terça-feira, 24 de março de 2015

TEORIA E AÇÃO

Um dos homens mais religiosos que conheci
era ateu, pelo menos ele imaginava sê-lo.
Quando indagado sobre a seita pessoal
respondia: estou em pecado, não sigo nada.
Quando um sectário juramentado convidava-lhe:
meu amigo, vamos visitar a  casa do senhor
recebia a resposta/pergunta automática:
pra quê!?
Seu João praticava a religião autônoma
sem altar, sem tribuna e sem templo,
consubstanciada através da atitude positiva;
ação solidária direcionada aos necessitados.
Seu João praticava o Religare inconscientemente:
 após a labuta diária de trabalhador assalariado,
assava pães, à noite, em sua residência. Depois
 varava as madrugadas pelas ruas dos bairros pobres
distribuindo os pãezinhos entre os famintos da cidade


15 comentários:

  1. Texto interessante! Gostei de ler..

    Beijo e um dia feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cidália, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar
  2. Amigo Dilmar, fui criada sem religião, portanto o seu texto me diz muito, o Seu João vale muito mais em sua prática do bem do que muitos religiosos fervorosos.
    Amei ler, verdade isso, nada de teoria, pois o que importa mesmo é a ação!
    Abraços meu amigo sábio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivone, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas, sei que terás, um lindo dia.

      Eliminar
  3. O verdadeiro sentido do que Cristo nos ensinou, amar ao próximo como a si mesmo, fazer o bem sem olhar a quem, apenas pelo prazer de se sentir útil...o seu João do poema é um abnegado, não é possível, penso eu, abdicar de coisas que nos faltam, pior, faltará para quem amamos e temos o dever de proteger, mas isso não quer dizer que não possamos repartir, ajudar,estender a mão, dar apoio, um ombro amigo, ouvir, acho que já ajuda bastante...mas o trabalho desse João e louvável, Deus deve manter uma luz permanente sobre ele, um pouco mais forte do que a que nos protege. Sempre bom falar contigo meu amigo e poeta Dilmar.
    ps.Carinho respeito e abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Jair Machado, obrigado pelo comentário consistente, concordo integralmente contigo. Leste muito bem o objetivo do poema. Muito bom saber que pensas semelhante a mim em relação ao tema em foco.
      Um abração. Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
    2. Olá meu querido amigo, não resisti e vim aqui te dizer que li o comentário (hilário) no post Serpente e se puderes dá uma olhada no meu comentário do comentário rs. Saibas que é sempre um imenso prazer poder desfrutar de teus escritos. Carinho respeito e abraço.

      Eliminar
  4. Está é a verdadeira religião, o amor ao próximo.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, amigo Wanderley. Obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  5. Boa noite Dilmar.
    Quem diz amar a Deus e não ama ao seu próximo verdadeiramente não conhece a Deus esse é o meu pensamento, vale muito mais João com essas atitudes do que muitos religiosos . Estou fazendo uma brincadeira um Enquete, se possível gostaria de saber a sua opinião. Uma linda noite.
    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeitamente, amiga Mirtes. Obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma linda tarde.

      Eliminar
  6. Essa está boa demais,
    onde foi que aconteceu
    no telhado seis pardais
    um deles uma pena perdeu.

    Era ateu, não tinha tempo secalhar,
    de rezar um pai nosso avé Maria
    se lavantava antes do romper do dia
    para disttibuir a pãozinho
    a quem dele precisava para se alimentar
    era ateu, mas amava com amor e carinho!

    Muito bem amigo Dilmar, ainda há gente boa!
    Tenha uma bao tarde, um abraço.

    ResponderEliminar
  7. Obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  8. Mais uma prova contundente de que, religião deve ser praticada e não adorada...
    Brilhante texto, parabéns!

    ResponderEliminar
  9. Acróstico

    Religião só em comunidade se pratica?
    Em locais que reúnem-se os crentes?
    Ledo engano, seu João dá-nos uma dica
    Interrogue-se no seu imo, internamente.

    Grande é o universo de qualquer crença
    Inclusive nem a externar precise sequer
    O que não tem pecado não pratica ofensa
    Sabe-se infenso se boa conduta ele tiver.

    Deus está onde o colocamos exatamente
    Assim não o procure no interior de igrejas
    Deixe estar porque ele está na sua mente
    E certamente é bem melhor que assim seja.

    ResponderEliminar