!
    Ah, amigo, o mundo está indo de um jeito que na Europa já estão até plantando hortas nos quintais, Portugal, Espanha, enfim...Somos privilegiados!!!
    Abraços e beijos em seu coração, amei esse poema, lindo e reflexivo!
    Ivone

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Ivone, pelas tuas visitas constantes ao meu modesto espaço e também teus comentários sempre coerentes.
      Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  2. Se for olhar o que engorda e o que não engorda, vamos pirar. É melhor comer sem culpa.
    Como arroz, feijão, maionese, doce de leite e não aumento nem um grama. Só engorda que tem tendência a endordar mesmo.
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo amiga. Vamos comer sem culpa.
      Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  3. Muito talentoso, Gilmar. Muito mesmo. Adorei seu blog. :]
    Desde já, sou seguidora. Espero que se der, você dê uma passadinha no meu. E se gostar, me siga também.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Abraço, ótimo feriado.
    Tati.

    Att.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tatiane, obrigado por me seguir.
      Um abração.

      Eliminar
  4. Oi amigo querido!
    Se ficarmos impressionados com as maluquices que ouvimos vamos adoecer e estaremos loucos em pouco tempo. Podemos comer de tudo que a mãe Terra nos proporciona desde que o façamos de maneira comedida, sem exageros. Bela abordagem. Parabéns!
    Um grande e carinhoso abraço
    Gracita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Gracita.
      Tenhas uma ótima noite.

      Eliminar
  5. Adoro arroz com feijão!
    Que engorde! Não me importo!
    Um grande bj querido amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um abração, amiga Gisa.
      Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  6. adoro arroz com feijão, é uma combinação perfeita! bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Jeanne, arroz e feijão é tudo de bom!
      Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  7. Belo alvorecer !
    Passando por aqui para colher mais uma das suas escritas...
    Feijão com arroz fez um belo dueto...
    bjssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  8. Este arroz de feijão, assim temperado de poesia está uma delícia, mesmo!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  9. Dilmar meu amigo,

    Se engorda realmente não sei mas que é muito bom isto não posso negar, é o melhor que podemos comprar e por na mesa e o que muitos ainda conseguem ter...Belíssimo..

    Abraços

    ResponderEliminar
  10. Dilmar paz
    lindo poema bem criativo. gosto muito de arroz e feijão.
    um dia maravilhoso meu lindo amigo bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amiga Lúcia. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  11. Olá Dilmar, querido amigo, esses cientistas da nutrição não sabem que com brasileiros não se discute arroz e feijão, se engorda ou não....E que não me falte nunca um prato de arroz e feijão...rs. Bela poesia!Parabéns! Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Vilma, obrigado pelas palavras gentis.
      Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  12. Para uma pitada de arroz e feijão
    Estou pronto para petiscar
    Neste mundo cada vez mais aldrabão
    Para muitos já começa a faltar!

    Problema da nutrição
    Quase ninguém quer semear
    Sem trigo para o pão
    Já começa a escassear!

    Sem farinha pois então
    Ao organismo faltar
    Todos querem ter razão
    Mas alguém anda a roubar?

    Boa segunda-feira para você, Dilmar Gomes,
    Um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigão Eduardo, muito obrigado pelo teu criativo comentário poético.
      Um abração.

      Eliminar
  13. 'A gente não quer só comida, a gente quer comida ,diversão e arte"...Quem dera...rs
    Beijo meu amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigadão, amiga Tânia. Fez-me lembrar do Gonzaginha!
      Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  14. Olá...
    e que não me falte "um prato de arroz com feijão*, como disse a poetiza Vilma. Eta comida boa, não troco por esse tal de caviar.

    Tenha um abençoado dia do trabalho, beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso ai, amiga Mery, não precisamos de caviar, pois temos o nosso abençoado arroz com feijão. De que mais precisamos?
      Um abração.

      Eliminar
  15. O que engorda é a colher
    sobrecarregada do grão
    alienado
    que deixa o outro faminto
    sem poesia sem canção
    repleto de tristeza
    e opressão
    feijão com arroz num prato
    com um copo de água
    do rio cristalino
    é uma pura oração
    uma benção de Deus
    são as sementes brotadas
    da terra
    das mãos calejadas
    do suor e do amor

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Luiz Alfredo, obrigado pela tua visita poética.
      Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  16. Uai... tem coisa mió que isso? Arroz cum feijão é bão dimais da conta, sô! rsrsrsrsr... feijão mineiro, tropeiro, feijão de corda, feijoada, tutu de feijão... tudo sempre acompanhado de um arrozinho branquinho e soltinho!!! Aí a gente vai ficando velho e não pode isso e não pode aquilo. Que triste! Aproveitem enquanto podem, crianças do meu Brasil que nossa comidinha básica e tradicional é riqueza nacional!
    Beijokas e meu carinho.
    Saudades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Lua, é bom ter-te de volta aqui neste modesto espaço.
      Obrigado por ter vindo. Isso ai, vamos aplaudir nosso prato predileto.
      Um abração. Tenhas uma linda noite.

      Eliminar
  17. Alô Dilmar ok?
    ótimo texto!!
    Até o boi que come só capim engorda!!! rsrsr
    nada faz mal desde que tenha moderação! né?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigadão Osmar. Volte sempre que quiser.
      Um abraço.

      Eliminar
  18. Dilmar: feijão com arroz; café com pão... Molho e macarrão: amooooooooooooooooooooooo!!!!

    ResponderEliminar
  19. o tradicional bem feito
    é uma delicia...

    e que não nos falte nunca!


    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margot, obrigado por me seguir este humilde espaço.
      Um abração. Tenhas uma linda noite.

      Eliminar
  20. Dilmar:Como vai você meu Amigo?
    Gostei muito do seu poema .
    Como é gostoso nosso arroz e feijão
    como dizia minha mãe com um ovinho frito bem temperado
    não precisava nada melhor para ela.
    Lindo mesmo amigo seu poema deu fome e saudades.
    Uma linda noite beijos ,,Evanir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou bem amiga, e melhor agora com tua visita.
      Obrigado por tuas palavras amigas.
      Um abração.

      Eliminar
  21. Oi, Dilmar...

    Puxa, vou parar de comer arroz e feijão para ajudar no meu regime, rs...

    É verdade, já li muito sobre isso, esse prato tradicional do nosso país, além de saboroso, é muito nutritivo.

    Obrigada pelo carinho...

    Bjs
    Chris

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Cris. É muito bom ter-te de volta aqui neste espaço.
      Um abração.

      Eliminar
  22. Pior que é tão bom!! Mineiro não dispensa o arroz com feijão. Mas tem que ficar de olho na balança.Porque engordar, engorda mesmo.E muito...Abraços amigo Dilmar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Regina, obrigado pelas tuas visitas constantes aqui neste humilde espaço.
      Um abração.

      Eliminar
  23. Grande Dilmar, poema Perfeito inteligente e coloquial alem de uma grande realidade mundial abcs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amigo Orides.
      Um abração. Volte sempre que quiser.

      Eliminar
  24. Bom dia meu poeta prosador !!!!!
    Feijão com arroz deixa de ser primordial na vida do brasileiro para virar um poema e eu dizer que ficou lindooooooooooooooooooo
    bjsssssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  25. Voltei para completar esse prato ,te convidando a passar no blog do nosso amigo Daniel.Pois ele escreve poemas culturais,explorando sempre nosso País.Aproveito para pedir seu conceito no poema REDES que ele fez infocando nossa cultura.Combina muito depois de um prato desse cair dentro de uma rede,kkkkkkkkk
    http://danielmilagredanieldaniel.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita. Passarei por lá.
      Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  26. quando começam a inventar que algo já não é bom é porque vem aí coisa, normalmente outro produto que alguns querem comercializar e ganhar uns trocados, se era bom até aí e ninguem se queixou...
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com certeza, amiga. Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  27. Tudo em grande quantidade não faz bem.
    Saber dosar faz muito bem a saúde.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Melo, com certeza, nada de exageros. Qualquer coisa que ultrapasse as medidas corretas é prejudicial.
      Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar