quinta-feira, 5 de junho de 2014

O TEMPO

Minha relação com o tempo
tem-se se alternado no percurso
desta minha quase longa
caminhada nesta existência.

Lembro-me de que lá atrás,
na época do faz-de-conta,
pensava que o meu tempo
era de magnitude infinita

Entretanto, de repente, o espanto:
pessoas à minha volta morriam.
Então, nada era para sempre,
havia uma espada aparando o tempo.

Bem mais tarde conclui,
que o tempo era uma metáfora;
um artifício criado pelo homem
para medir nosso deslocamento no espaço.

Hoje já não sei se o tempo
é manipulação, fantasia,ficção
ou uma curva retilínea se deslocando
entre a imaginação e o porvir...


45 comentários:

  1. O tempo não pára não,
    de crescente a contagem
    com uma flor na mão
    fica mais perfeita a imagem!

    Pois, pois digo eu, obrigado!
    amigo Dilmar, aí do país copa irmão
    onde o mundial vai ser realizado
    Viva a vossa e a nossa selecção!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vivas as nossas seleções, amigo Eduardo. Um abração. Tenhas uma boa tarde/noite.

      Eliminar
  2. Implacável

    Pois é, o tempo não apenas flui, mata
    Ele é mortal portanto não o subestime
    Absoluto, vai caminhando sem errata
    Estabelecendo para todos um regime.

    O tempo não se preocupa com gente
    Pessoas são como peças de xadrez
    Porque ele as comanda simplesmente
    Sem que ninguém sobre ele tenha vez.

    E vai o tempo ceifando nossas vidas
    Frio, sem piedade ou arrependimento
    E enquanto praticamos nossas lidas
    Vai nos corroendo afirmativo e lento.

    O tempo seria contrário ao rei Midas
    Tudo que toca transforma em vento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo poeta Jair, obrigado pela bela réplica poética. Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  3. Simplesmente Maravilhoso

    Deixo cumprimentos e um abraço de Portugal
    **********************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ricardo. Um abraço daqui do país da Copa. Tenhas uma boa tarde/noite.

      Eliminar
  4. Boa tarde Dilmar Gomes

    Simplesmente fantástico!! Todos temos o nosso tempo..

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Cidália. Um abraço daqui do país da Copa. Tenhas uma boa tarde/noite.

      Eliminar
  5. O tempo é de facto um tema que muita tinta já fez correr. Aqui mais um bonito momento. A infância é o tempo em que somos eternos, depois, nunca mais...

    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Lídia, obrigado pela visita. Um abraço daqui do país da Copa. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
    2. Amiga Lídia, obrigado pela visita. Um abraço daqui do país da Copa. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  6. Há quem diga ser o tempo ilusão.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cadinho, obrigado pela visita. Volte sempre que quiser. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  7. No tempo sem tempo...
    no mundo a gente a correr
    há tanto descontentamento
    porque tanto nos fazem sofrer!

    A copa está chegando,
    A uns agrada, a outros não
    De alegria uns estão cantando
    Outros para comer não tem pão!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Eduardo, obrigado pela visita poética. Um abraço daqui do país da Copa. Contagem regressiva: falta 03 dias para a abertura da Copa. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  8. Amigo Dilmar, também não sei " se o tempo
    é manipulação, fantasia,ficção
    ou uma curva retilínea se deslocando
    entre a imaginação e o porvir...", só sei que achei linda a reflexão poética, como sempre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eva, obrigado pela visita amiga. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  9. É muito interessante como o tempo vai adquirindo novos olhares da gente a medida que vamos passando os dias.
    Isso é mágico, meu amigo...
    isso nos faz renovar e nunca parar... vamos sempre em frente com o tempo.
    Um abraço!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Malu, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  10. Lindo texto, meu amigo.
    Bom fim de semana!
    Grande abraço, Mari.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mari, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  11. Querido, quem sabe o tempo é um pouco de tudo que escreveste....Bjus e lindo final de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nadia, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  12. Oi Dilmar querido



    Fiquei muito feliz com tua visita e grata por sobrar um tempinho pra mim.

    Adorei o poema.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ani, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  13. O tempo é esse estar, sentir que o Homem teima em medir.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pérola, obrigado pela visita. Um abraço daqui do país da Copa. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  14. Adorei perceber o tempo
    como metáfora!
    É bom não saber exatamente
    como o tempo
    é classificado.
    Lindo fim de semana querido Dilmar.
    Bjins
    CatiahoAlc./ReflexodAlma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catia, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  15. Olá, Dilmar Gomes, tudo bem ?
    O tempo, é um tempo de interrogação.
    Desejos, de um bom fim de semana.
    Paz, saúde e paciência sobre tudo, afinal, nesta correria em que a vida transformou-se, é o humor, que seduz a alma e faz acontecer.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo José, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  16. É preocupante esse 'tempo'... no início não se preocupa muito com a gente, mas chega um momento, ao longo da vida, em que há um enlace sintomático: nós nos preocupamos com ele e ele se preocupa demais conosco, até o dia em que enche o saco e acaba com tudo!
    Abraços, amigo Dilmar, bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, amiga Tais, o tempo... Alguém já se referiu a ele assim: "Tempo nosso carrasco e nosso salvador"
      Obrigado pela visita. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  17. O tempo

    O tempo, entidade fria, arrogante
    Segue em frente, não olha para trás
    A ele não importa o que o homem faz
    Só lhe interessa continuar adiante

    Saber sobre o mundo não lhe apraz
    Se nascem tantos ou morrem quantos
    Ou eventos que ocorrem nos cantos
    Se o homem é produtivo ou incapaz

    Ao tempo essa vida não incomoda
    Desde quando se descobriu a roda
    Pois ele no Planeta é sobre humano

    E comanda seus pupilos do espaço
    Com os quais não possui sequer laço
    Pois se comporta tal um soberano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo poeta Jair, obrigado pela visita poética. Um abração. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  18. Amigo Dilmar, cada dia admiro mais sua criatividade e facilidade em expressar ideias tão ricas e atuais. O tempo realmente é uma incognita.
    Quanto ao seu comentário em meu blog, o Roosevelt Andolphato Tiago, não é um poeta mexicano, penso que vc se confundiu. Ele é brasileiro e fala sobre comportamento humano, em especial sobre a queixa, sob foco espírita. Muita paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Denise, obrigado pela visita e obrigado por corrigir meu equívoco. Um abração. Tenhas uma semana abençoada.

      Eliminar
  19. Belo texto, meu amigo! Uma importante reflexão sobre a passagem do tempo nas diferentes etapas de nossa vida.
    Obrigada de coração pelo teu apoio constante e pelas palavras reconfortantes que sempre deixas para mim. Quero te dizer que eu também me solidarizo contigo, pois sei a saudade imensa que carregas dentro do peito, pela ausência física do teu amado filho. Te envio muita força, muita energia positiva e meu abraço forte.
    Bom final de semana, querido Dilmar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ilca, obrigado pela amizade que tens para comigo. Um abração. Tenhas uma semana abençoada.

      Eliminar
  20. Um poema que através de metáforas nos fala sobre o Tempo, figura tão presente em nossa existência, mas que passamos a sentir mais e mais conforme vamos tomando consciência da realidade de nossa vida, conforme vamos amadurecendo e nos analisando de forma sincera, levantando os véus, gostei muito de teu poema, abraços Luconi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luconi, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  21. Bom dia, Dilmar
    falar sobre o Tempo nos força a fazer várias reflexões, pois como você registrou ele se faz conhecer através de metáforas, o que nos faz pensar , será que ele existe ou é uma maneira que encontramos para limitar nossas ações dentro de um tempo que só ele conhece.Excelente seu poema. Tenha um ótimo domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marli, obrigado pelo comentário. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  22. Olá Dilmar,
    Belo poema, o Tempo evoca-nos às emoções mais profundas. E sim, tem razão quando menciona que houve altura em que você/nós o julgamos de "magnitude infinita", mas foi curto esse tempo de ilusão, cedo chega a constatação de que o tempo é curto, como tão bem me ensinou minha mãe: "o tempo urge" e tão bem nosso querido José Wilker num personagem seu lembrava que "o tempo ruge", ruge, e de que maneira, ao nosso ouvido, lembrando-nos que hoje, já temo-lo menos que ontem, e que a qualquer momento perdemo-lo de vez e nem temos tempo de dar por isso.
    E na morte ao nosso redor é que essa certeza se crava mais em nós, nos atormenta, aflige, devora a alma.

    Abço amigo
    Carmem

    ResponderEliminar
  23. Bom dia, Dilmar.
    Sinto não poder me dedicar inteiramente a ler poesias e publicar meus fragmentados fatos...coisas do tempo? Não, questão de sobrevivência.
    Bom mesmo pra mim é viver o tempo e não passar o tempo, muito menos, "matar o tempo" expressão antiga que graças à Deus não ouço mais...
    Grande abraço amigo
    Sandra May

    ResponderEliminar