segunda-feira, 2 de junho de 2014

O TURISTA

Já vi gente
portando desenhos
de Jimi Hendrix,
Marilyn Monroe,
Raul Seixas,
Jesus Cristo,
Buda,
Krischna,
Alex Crowley,
Rasputin;
famosos, santos, folclóricos...
Também vi desenhos
de Dragões,
Jaguares,
Pumas,
Cobras,
Cactos;
motivos ecológicos...
Mas a figura que vi ontem
com um turista que chegou
aqui para ver a Copa
chamou-me a atenção.
Ainda não havia visto ninguém
 conduzindo uma árvore.
Era uma frondosa árvore
contendo no centro
um ninho de palha
de onde levantava voo
uma pombinha branca...
O rapaz fazia força para disfarçar
o frio que sentia
em virtude do clima da tarde
mas necessitava estar seminu
para mostrar a árvore
tatuada às costas...

24 comentários:

  1. Boa tarde Dilmar Gomes

    Interessante realmente.. não teve oportunidade para uma foto???

    Gostei de ler.

    Tenha uma excelente semana,

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Amiga Cidália, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do país da Copa. Contagem regressiva: falta 10 dias. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  3. Muito interessante, Dilmar... o ser humano de uma certa forma, gosta de compartilhar com os demais, aquilo que acredita... o rapaz deve ter sentido muito frio, já que dizes que por aí está soprando um vento um tanto frio... boa semana, amigo, um abraço,
    Valéria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Valéria, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  4. Tenha uma excelente semana Dilmar G.
    Agradeço sua presença em minha página.
    Um grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luciene, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  5. Muito legal!
    Mas faltou a foto do rapaz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é amiga Ana, faltou a foto! Um abraço daqui do sul. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  6. Valores

    Homens demonstram o que gostam
    Quando o fazem em suas camisetas
    Suas preferências e gostos mostram
    Em seus crachás, desenhos e targetas

    Hendrix, Seixas ou um outro cantante
    Nas roupas em evidência pois estão
    Para serem lembrados todo instante
    Então ocupam lugar em um panteão.

    Entretanto, aviso, nunca se espante
    Há que os nossos valores considerar
    Se na pauta pode haver um sonante
    Vai aparecer a figura em todo lugar.

    Mas se coisa bem pouco importante:
    Árvore? Esta jamais ocupa um altar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo poeta Jair, obrigado pelo réplica poética. Um abração. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  7. Gostei desse poema Dilmar, super interessante e para pensar muito hehe. Beijos uma excelente semana, obrigada por sua visita, será sempre bem vindo.
    Josy

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Josy, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  8. Dilmar,
    O coitado do rapaz fez uma tatuagem com a intenção de dar o seu recado, com uma pombinha da paz, nas costas. Aqui no RS, no sul do país tropical, a coisa não é bem como ele pensava..., Segundo o Cléo Kuhn, o frio vem para valer... No entanto lembrei da conhecida frase que diz..."ajoelhou, tem de rezar"! Fez, tem de mostrar - segundo ele. Então que Deus o proteja!
    Um abraço, e uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso ai amiga Tais, a pombinha da paz! Vi o cara de longe nem sei se a tatuagem era realmente uma árvore (parecia ser), mas a pombinha sim, era evidente. Fiquei emocionado, pensando, nem tudo está perdido, se ainda existe a barbárie, também há gente abnegada, preocupada com a paz e isso merece ser falado. Eis a minha pequena, pequeníssima, contribuição pela causa do bem.
      Um abraço. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  9. interessante e uma visão do real que parece ficção...

    :)

    ResponderEliminar
  10. Pois é, por vezes realidade e ficção se confundem...
    Obrigado pela visita. Um abraço daqui do país da Copa. Contagem regressiva: falta 9 dias. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  11. Olá Dilmar,
    sempre há os que querem nos passar uma mensagem , mesmo sendo subliminar, porém poucos sabem como fazê-lo sem sofrer alguma consequência.Quem sabe com o frio insuportável , ele desista mesmo sendo pela paz. Gostei do seu poema. Grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marli, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  12. Olá Dilmar
    Enfrentou o frio mas creio que alcançou seu objetivo. As pessoas observaram o que pretendia mostrar. E claro puseram -se a refletir sobre a inusitada atitude.
    Um carinhoso abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Gracita, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  13. Adorável poeta Dilmar,
    gente que tem objetivo
    sempre merece ser notado.
    Louvável esse seu
    registro.
    Estou te aguardando na
    minha casa nova
    de poesia.
    Vem me ler?

    Bjins
    CatiahoAlc./ReflexodAlma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catia, obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  14. Meu querido poeta Dilmar, a sensibilidade que te aflora nos brinda com estes belos poemas, já te falei dessa maneira toda tua de cronicar poesia rs, mas é pura sensibilidade, és um espírito muito especial, pois tu não apenas diz, nos mostra, nos chama atenção para coisas importantes da vida, como árvores, pombos da paz, que é o que se quer, e tudo meu amigo, dentro de uma poesia, quando digo que o mundo será salvo por poesia, não te conhecia ainda, agora, tenho certeza que iniciou a salvação do mundo, com tua rica e oportuna sensibilidade poética. Obrigado meu amigo e poeta Dilmar.
    ps. Meu carinho meu respeito e meu abraço.

    ResponderEliminar
  15. Amigo Jair, obrigado pelas palavras amigas e pelo carinho demonstrado. Um abração. Tenhas um ótimo dia.

    ResponderEliminar