sexta-feira, 3 de agosto de 2012

FIM

Não é necessário ser profeta para saber
que um dia este mundo vai acabar,
basta aceitar o processo das leis naturais
estipulado pelo criador de todas as coisas.

Todo o dia algo se transforma
na conjuntura tempo/espaço.
Planetas nascem, planetas morrem,
mas não ficamos sabendo,
porque o nosso conhecimento
corresponde a um grão de areia
na escala da grandeza cósmica.

Agora parece que virou moda
o lançamento de previsões apocalípticas
a partir de dados aleatórios,
daí as mídias preencherem seus espaços
com vaticínios superticiosos.

Ó insensata mente humana
ainda tão distante daquilo
que existe para ser conhecido
e ao mesmo tempo tão soberba
a especular sobre coisas que ainda
estão distantes da nossa compreensão.

35 comentários:

  1. A Nova Era vai chegar. Enquanto isso, a humanidade continua engatinhando... Beijo, querido Dilmar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Shyrlei. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  2. Amigo Dilmar, passei p/desejar-te um fim de semana iluminado.
    Tens razão , a humanidade ainda está mto distante do conhecimento da nossa existencia.
    Um grande abraço,
    Rai

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Rai. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  3. Pobres de nós poeta, a ter olhos tão romanescos a respeito de tantas realidades, somos tantas previsões incertas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Janaina. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  4. Acho que invenção dos homens.
    Um forte abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  5. Tenho convicção que o mundo se acaba para quem morre.
    É triste dizer isto para os profeta que querem fazer com que as pessoas enlouqueçam.
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Janice. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  6. Que esse fim seja da guerra
    Que a paz nunca tenha fim
    Lançando as semente na terra
    Nascem as flores no campo e no jardim!

    Com o processo das leis naturais
    Produtos biológicos colher
    Saúde todos teremos mais
    Se os continuarmos a comer!

    Poeta não pensa assim
    O mundo lindo ser
    Neste imenso jardim
    Melhor outro não haver!

    Bom fim de semana para você,
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Eduardo pelo comentário poético. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  7. Boa noite poeta, bati na tua porta, pedi licença e vasculhei suas gavetas, nossa gostei muito de teu estilo, escreves com a alma, de forma bela e singela, parabéns beijos Luconi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luconi, obrigado por seguir este modesto espaço. Um abraço.

      Eliminar
  8. ... e como é urgente escrevermos sobre estes temas.
    Esta "insensata mente humana",como dizes,é mais
    insensata a cada século. E o fim está mais perto
    a cada insensatez desta mente humana...
    Pobre natureza!
    Pobre ser humano!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Lola. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  9. OLá Dilmar, bom dia!!

    Sinto-me sempre muito bem quando venho ao teu blog, e leio os teus poemas/mensagens, tão propícios pra nossa reflexão. Muito obrigada, meu amigo!

    Diga-me: o que acontece quando Sonho e Realidade se encontram?

    Tenha um domingo abençoado, e semana plena de realizações felizes!

    Bjos da Lu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras carinhosas, amiga. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  10. Um poema para que o mundo possa refletir... vivamos, basicamente com respeito e honestidade, o futuro, só a Deus pertence.

    Gostei muito Dilmar.
    Abraço
    cvb

    ResponderEliminar
  11. A inquietude do ser nem sempre o leva ao melhor caminho, ainda mais com as vestes da arrogância.
    Sempre bom te ler, meu amigo querido
    Bjão

    ResponderEliminar
  12. Muito real teu texto. Parabéns.
    Tenha uma semana abençoada.Bjs

    ResponderEliminar
  13. Dilmar, parece que esse é o caminho natural de tudo, nascer, amadurecer, morrer. Só espero não estar mais nesse mundo quando isso acontecer. Afinal, somos seres eternos. Muita paz!

    ResponderEliminar
  14. Oi Dilmar, poema tenso, amplo e totalmente alicerçado nas profecias apocalípticas revelando o caos humano.

    Oxalá não seja o FIM - porém e somente um RE(COMEÇO)!

    Obrigada pelas gentis visitas e palavras de incentivo que tem deixado em meus blogs!

    grande abraço

    ResponderEliminar
  15. Acho que esta é nossa única certeza mesmo, a de que um fim tudo terá! Gr. Bj. meu querido e uma semana de muita paz!

    ResponderEliminar
  16. Que nascemos e vamos morrer sabemos. Ainda de algumas realidades psico, físicas e sociais, porque interragimos, lemos, escrevemos, observamos e somos curiosos e desejamos no apropriar o mais possível de quem somos nesse contexto intrínseco e mutável.
    Parabéns pelo texto, o que temos é que dar conta de nossa vida o melhor possível. Bjs

    ResponderEliminar
  17. Lindo teu poema, adorei. Meus parabéns. Abraços do amigo Bicho do Mato

    ResponderEliminar
  18. Amigo,

    Especulações são formas do humano lidar com o que teme. O FIM é sempre temido, pq mesmo q não estejamos aqui, saber de um fim mtas x faz questionar o sentido da existência.

    Beijos e uma linda semana de LUZ pra vc!

    ResponderEliminar
  19. Amigo,


    Não esqueci a pergunta que deixou p mim no Dialogos da Psicologia e Psicanálise.

    A palavra Gestalt tem origem alemã e surgiu em 1523 de uma tradução da Bíblia, significando "o que é colocado diante dos olhos, exposto aos olhares".
    A Gestalt terapia é um teoria e tecnica dentro da psicologia.

    Abaixo um link que indico p saber mais sobre.

    http://www.infoescola.com/psicologia/gestalt/

    Abraço enorme sempre

    ResponderEliminar
  20. Profetas do fim do mundo
    Todos anos surgirão
    Esse mistério profundo
    Não se submete à razão
    Quando esta entra em eclipse
    O arauto do Apocalipse
    Ganha dim-dim de montão...


    Abraços, Dilmar.

    ResponderEliminar
  21. Vc tem toda razão... tenho 58 anos e já passei por diversos "pretensos finais do mundo"... vamos encarar mais um agora mesmo neste ano, em dezembro... será que dessa vez vamos???? O homem tenta controlar o incontrolável para se sentir mais seguro. Mas o futuro a Deus pertence...
    Beijo.
    Sigo contigo.

    ResponderEliminar
  22. Acho que faço parte da burra humanidade que acredita que o "fim" do mundo é apenas para quem morre! Mas penso que ainda há algo depois da passagem... Uma coisa é fato, tudo e todos estamos sempre em franca transformação!

    Saudade de visitar os blogs amigos!
    Meu carinho!
    http://pequenocaminho.blogspot.com

    ResponderEliminar
  23. Boa tarde Caro Amigo
    Vim agradecer a sua amavel visita e desejar todo do melhor para voce.
    abraço fraterno!
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  24. Que texto inteligente, em forma de um poema, foi disse muitas coisas.
    Ótimo! Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
  25. Estou esperando o final do ano para mais algumas previsões apocalípticas onde muitos falarão de tudo e poucos conseguem ver que o 'fim do mundo' está lá no 'centro do país'. E pegando fogo!
    Só para citar os finais dos tempos por aqui mesmo...

    Abraços
    Tais

    ResponderEliminar