sábado, 17 de junho de 2017

O NOVO?

Nos  momentos críticos,
e são tantos,
da política nacional,
 surgem os "messiânicos"
propondo caminhos novos
através de percursos antigos
Grupos recentes, entre aspas,
propugnam-se
guardiões dos valores
que foram esquecidos
e jogados na lata do lixo.
Gostaria de saber de  onde procedem
estas vestais.
Será que vêm da lua?



























14 comentários:

  1. Acróstico

    Nada mais velho que as novas soluções
    O inovador é retrógrado, em geral
    Vendo-se, fala somente com seu botões
    Obtuso e messiânico a dar com pau.
    ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo Jair, obrigado pelo acróstico. Um abração. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  2. rss, mas como esperar o novo se os políticos serão os mesmos?
    Como fazer o novo se os objetivos serão os mesmos?
    Só voltando ao tempo e redescobrindo tudo! Não pode haver um resquício do passado...
    Abraço, amigo Dilmar, uma trégua do frio e chuva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, cara amiga Tais. A chuva foi rápida e veio o friozinho gostoso. Tempo bom para o nosso chimarrão. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  3. Não sei se vi o texto todo
    Para baixo tem um grande texto em branco.
    Do que vi, gostei!

    Beijo e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Cidália, realmente, ficou espaço grande em branco por falha técnica. Obrigado pela visita. Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  4. Oi Dilmar!
    ...Vai saber, pois, por aqui tudo é possível!
    Beijo carinhoso, bom domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Jossara, pela visita. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  5. Dilmar, gosto de teus textos inteligentes, muito bom, agora esperar o novo? Que novo? Só estão usando uma nova máscara, uma nova fantasia, para o próximo ato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado cara amiga Luconi. Bom quando nossos textos refletem o pensamento dos amigos da blogsfera.
      Um abração daqui do sul. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  6. Oi, Dilmar!

    Ah, adoro essa confusão filosófica que consegue despertar!...
    Ainda não cheguei a uma conclusão, haha...

    Beijos, boa semana! =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado cara Nadine. Muito bom! O objetivo dos meus posts, via de regra, é justamente convidar os amigos à reflexão sobre os temas em pauta.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  7. Risos...
    Meu amigo Dilmar o texto é bem reflexivo.
    O novo seria a solução porque estaria sem o vício do poder. Quando penso nessa política cheia de maracutaia e que vai só crescendo como bola de neve
    tenho minhas dúvidas quanto ao novo.
    Porque a quadrilha é imensa e um protege o outro.
    Pedir ajudas Deus? Naoadianta. Porque Deus não se envolve na escolha do homem.
    Desculpa a ausência estou fazendo mestrado e o tempo tá curtinho juntinho o trabalho
    mas vou visitando na medida do possível. Saudades de todos
    😘

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Fernanda, perfeito teu raciocínio; Deus forma o ser e permite a evolução, através de múltiplas existências, mas não impõe nem dispõe; entretanto, oferta o livre arbítrio, portanto tudo o acontece com os povos é resultado das atitudes, certas ou erradas, destes povos.
      Um abração daqui do sul. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar