quinta-feira, 2 de outubro de 2014

VEM PRA URNA

Faça um político feliz
elegendo-o a um mandato.
Não te escondas atrás
do voto branco,  do voto nulo.
Não faças essas coisas feias,
tu não és nenhum covarde.

É a única coisa que ainda te deixam fazer de graça,
por que então não aproveitar a oportunidade.
Portanto, arregaça as mangas, corre pra urna
e vote contente, vote de olhos fechados...

Esqueça a miséria a tua volta
isso não vai acabar mesmo,
Tu és um só e os problemas são tantos...
O candidato não é um inimigo.
Ele quer apenas se dar bem,
ganhar bônus, usufruir das mordomias,
se esbaldar nas maracutaias...


27 comentários:

  1. Seja quem for... é tudo farinha do mesmo saco.

    Beijo do Norte de Portugal
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  2. O voto é uma conquista do Povo. Devemos sempre votar respeitando a nossa vontade e intenção

    Deixo cumprimentos
    .
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Ricardo, obrigado pelo pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  3. Estou numa encruzilhada. Mas ainda acredito se trocar os políticos a cada mandato não haveria muito tempo para roubaria. Bem eles vão roubar, mas um pouquinho menos e quem sabe venha bons cidadãos e tornem esse país um lugar melhor para nossos netos. Bem dizem que o poder corrompe, alguns.
    Estou indo votar nesta eleição acreditando que vai vir pessoas melhores para comandar esse país maravilhoso que habitamos.
    Tenha um ótimo dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ana, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  4. Vamos às urnas!

    Aqui fazem do voto uma obrigação
    Pois esse sistema assim nos cobra.
    Vamos colocar político no panteão,
    Somos apenas massa de manobra.

    Por tudo isso fico feliz nesta nação
    O político no Planalto se refestela
    Enquanto falta rango para o povão
    E pobre raspa o fundo da panela.

    Vamos todos louvar a democracia
    Que retira o conforto das pessoas
    Para aos mandantes dar mordomia
    E a colarinho branco justiça perdoa.

    Mudar para Uruguai pois eu queria
    E viver muitos anos andando a toa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é amigo Jair, domingo a farra do boi terá prosseguimento. Obrigado pela réplica em alto nível.
      Um abraço. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  5. Vem pra urna, votar,
    com paciência
    escolher para governar
    com inteligência
    para o povo não passar
    fome nem carência!

    Quem é que irá ganhar,
    será o povo ou o eleito
    todos irão trabalhar
    para sustentar o perfeito?

    O povo brasileiro,
    no domingo vais às urnas
    escolher o perfeito
    não votem às escuras!

    Votar é um dever cívico, aqui em Portugal esse dever chegou com a liberdade acompanhado com a democracia graças à revolução dos cravos, na madrugada do dia 25 de Abril de 1974,
    desde dessa data sempre tenho e continuarei a votar. Foi um direito adquirido que jamais o desperdiçarei. Foi derramado muito suor e lágrimas , para que ele chegasse até nós. Muitos portugueses não sabem e nem tão pouco fazem ideia do que foi viver e sofrer os horrores da ditadura!

    Um abraço e boa sorte, amigo Dilmar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente amigo Eduardo, ditadura ninguém merece. Aqui a última começou em 1964 e acabou em 1986.
      Votar é obrigação, mas a maneira em as coisas estão condicionadas aqui no Brasil a palavra voto causa-me mal-estar, haja vista, políticos em todos os níveis receberem altos salários, desfrutarem de inúmeras mordomias e serem devotos da corrupção. Os problemas básicos como educação, saúde e segurança são olhados à distancia desde 1963, ano em que caiu o último presidente, preocupado de fato com o destino do Brasil, Sr. João Goulart, que veio a morrer no exílio.

      Eliminar
  6. Dilmar querido, vou exercer meu direito de não votar por está decepcionada com a política e os políticos. Domingo vou à praia e não às urnas. Depois pago a multa e está tudo certo. Bjussssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Nádia, o sistema político brasileiro está alicerçado na ilusão e na mentira.
      Um abração. Boa praia.

      Eliminar
  7. Que susto, amigo Dilmar, quando cheguei nas três últimas frases entendi a história! rsss Bom voto!! Não vai mudar nada mesmo!
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, amiga Tais.Um abração. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  8. OI DILMAR!
    TRISTE TER DE ADMITIR, MAS, ACHO QUE NÃO VAI MUDAR NADA MESMO, PRINCIPALMENTE SE FICAR COMO ESTÁ, MAS DAÍ, FAZER O QUÊ, MERECEREMOS!
    QUE DEUS NOS AJUDE NESTE DOMINGO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Zilani, realmente temos aquilo que merecemos. Fosse nosso mérito maior teríamos nascido na Suécia, na Dinamarca, na Finlândia, países onde os políticos são sóbrios, austeros, honestos e visam o bem comum.
      Um abraço. Tenhas um bom fim de semana.

      Eliminar
  9. Muito inteligente seu poema , Dilmar. E nós sabemos que nada vai mudar, só piorar.

    abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Lu, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  10. A ironia muito bem aplicada a este mundo mais político do que social onde o deus absoluto é o dinheiro, essa marca vil da incompetência das sociedades modernas.

    Lídia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente,amiga Lídia, falta patriotismo aos políticos.
      Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  11. É! É uma pena, mas é a verdade que expões em versos realista e inspirados. Fazer o que o quê, não é? Vamos às urnas!
    Abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. Amigo J R, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  13. Belos versos amigo Dilmar. Eu vou exercer meu direito de voto, mas infelizmente o povo brasileiro as vezes tem o governo que merece. Se formos analisar a fundo nosso cenário politico, creio que uma certa dose de culpa é do povo. Mesmo achando que não deveríamos ser obrigados a votar, pois afinal a cidadania é algo que deveríamos fazer por prazer em exercer e não se tornar uma obrigação, mas enfim, que seja lá o que Deus quiser. Bom final de semana com sua família. Bjos

    ResponderEliminar
  14. ¡Hola, Dilmar!!!

    Bravo por tus versos acertados y precisos y tiempo de votaciones; y con ese pizco de ironía que le queda muy bien.
    Esto de votar es es un deber ciudadano y cuantos más lo hagamos mejor, y buscamos siempre el mejo candidato... o lo que nos parece mejor. Pero eso es un juego como la lotería, nunca sabremos cual es el mejor. Seguro que hay alguno bueno que servía al pueblo con honradez, pero al llegar al grupo de lobos, no le queda otra que aullar como ellos.
    Suerte a todos los brasileiros, yo también tengo ahí mucha familia, de hace ya cien años, así que son más brasileiros que españoles. Pero que seguimos en contacto.

    Ha sido un placer pasar a leerte.
    Te dejo mi gratitud y mi estima.
    Un beso azul en vuelo. Feliz fin de semana.

    ResponderEliminar
  15. Pior é que é esse mesmo o cenário de nosso país. Isso é muito triste! Nos deparamos com políticos de carreira que, depois de eleitos, só irão lembrar-se dos eleitores após 4 anos. Difícil escolher em quem votar. Muita paz!

    ResponderEliminar
  16. Boa noite Dilmar.
    Não vou votar, mas espero que ganhe o mais honesto, corrigindo o menos desonesto rsrs. Um feliz domingo.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  17. Olá, bom tudo, para você
    Neste dia de sábado, doado-nos graciosamente pelo Criador, estou cá, com o sentimento de amizade, respeito e alegria, à saudar-te.
    Viva, o dom da Vida.
    Um abraço.

    ResponderEliminar