quinta-feira, 25 de maio de 2017

TRABALHO

Há alguns anos, uma empresa
pôs anúncios nos jornais
para preenchimento
de vaga de trabalho
com admissão imediata;
proposição de bom salário
mais vantagens adicionais
e em contrapartida pedia:
alguma prática funcional,
um pouco de escolaridade
e, sobretudo, desprendimento.
O segmento alistável
imaginou que se tratava
de algum produto novo
a ser lançado no mercado.
Todos os vendedores da cidade
passaram pelo recurso humano
da empresa contratante,
mas por largo tempo
 ninguém foi selecionado.
Um dia, a firma colocou à porta
aviso de que a vaga fora preenchida,
e em anexo a justificativa da procastinação:
os candidatos, embora virtuosos,
não convenciam, porque procuravam emprego
e aqui oferecemos trabalho.






18 comentários:

  1. Quem sem ter razão fala,
    para quê tanta preocupação
    se o trabalho nunca acaba
    mais depressa acaba o pão!

    Porque, a diferença sendo mesmo essa,
    quem procura emprego não quer trabalhar
    se tem cama, roupa lavada e comida na mesa
    não tem mesmo necessidade de se preocupar!

    Os empregos são para os filhos,
    o trabalho é para os enteados
    em segundo lugar para os amigos
    a nada têm direito os rejeitados!

    Tenha uma boa tarde caro amigo poeta Dilmar, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Eduardo, obrigado pelos versos de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  2. Acróstico

    Tenho gana de procurar o atalho
    Recompensado por um bom cascalho
    Apenas limpo, sem nenhum borralho
    Basta de sempre bancar espantalho
    Assim, caro amigo, eu logo talho
    Lida normal, que não me emporcalho
    Hoje ou amanhã, limpando assoalho
    Oh! Quero emprego mas não trabalho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo poeta Jair, obrigado pelo acróstico. Um abraço. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  3. Amigo Dilmar, muitos são os que procuram emprego, nem todos querem trabalhar de verdade!
    Assim vamos indo, tem uma frase que li, agora não me lembro bem de quem, diz mais ou menos assim,que se trabalharmos no que gostamos nunca precisaremos de férias, sentir a vida com todas as nuances é tudo de bom!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeito, cara amiga Ivone, trabalhar naquilo que se gosta é uma dádiva. Obrigado pela visita. Um abração daqui do sul (chuvoso). Tenhas, sei que terás, um lindo fim de semana.

      Eliminar
  4. Que texto maravilhoso!! Realmente muitos querem emprego (muitas vezes atrás apenas do dinheiro) sem priorizar o trabalho e a dedicação que envolve.
    Um ótimo texto, como sempre!!
    Um grande abraço, meu querido Dilmar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vanessa, obrigado pelas palavras gentis. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  5. Certíssimo, Dilmar!! Tenho uma diarista que segura seu emprego, não o trabalho...Já notei que no dia em que ela vem, trabalho mais do que ela, rss.
    Teu poema mostra uma verdade incontestável! São duas ações parecidas, mas que na verdade nada tem uma com a outra!
    Eu não tinha pensado nisso...
    Abraços, amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Tais, à primeira vista parece a mesma coisa, entretanto, são diversas, realmente. Obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma ótimo fim de semana. Teremos de sublimar a chuvarada, pois não tem outro jeito.

      Eliminar
  6. Bom dia
    Bom texto! O problema é que muitas pessoas querem é emprego e não trabalho! E eu quero trabalho e dizem-me que já sou velha...(54 anos). Sinto mais capaz que a juventude.

    Beijo
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Cidália, obrigado pela visita. Pois é, nós, que já passamos pelos 50 já não somos tão bem aceitos no mercado de trabalho.
      Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  7. Oi, Dilmar!

    Adorei o brincar com sentidos!... Temos tantos nomes, assim como vários significados!...
    O emprego dá pregos e o trabalho é pregar!...

    Beijos! =)

    OBS: Aqui em São Paulo está lindo, solzinho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nadine, obrigado pela visita. Um abração daqui do sul. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  8. Há coisas fantásticas não há?

    O sentido do texto é lindo. A maioria das pessoas procura emprego, NÂO trabalho. Pura e bela imaginação do autor/a do texto
    .
    Deixo cumprimentos poéticos
    Feliz fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Ricardo, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço da qui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  9. Oi Dilmar,
    O tema rende! Formar uma equipe de trabalho é complicado!
    Há uma falta de comprometimento absurda!
    Trabalho é para poucos!!!
    Feliz domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Jossara, obrigado pela visita. Realmente, o trabalho é para raros. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar