segunda-feira, 18 de abril de 2016

SE CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR O BICHO COME!

Abacateiro produz abacates
Dinheiro não dá em árvore
Vaca bipolar não dá leite
Políticos não vêm da lua.
Acho que não há solução
para os problema criados
pela camarilha raivosa
que governava até ontem.
O presente é nebuloso,
 o poço mostra o fundo
outra camarilha sucede
a troupe  que desgovernava
Sai o farrapo entra o roto
e tudo continua como dantes
no quartel de Abrantes.
Apesar da troca de turno
trocaram apenas os nomes
porque a turma da safadeza
continuará a roer o osso.
Mas a esperança não morre
talvez num futuro distante
em todos estado federativos
criem-se repúblicas de Curitiba
e os "Moros" não fiquem de mão atadas.
Mas nada acontece por acaso
e por hora é o que temos.
Talvez nas próximas existências
encontremos a casa menos suja.


21 comentários:

  1. Assim me sinto caro amigo e poeta Dilmar, o pior de tudo não é o fica não fica, é o continuísmo da porcaria de de governo, de administradores da coisa pública que temos. Se votamos errado ? Não. votamos enganados, ouvi isso outro dia e achei bem coerente, porque assistindo a votação percebe-se que as criaturas eleitas por nós pareciam crianças bobas numa aula sem professor., e ver aquele senhor comandando tudo na presidência da mesa é vergonhoso. A Dilma fez bobagem, muita bobagem e deve sair, mas porque tem de ser assim, porque passar o bastão para outra corja que só quer se aproveitar e roubar o que resta até a próxima eleição. Gostaria que chamassem eleições gerais e estes profissionais da política deveriam estar fora, acho que só assim renovaria a política e os políticos brasileiros. Enquanto isso: "é o que temos.
    Talvez nas próximas existências
    encontremos a casa menos suja."
    Meu caro amigo diante de tantas opiniões sobre a atual situação do nosso país, aqui encontrei uma que se não é como penso exatamente, é a mais lúcida e coerente. Valeu pelo post.
    ps. Carinho respeito e abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo Jair Machado, disseste que: aqui encontrei uma opinião que se não é como penso... Pois, então, meu caro, o nosso lendário Gaspar Silveira Martins já dizia: "Ideias não são metais que fundem".
      Amigão, obrigado pela visita, obrigado pelo comentário. Um abração. Tenhas um excelente feriado.

      Eliminar
  2. Um texto muito bom!

    Beijinhos e uma excelente semana

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Cidália, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda quinta-feira.

      Eliminar
  3. Amigo Dilmar, bem dissestes, quem sabe nas próximas existências encontremos a casa menos suja, pois nada mudará, só será trocado os que "sujaram" pelos que "irão sujar", que pena que é assim, que pena, pois o Brasil não é País pobre como disse o tal que sucederá a presidente, se fosse pobre não teria tantos se digladiando para pegar o quinhão que se acham no direito de fazê-lo, repito mil vezes, que pena que é assim!
    Abraços amigo Dilmar, gostei de ler aqui, sua lucidez e coerência é coisa rara!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é cara amiga Ivone, sabemos que este momento difícil passará, ainda que demore, ainda que o tempo passe, entretanto, tudo é transitório, passageiro, fugaz...
      Obrigado pelo comentário. Tenhas um ótimo feriadão.

      Eliminar
  4. pois é, Poeta:- caos tem um plano desde sempre...


    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Margoh, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite e um ótimo feriadão.

      Eliminar
  5. Meu caro amigo,
    Eu, vendo de longe, também já, desde o início, me tenho visto assolada por essa cruel dúvida. Hoje em dia, a vida política de qualquer país é gerida por um bando enorme, uns directamente, outros indirectamente, depois, associam-se uns outros, que nem ao diabo lembra, e quando vamos ver, não há um, nem dois, mais centenas de envolvidos numa teia corrupta de que não se vê ponta. E por fim, os que haviam de desembaraçá-la são, também eles, corruptos ou, de alguma forma, passam a ser por n razões. Ufa.
    Quem nos vale? Acho que agora não é escolher o melhor, mas o que é menos mau. E mesmo assim...
    Você, com tanta mestria, fez da tragédia, um poema de aplaudir de pé.
    Abç amg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois cara amiga Carmem, política deveria ser uma arte nobre e bela, deveria sinônimo de doação, missão, entrega do ser em prol do bem comum, entretanto, são raríssimos os políticos altruístas, desapegados, abnegados, magnânimos..
      Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.


      .
      a

      Eliminar
  6. Uma casa menos suja, é o que se espera...
    Um bj querido amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Gisa, um dia a casa ficará limpa ,mas, muito provavelmente não a veremos assim nesta existência. Obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um ótimo feriadão.

      Eliminar
  7. Tomara que seja!

    Chega deste país ser esta imunda cloaca
    Onde petês, sarneis, malufes e barbalhos
    Deglutem do melhor e despejam sua caca
    E poder e roubo se encontram em atalhos.

    Onde pobre carrega o piano e leva pataca
    E quem leva grana nem se dá a trabalhos
    Enquanto vai pro brejo a proverbial vaca
    Sem sequer separando alhos de bugalhos.

    Agora temos Moro que distribui sua justiça
    Que pega ladroagem pelo grosso do rabo
    E na petezada os seus cachorros ele atiça.

    Falta ainda Luladrão esse coliforme brabo
    Que rouba e diz, só eu presto nesta missa
    Mas vai fugir do Moro como foge do diabo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo poeta Jair, precisamos de 10 Moros, 100 Moros, 1000 moros...
      Um abraço. Tenhas um ótimo feriadão.

      Eliminar
  8. Boa noite Dilmar.
    Uma das melhores palavras que leio, sobre esse absurdo. Certíssimo meu amigo. Eu e a minha filha indignada e um irmã minha aplaudindo, para ela Dilma sair é uma vitoria, ate queria que ela sai-se mais entregando a pessoas da mesma laia ou pior ainda. Que horror. Uma feliz semana. Enorme abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara brava, guerreira, amiga Mirtes. Obrigado pela visita. Realmente o quadro nacional é crítico. Um abração. Tenhas um lindo feriadão.

      Eliminar
  9. Novo record brasileiro
    O “Guiness Book” registrou o maior lançamento de cuspe a distância:
    Na câmara federal, um deputado cuspiu da extrema esquerda e conseguiu atingir a extrema direita no plenário.

    ResponderEliminar
  10. Dilmar,
    Acho que tu tens razão em quase tudo, mas também acho que faltaram alguns nomes até chegar ao nosso herói Sérgio Moro, são eles: Roberto Jefferson, nosso herói-bandido, que teve a coragem de denunciar o Mensalão, e o nosso outro herói, o Ministro do STF, Joaquim Barbosa, que detonou os ladrões do PT.
    Outro ponto de vista, que tenho: acho que não se trocam apenas os nomes (embora concorde que não são honestos inquestionáveis os que vêm com o Temer), pois uma coisa vai mudar, para melhor, qual seja, a ausência do PT no governo (votei no Lula na primeira vez); o PT tem a astúcia criada por Lênin, seguida por Stalin e muitos outros comunistas, incluindo o Fidel, da miserável Cuba, estes não terão mais voz no Governo que entra.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeitamente, meu caro amigo, quem pegou o fio da meada foi realmente o Jefferson, e o Jaoquinzão foi o pioneiro em vasculhar os meandros da sujeira. Realmente o pt segue a cartilha comunista...
      Um abraço. Tenhas um bom feriadão.

      Eliminar
  11. Pois é, amigo Dilmar, também já falei nisso, é um desacreditar enorme devido a maior corrupção do mundo; uma desonestidade em todos os cantos. Quando se pensa que pegaram o último moicano, pra surpresa sai mais um da Cartola... Coisa mágica!
    Também fui enrolada, votei no Lula, mas depois de 6 meses entrei na real e nunca mais. E faz anos.
    Mas o Brasil queria mudanças. Errei o meu voto de confiança, milhões também. Agora nos resta reconstruir a confiança no país, coisa difícil. Sei que não será tarefa fácil de acreditar na política do Brasil, terão de nos provar que o país tem jeito... E não será do dia pra noite.
    Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente, cara amiga Tais, ainda que a mudança venha, será de fato um processo lento. Necessário paciência.
      Um abração. Tenhas um ótimo feriadão.

      Eliminar