sexta-feira, 23 de maio de 2014

VELHOS POEMAS

Muitas vezes surge-me a sensação
de que não há mais nada a dizer
por que toda a poesia já foi dita
Parece que os versos que eu escrevo
são cópias de antigos  poemas;
plágios dos poetas que  partiram...
Mesmo assim a teimosia me impele
a derramar garatujas pelas páginas
que encontro pela estrada à revelia...

25 comentários:

  1. Existem sempre palavras diferentes.Gostei de ler.

    Bom fim de semana, beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cidália, obrigado pela visita. Um abraço daqui do país da Copa. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  2. Velhos vates

    Existe aqueles que vieram antes
    Que se tornaram vates imortais
    E há nós, os menos importantes
    Que os vamos seguindo lá atrás.

    Entretanto ao voltarem pro além
    Deixaram na terra um lugar vago
    Assim novos vates estão também
    No próprio caminho de Santiago.

    Portanto vou eu compondo odes
    E com os outros não me importo
    Que cada faça tudo quanto pode
    E cheguem todos a seus portos.

    Formemos, se o céu nos acode
    A sociedade dos poetas mortos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Jair, obrigado pela visita poética. Um abraço. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  3. Ah! meu querido Dilmar, nunca deixe de escrever, teime sempre. Tanto já foi dito, tantos poemas já escritos, mas cada qual tem a sua maneira, como uma impressão digital.
    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elzinha, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  4. E não desistas nunca, meu amigo. Tu escreves divinamente!
    Que continues sempre com estas belas inspirações.
    Maravilhoso final de semana!
    Abração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ilca, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma semana abençoada.

      Eliminar
  5. Olá, bom dia.
    E chegamos ao fim de semana. Com saúde, paz espiritual. uns com os seus desejos, outros com as suas manias, e outros sem desejos e sem manias. Mas, o importante, é que atravessamos, mais esse mar de nuances, vivos.
    Que o Criador, tenha sempre compaixão de nós. Precisamos.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo José, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma semana iluminada.

      Eliminar
  6. É que por vezes os sentimentos em um é similarmente (não sei se essa palavra existe rsrsrs) com o de outros... é a vida. Por isso, continue sim escrevendo querido, bjus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Nádia, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um linda semana.

      Eliminar
  7. As palavras surgem do coração e produzem vida.
    Gostei muito dos seus textos e já estou te seguindo.

    Abraços

    Carlos Hamilton
    www.mesadeconversa.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos, obrigado por seguir este modesto espaço. Um abraço. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  8. Lindo domingo!
    Muitas vezes eu me vejo assim como descreve seu poema.
    Porem quando fico sem escrever
    uma laguna se ergue
    e não posso quase nem ver ou sentir o mundo ao meu redor.
    Escrever é meu enlevo, minha possibilidade de
    plenitude.
    Bjins e meus sonhos e delírios
    CatiahoAlc./ReflexodAlma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, eis nossos dilemas, nossas angústias...
      Obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma semana maravilhosa.

      Eliminar
  9. Conheço essa sensação. Mas a Poesia não tem limites e o dito por nós hoje é sempre entendido de modo diferenciado por outros, amanhã.

    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Lídia, obrigado pela visita. Um abraço daqui do país da Copa. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  10. Todo poeta ou não,tem esse mesmo problema.
    Nunca desista do que gosta!
    Adoro ler o que tu escreve.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Nelma, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  11. La rebeldia del poeta ante los sentimientos.

    un abrazo

    fus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fus, obrigado pela visita. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  12. Querido Dilmar,
    Hoje, passando para te desejar uma boa semana, regada de bênçãos!
    Gostei de reler o teu poema.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Ilca. Um abração. Tenhas uma semana iluminada.

      Eliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar