quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

NATAL

Li em algum lugar:
o evento do Natal
mexe com tanta coisa
e por consequência,
algumas pessoas se trasnformam,
outras permanecem tal como são.

Não sou Psicólogo
ou estudioso da Psique
nem moralista.
Sou apenas um curioso
que teve conhecimento
da postura de três indivíduos
num determinado Natal.

Aqueles homens nasceram
na mesma rua,
estudaram nos mesmos colégios
e trabalhavam na mesma empresa.

Eles tinham codinomes
que indentifica, em tese,
o jeito de ser de cada um.

O mais falante, o "Feliz"
preparou uma bela ceia
com muita comida
e muita bebida
e convidou muita gente.
A festa foi brilhante.
Quando o Senhor Tempo lhe perguntou,
porque fizera aquilo,
ele respondeu: Senhor, é Natal!

O mais contido, o "Excêntrico"
vestiu-se de branco,
leu toda a Bíblia,
jejuou a semana inteira
e na noite de Natal, se isolou
numa gruta.
Quando o Senhor do Tempo
lhe perguntou porque fizera aquilo,
ele disse:Senhor, é o nascimento de Jesus!

O terceiro, o "Distraido"
separou parte do salario
de cada mês do ano
e mais a metade
do décimo terceiro,
e comprou alimentos
e algumas roupas,
e na noite de 24 de dezembro,
saiu a distribuir
com os carentes,
que habitavam sob pontes e viadutos.
Então veio o Senhor do Tempo e lhe perguntou:
filho porque não ficaste comemorando o Natal
com os teus amigos?
O homem respondeu, Senhor, sinto que o Natal está no meu coração!

12 comentários:

  1. Lindíssima parábola, meu querido Dilmar!
    Mensagem maravilhosa, oportuna...
    Demais!
    Grata por este presente especial!
    Boas festas!
    Paz e Luz!

    ResponderEliminar
  2. Obrigado amiga Zélia, por sua visita permanente ao meu blog e agradeço também pelo comentário encorajador. Amiga, fiz esse poema inspirado num amigo espírita, que todos os anos, nos primeiros dias de férias, sai a distribuir com os carentes, coisas compradas com dinheiro economizado durante o ano, e, o mais incrivel é que eu fui saber disso, algumas décadas depois de conhecê-lo, pois ele praticamente não comenta com ninguém essa missão de amor. Nem sei como vou mostrar a ele, essa singela homenagem.

    ResponderEliminar
  3. Por minha grande falta de jeito, mas com o desejo de também partilhar o espírito desta quadra, partilho de Vitorino Nemésio, um outro Natal,

    «Percorro o dia, que esmorece
    Nas ruas cheias de rumor;
    Minha alma vã desaparece
    Na muita pressa e pouco amor.

    Hoje é Natal. Comprei um anjo,
    Dos que anunciam no jornal;
    Mas houve um etéreo desarranjo
    E o efeito em casa saiu mal.

    Valeu-me um príncipe esfarrapado
    A quem dão coroas no meio disto,
    Um moço doente, desanimado…
    Só esse pobre me pareceu Cristo.»

    Com um sincero desejo de uma quadra plena,
    Um imenso abraço, Dilmar

    Leonardo B.

    ResponderEliminar
  4. Caro amigo Leonardo, muito obrigado. Gostei do poema. Muito bom.
    Um grande abraço, feliz Natal. Volte sempre.

    ResponderEliminar
  5. Querido Dilmar, que seu Natal seja o melhor de todos, e que algo em seu coração seja tocado com o amor de Deus, que seu final de ano seja perfeito fazendo com que você começe o novo ano com o pé direito e muito feliz...

    B-Jos.

    ResponderEliminar
  6. Dilmar, meu querido amigo,

    Lindo o post.

    Desejo-te um Natal fraternal e sempre mais amor.

    Bjsssssssss

    ResponderEliminar
  7. Preza amiga Priscilla, obrigado pela visita. Também desejo um excelente Natal para você repleto de paz e de luz.

    ResponderEliminar
  8. Obrigado Ira. Também desejo a você um Natal repleto de paz e de luz.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  9. Talvez devêssemos, de alguma maneira, juntar as 3 atitudes numa só e assim comemorar o Natal.Quem sabe um dia haverá mais anjos como esse seu amigo e com o passar do tempo, chegará o dia em que não haverá necessitados pois o Natal será todos os dias e haverá igualdade e amor indiscriminadamente.
    Parabéns pelo poster, parabéns ao seu amigo admirável.
    Te desejo uma noite de Natal maravilhosa com os seus e um ano de 2011 repleto de realizações que lhe tragam imensas alegrias.
    Obrigada pelos momentos que compartilhamos. Pra mim foi encantador conhecê-lo e espero que sigamos juntos por muito tempo nesta blogosfera.
    Beijokas.

    ResponderEliminar
  10. Oabrigado Lua pela visita e pelo comentário. Volte sempre.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  11. Amigo Dilmar ante todo te pido perdon sino paso lo que te mereces por aqui , a veces te leo y no digo nada , pero hoy me detengo en éstas especiales letras, que me han gustado mucho...

    Espero y deseo estés pasando unas Buenas Fiestas y que el año 2011, esté repleto de luz en tu vida...

    Un gran abrazo apreciado amigo

    ResponderEliminar
  12. Amigo,

    Feliz pela tuas visitas e que apreciou minha mensagem de Boas Festas!

    Parabéns por esta bela mensagem.

    Que 2011 seja um incentivo para a renovação no que deseja em tua vida!

    Beijos carinhosos,

    ResponderEliminar