segunda-feira, 26 de maio de 2014

DIFÍCIL DILEMA

Outro dia, li
em algum lugar
um artigo
onde o autor
baixava o cacete
nos textos precários
postados nas redes sociais
sob a justificativa de
que erros gramaticais
e gráficos
não podem ser admitidos
na comunicação escrita.
Certo. Erros não são admitidos
na escrita oficial,
entretanto, perseguir indivíduos
portadores de dificuldades expressivas
por suas manifestações informais,
parece-me exagero e perseguição,
sobretudo, num país terceiro-mundista
onde a  organização governamental
trata da educação com desleixo.
Erramos todos,
mesmo quem tem um pouquinho mais de luz
até porque se fôssemos sábios
não estaríamos aqui,
mas em outro planeta
mais adiantado.

24 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Somos o que existe!

    A tal informática abriu um caminho
    Pra nós, informais do verso e prosa
    Comunicamos juntos, não sozinhos
    E sem uma gramática maravilhosa.

    Cria-se texto bom e bem ruinzinho
    Cria-se história veraz ou mentirosa
    Há escritores e estranhos no ninho
    Em geral com atitude mui corajosa.

    Então vamos analisar com carinho
    Aqui só existe muita gente curiosa
    E não misturemos água com vinho
    Pois não temos escritores em grosa.

    Não nos coloquem num pelourinho,
    Existe apenas um Guimarães Rosa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Jair, obrigado pela visita poética. Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  3. Texto maravilhoso...Mas quem não erra??
    Pena que ninguém se entenda, loool

    Beijo e uma excelente semana

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cidália, obrigado pela visita. Um abraço daqui do país da Copa. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  4. Amei ler aqui meu amigo Dilmar, bem assim, há erros gramaticais em todos os lugares, percebemos, mas mesmo quem percebe também erra vez ou outra não é mesmo?
    Eu procuro não errar, mas como dissestes, educação precária em um pais terceiro-mundista onde a Educação sempre ficou em últimos planos há que haver perdão!
    Abraços meu amigo sempre querido!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivone, obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  5. Meu querido poeta e amigo Dilmar, primeiro quero agradecer de todo meu coração teus comentários no meu último post (parece fim né? rs), fiquei lisonjeado, feliz, envaidecido por palavras tão maravilhosas que lá deixaste, muito obrigado...sempre oportunos teus poemas, o grande escritor portugues Jose Saramago (que Deus o tenha) disse uma vez que a internet era maravilhosa porque tinha muito mais gente escrevendo e ao mesmo tempo, tanta gente escrevendo mal, bem, o que ele disse faz sentido, mas errar não é humano ? então. Nossos governantes simplesmente deixaram a Educação nas mãos de empresários e não professores, a Educação neste país é vendida nas faculdades particulares que se proliferam feito erva daninha...
    dói ao pensar nisso, estão nos emburrecendo, pois é mais fácil dominar um povo burro. Naõ gosto de perceber erros depois que postei, acho que ninguém gosta, mas estamos, estou sempre aprendendo, e tem um pouco de transgressão nisso. É muito fácil, na net, sair detonando todo mundo, ficar escondido atrás de um teclado e de um nome nem sempre verdadeiro, assim é fácil, quero ver ajudar ao invés de criticar, daí não tem ninguém...no comentário do teu comentário no meu post já citado, digo de tua influência literária sobre mim, sobre o que e como escrevo desde que te conheci aqui, tua visão crítica colocada desta forma poética, nos dá uma leveza, uma possíbilidade da dor ser menos dolorida, mais suportável. Meu caríssimo poeta Dilmar, muito obrigado por existires, por poetar, por ser meu amigo, por nos oferecer este blog tão necessário.
    ps. Todo o meu carinho meu respeito e meu abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro Xará,
      Concordo plenamente com teu comentário, exceto "que Deus o tenha" a respeito de Saramago, ele era ateu como eu. Abraços, Jair.

      Eliminar
    2. Amigo Jair Machado, muito obrigado pelo comentário e muito obrigado pelas palavras carinhosas para comigo. Um abração. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
    3. Não sabia que Saramago era ateu (ignorância minha), de qualquer forma eu acredito em Deus e é minha maneira ao tratar com os mortos, quando os cito. De qualquer forma obrigado amigo blogueiro e xará JairClopes. Carinho respeito e abraço.

      Eliminar
  6. Meu caro amigo Dilmar, gostei do seu texto e concordo com você !!! Digo que a internet é um tabuleiro,cada um escreve do jeito que sabe, desde que se faça entender, infelizmente temos que respeitar as dificuldades de alguns !!!
    Abraço
    Clarice

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Clarice, obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  7. Boa noite Dilmar.
    Um texto corretíssimo, cada qual tem autonomia de se expressar da forma desejada,e como o seu grau de instrução permite, eu tenho graveis erros gramaticais, e de pontuação então rsrs, mas consigo ser entendida, e sou uma empresaria muito bem sucedida,imagine no virtual,erros sempre acontece.
    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mirtes, obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  8. Amigo Dilmar, odeio pessoas pretensiosas, maldosas, invejosas que, não sei por que, resolvem não só corrigir, como você diz, mas deixarem coisas nos blogs dos outros no anonimato - em nome de terceiros. Mas anônimos têm IP. Não existe crime perfeito. É falta do que fazer? Não acredito, deve ser algo patológico. Mas não é só comigo, constatei isso faz poucos minutos, uma blogueira irritadíssima com tal perseguição.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Tais, obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas uma tarde.

      Eliminar
  9. DIFÍCIL DILEMA
    sabe amigo o que é que você fez
    o transformou num lindo poema
    voltarei a lê-lo outra vez.

    As difíceis coisas,
    em possíveis se podem transformar
    umas mais outras menos boas
    mas que todas saibam amar...

    Não podem ser cometidos erros,
    gramaticais diz você, pensa nisso
    mas há no mundo tantos exageros
    tiram ao pobre para deram ao rico!

    E por agora está tudo dito,
    com a copa tenha um bom dia,
    um abraço para você amigo
    daqui da Póvoa de Santa Iria.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Eduardo, obrigado pela visita poética. Um abraço daqui do sul do Brasil. Contagem regressiva, falta 16 dias para abertura da Copa. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  10. Nosso idioma é muito dificil, aprendemos o básico diante das variedades de palavras. Eu acho que deveriamos nos empenhar mais, mas com o tempo vamos nos perdendo e até esquecendo por falta de prática. Mas, eu gosto que me ajudem quando erro, pq dentro de mim sinto um pouco de vergonha de não dominar a nossa lingua por ser tão dificil tantas regras ortográficas e tal...mas no fundo queremos como poetas saber mais é da mensagem passada, pq dessa vida meu caro Dilmar, não levamos letras e sim o que vivemos...obg pela visita sempre meu amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Simone, obrigado pela visita. Realmente não fácil dominar nossa língua. Um abração. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  11. Adorei seu texto Dilmar!
    Esse autor,em vez de está criticando as pessoas,teria que criticar o nosso governo,que não dá condições para que isso não aconteça.
    O Português brasileiro,ele confundi muito!
    Bom dia amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo, amiga Nelma. Um abração. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  12. Amigo Dilmar, essas colocações demonstram sua sensibilidade em forma de poema. Na verdade, o que se pode exigir do povo, como bem diz vc, se nossa educação vai de mal a pior? Querem tirar o pouco que nos resta, que é a liberdade de expressão. Muita paz!

    ResponderEliminar