A minha Lista de blogues

terça-feira, 15 de abril de 2014

PARA E OLHE

Li outro dia, em algum lugar,
o depoimento de uma menina
dizendo que vivia a correr
o dia inteiro, todos os dias,
mas nunca lhe sobrava tempo
nem mesmo um tempinho qualquer
de olhar para o próprio tempo...

Por vezes, quase desconfiava,
que corria sem um objetivo sustentável...
Que praticamente nada no mundo
mudaria para o bem ou para o mal
em virtude de suas correrias esbaforidas,
porém, justificava-se: é necessário correr,
a vida é muito curta...

Mas um dia deixou cair a guarda
e por breves momentos de distração
viu, emocionada,  uma borboleta diferente
de todas as borboletas
que já vira em sua vida.
Na verdade era uma borboleta
igual a tantas outras borboletas,
mas uma novidade para ela,
que não tinha tempo de ver as coisas,
que existem para ser vistas...




27 comentários:

  1. [ é fazer tudo o que eu estou fazendo hoje,
    mas cuidando de como eu sou por dentro ao fazê-lo.
    nada é separado de viver...não é Poeta?]

    beij0

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margoh, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
  2. Dilmar, pois é, quantas pessoas vivendo assim, nem param para pensar, observar, sentir a verdadeira alegria do perceber o existir!
    Amei ler, seu poema/texto é bem reflexivo!
    Abraços meu bom amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivone, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas, sei que terás, um lindo dia.

      Eliminar
  3. Pressa de viver

    Não há porque o tempo desafiar
    E estar quase sempre de saída
    Parecendo que não existe lugar
    Onde possa contemplar a vida.

    Quem muito corre não descansa
    É pedra que rola e não cria limo
    E com pressa cada vez avança
    Para alcançar idealizado cimo.

    Continua correndo a seu talante
    Corpo faminto e alma em jejum
    Embora alvo permaneça adiante.

    E vê que no mundo é só mais um
    Quase sem fôlego e resfolegante
    Quem corre chega a lugar nenhum.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo, poeta sonetista, obrigado pela visita poética. Um abração. Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
  4. Fast tudo

    Vai de fast isso, fast aquilo, fast food
    Quanto mais fast, mais rápido se ilude
    Já não diminui o rítimo para pensar
    Esse homem que está em todo lugar

    Lhe parece que viver é uma corrida
    Porém o que passa é a própria vida
    E ele, consumindo-se, não aproveita
    Correr, batalhar sem pensar sua seita.

    Pois é Homo sapiens esse animal vil
    Que queima a vela pelos dois lados
    E nada sabe da vida, porque não viu?

    Ignorante, comporta-se como gado
    Como em manada atravessando rio
    Acreditando que sofrer será seu fado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jair, se já é um prazer receber tua ilustre visita, receber duas visitas, então, é um luxo. Obrigadaço!

      Eliminar
  5. Ameiii ler- te amigo Dilmar !
    Bela mensagem para refletirmos...

    Boa tarde !

    ___ Beijos no coração !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Nanda. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  6. Que bela parábola meu poeta, falamos que o mundo ta muito rápido, mas na verdade acho nós aceleramos um tanto, com pressa de tudo, menos de sentir a vida, de ver as coisas como elas são, parar, ver...veremos tantas borboletas lindas e diferentes que nunca tínhamos visto. Precisava disso, muito bom te ler, meu poeta Dilmar, obrigado.
    ps. Carinhop respeito e abraço.

    ResponderEliminar
  7. Que linda poesia, amigo Dilmar! Quanto nos enganamos em relação à necessidade de corrermos o dia todo. Afinal, se formos devagar, será que não chegaremos ao mesmo destino? Muita paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Denise, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas um feriadão abençoado.

      Eliminar
  8. Olá, tudo bem ?

    Que os anjos do céu, contemple a sua quarta feira, com o sorriso reluzente da Paz e da Compreensão. Afinal, somos todos pecadores.
    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho. Tenhas um feriadão abençoado.

      Eliminar
  9. Quem vive a correr nessa vida, sem apreciar a beleza nas pequenas coisas, um dia acorda, e verá quanto foi inútil tanta pressa. Mas nunca é tarde para mudar, não é querido! Um bj pra ti

    ResponderEliminar
  10. Uma verdade é que as pessoas vivem a vida a correr...até parece que o tempo deixou de ter tempo

    Páscoa feliz e obrigado pelas visitas ao MEU/nosso cantinho
    ******************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  11. Aháa, então estou certa, cada vez mais parada, remando devagar e observando tudo. Vejo muito isso no trânsito maluco, correm, correm para pararem ali, adiante... Ou correm para chegar em casa e sentarem na frente da TV. Que gente maluca.

    Abraços!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, amiga Tais. As pessoas andam correndo sem saber por que correm.
      Obrigado pela visita. Um abração. Tenhas um ótimo feriadão.

      Eliminar
  12. BOA TARDE, QUERIDO AMIGO! BEM INTERESSANTE SEU TEXTO. TANTAS VEZES SOMOS IGUAIS A ESSA MENINA, CORREMOS TANTO SEM CHEGAR A LUGAR NENHUM E DEIXAMOS PASSAR DESPERCEBIDOS TANTOS ROSTOS, TANTAS IMAGENS, INÚMEROS DETALHES QUE PODERIAM MODIFICAR NOSSA MANEIRA DE VER, SE FOSSEM REALMENTE "SENTIDOS" COMO DEVERIAM. FELIZ PÁSCOA, DILMAR! QUE TODAS AS BÊNÇÃOS DO PAI RECAIAM SOBRE VOCÊ E SEUS FAMILIARES E AMIGOS!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho. Um abração. Tenhas um feriadão abençoado.

      Eliminar
  13. Nádia, obrigado pelo carinho. Tenhas um ótimo feriadão.

    ResponderEliminar
  14. Olá Amigo! Quantas vezes passamos pela vida em correria louca! Um belo poema este! Um abraço e votos de uma doce e perfumada Páscoa.

    ResponderEliminar
  15. Verdade, meu amigo, vivemos na correria do dia a dia e nem percebemos a beleza que há em nossa volta.
    Gostei de ler o teu texto, belo e reflexivo!
    Obrigada pela carinhosa visita de sempre e retribuo os votos de uma Páscoa alegre e cheia de bênçãos para ti e família.
    Grande abraço, Dilmar.

    ResponderEliminar
  16. escrever é um dom e esse vc tem
    lindo e gratificante para nossos olhos
    Deixo um abraço de bom final de semana
    Desejo uma Páscoa cheia de benção
    bjusss
    Rita!!

    ResponderEliminar
  17. O mundo está tão cheio de gente sem tempo para ver as coisas que existem para ser vistas né amigo? E tudo é tão simples, tão fácil e tão lindo de se ver.E as vezes não nos custa mais que um segundo... Lindo texto!! Abraços. Boa páscoa!!!

    ResponderEliminar