A minha Lista de blogues

quarta-feira, 7 de maio de 2014

NOTICIA DE JORNAL

Aconteceu em Passo Fundo, em janeiro deste ano.


Após diversas invasões
da dupla de larápios
à casa paroquial
o Sacerdote decidiu
adicionar à reza
uma dose de ação laica.
Comprou uma arma,
a registrou
e ficou na defensiva.
Não demorou muito,
 os gatunos voltaram
convictos de sucesso,
entretanto desta feita
o tiro saiu pela culatra,
por que o Reverendo sacou
o berro da batina
e mandou fogo na bunda
dos meliantes.
Passado o alvoroço
causado pela gritaria
dos ladrões em fuga,
o padre explicava à policia,
que nunca aparecera antes:
eu não queria matar ninguém,
mas apenas enxotar esses vadios,
inclusive benzi a munição
antes de usá-la!

13 comentários:

  1. Templo sagrado

    Porque adoração a deus determina:
    Amar a todos sem qualquer limite
    Amai uns aos outros até na China!
    Estendamos ao incréu esse convite.

    Mas no interior desta casa sagrada
    Onde quem celebra também é santo
    Não se vai tolerar nenhuma cagada
    E quem o fizer se verterá em pranto.

    Então padre, sacristão e coroinha
    Aqui estão em meditação profunda
    E jamais esperam ação mesquinha.

    Clima santo de segunda a segunda
    Que ninguém aqui ouse sair da linha
    Porque se o fizer leva tiro na bunda.

    ResponderEliminar
  2. Amigo poeta Jair, obrigado pela replica. Gostei muito. O soneto está excelente, mas os tercetos são perfeitos. Um abração.

    ResponderEliminar
  3. Meu Bom e Querido Dilmar,te ler é sorver luz e girassóis,amamos vc,irmão querido!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigos Ricardo e Regina, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenham um lindo fim de semana.

      Eliminar
  4. Dilmar, não conhecia o fato. Certamente, não voltarão à casa paroquial. O que se nota é o comportamento da polícia. Enquanto o sacerdote foi vítima, permaneceu inerte. Bastou que se defendesse e logo apareceu. O sacerdote foi muito cuidadoso (rss), orou e ainda benzeu a munição. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Marilene, o fato aconteceu aqui no interior do estado, na cidade de Passo Fundo. Fiquei sabendo do episódio de forma aleatória, agora há poucos dias ao folhear jornais velhos, meus olhos se deparam com o episódio relatado na edição do Correio do Povo de 14 de janeiro de 2014.
      Obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  5. Dilmar Gomes, agradeço a sua visita.
    E palavras em minha página.
    Tenha uma excelente semana.
    Um grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Lu. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  6. Obrigada pelo carinho da sua visita
    desejo um feliz dia das mães .
    Dilmar fico feliz com sua visita meu amigo
    azia uns dias que não postava .
    minha cabeça anda fervendo estou fazendo muitos exames amigo
    isso deixa a gente sem coragem.
    Feliz Domingo das mães abraços..Evanir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma semana abençoada.

      Eliminar
  7. Até paciência de padre tem limite.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cadinho, obrigado pela visita. Volte sempre que quiser. Um abraço. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  8. Não sei se é um conto ou fato real. O certo é que os ladrões não respeita nem as igrejas. Ah, obrigado pela visita.

    Abraço

    ResponderEliminar