terça-feira, 10 de janeiro de 2012

JULGAMENTO

Um homem com sede de justiça
procurou o sistema judiciário
para ser encarcerado.

O juiz de plantão, perplexo, perguntou,
filho, estás passando por dificuldades?
- Por dificuldade moral, Sr. juiz!
- Estranho. Já aconteceu algo correlato no passado,
mas o sujeito era ex-presidiário e por consequência
não conseguia emprego nem moradia
e andava faminto e doente.
- Excelência, atenderam o pedido e o prenderam?
- Sim, mas teve que reinscidir.
- Repetiu o crime anterior?
- Não. Como não havia motivos para prendê-lo,
ele colocou explosivos na porta do presídio,
causando uma grande lambança. Mas
tu não pretendes explodir o tribunal?
- Eu já cometi os delitos necessário para ser preso
- Homem, esses pecadilhos cometidos por ti são
 brincadeiras de crianças, algo muito distante das safadezas
 praticadas em meio à seara política, por exemplo.
- Sr. juiz, o que eu fiz é repulsivo!
- Criatura, foram pequenos deslizes de arraía miúda,
nada , se comparado  às maracutaias dos tubarões,
que se pulverizam pelas brechas do nosso sistema obsoleto
- Doutor juiz, eu cometi um crime e tenho de ser preso!
- Homem, o pretenso crime que tu dizes ter cometido
não pode ser julgado, porque a lei ainda não o catalogou como crime.
- Mas eu já fui julgado.
- Por quem?
- Fui julgado pelo tribunal da minha consciência!

47 comentários:

  1. Olá, amigo, preciso de um bom juiz, "como esse' que me ajude na guarda de alguém que está só, e precisa de mim; adorei esse relato, muito oportuno, os maiores pecadores são esses repulsivos senhores que usam a política para cometerem os delitos que nos prejudicam e nos deixam indignados e o pior ficam impunes"...
    Beijos, e boa noite.

    ResponderEliminar
  2. Realmente há os que houvem a voz da consciência e há os que são surdos a ela, o bom é saber que não permanecerão surdos infinitamente. Adorei o texto como sempre!.
    Um beijo.... Grande Dilmar!

    ResponderEliminar
  3. Realmente, ideia diferentes,
    mas isso ajuda na troca de experiencias...
    obrigado pela visita,
    estou seguindo aqui tb!

    ResponderEliminar
  4. ¡Hola Dilmar!!!

    Bonita entrada esta, el hombre que quería ser encerrado, lo acusaba su conciencia e insistía que quería ser encarcelado. Hermosa tu poesía.
    Dilmar, no me había fijado- acerca de ti hasta ahora y veo que hay una gran tristeza en tu corazón por la falta de un hijo. ¡Lo siento mucho! Y te abrazo fuerte por ello. Pues adelante Dilmar, él descansa en la paz de Dios.
    Gracias por compartir tus sentimientos.
    Te dejo mi gratitud y mi estima. Tú amiga siempre MARINA.

    ResponderEliminar
  5. Muito bom texto reflexivo, pois realmente podemos enganar todo mundo, mas nunca, nunca mesmo podemos nos enganar e viver livre!
    Creio que a consciência é mesmo o melhor juiz, mas somente para os que são realmente conscientes de seus atos.
    Nada melhor do que paz na consciência!
    Abraços amigo de alma linda!
    Ivone

    ResponderEliminar
  6. Olá amigo. A voz da consciência é o maior e mais importante tribunal. Aí não há como enganar. Grande abraço.

    ResponderEliminar
  7. O tribunal da nossa consciência é o que fala mais alto que qualquer outro tribunal independente da pena a ser aplicada...
    Abraços, meu amigo e grata pela sua presença!!!

    ResponderEliminar
  8. Amiga Mery, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário coerente. Que bom que tu gostaste.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  9. Amiga Elzinha, fico feliz por tu ter gostado do post.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  10. De nada, Andy. Eu também agradeço tua visita e por estar me seguindo.

    ResponderEliminar
  11. Muito obrigado, Marina. Agradeço do fundo do meu coração a tua solidariedade. Agradeço também tuas palavras gentis e generosas sobre a minha poesia.
    Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  12. Querida amiga Ivone, gostei muito do teu comentário. Agradeço tuas palavras generosas para comigo.
    Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  13. Amiga Maria José, nós podemos tentar enganar a qualquer um, exceto a consciência. Obrigado pelo comentário.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  14. Amiga Malu, repito as palavras que falei à Maria José, "podemos tentar enganar a qualquer um, exceto a consciência" Obrigado pela visita.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  15. Adorei seu blog! É simplesmente inspirador, estou seguindo e voltarei sempre...se puder me seguir também eu ficaria grato...abraço!
    www.paullolenore.blogspot.com

    ResponderEliminar
  16. Olá amigo Dilmar,
    A consciência é o nosso maior juiz. Ela nos acusa, nos prende e cerceia nossa vida, julgando se somos inocentes ou não. Enfim, é através dela que moldamos nosso comportamento.
    Adorei seu texto!
    Um grande beijo, meu amigo.
    Maria Paraguassu.

    ResponderEliminar
  17. Paullo, também gostei do teu blog e do tua escrita criativa. Também te sigo.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  18. Amiga Paraguassu, concordo contigo em número e grau. Muito obrigado pela visita.
    Um grande abraço. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  19. Meu querido Dilmar!
    Verdade amigo, podemos enganar a todos mas jamais nossa própria consciência, ela nos acusa sempre.
    Lindo texto!
    Tenha uma ótima noite.
    Grande beijo!

    ResponderEliminar
  20. Que belo exemplo você deu, através do texto, Dilmar, tem um ditado que diz sua cabeça é sua sentença, e é mesmo, a consciência é implacável, podemos enganar a quem quer que seja, mas a nós mesmos, nunca enganaremos, abraço, uma boa semana!

    ResponderEliminar
  21. Boa noite meu querido amigo!
    texto fabuloso que nos deixa a refletir e sentir que somos juiz da nossa consciência sempre...
    Bjssssssssssssss

    ResponderEliminar
  22. Olá
    Passei por aqui para te dizer: Olá!
    Beijos!
    Janice

    ResponderEliminar
  23. Muito bom... pesa quando a nossa consciência fala mais alto... assim deveriam ser para todos dar ouvido a consciência e deixar de praticar tantos abusos por ai...

    Abraços Dilmar
    Giovanna

    ResponderEliminar
  24. Muito bom:
    1. Realmente os delitos cometidos por qualquer cidadão em sã conciencia não chegar a ser uma gota comparada a falcatrua desmedida dos grandes corruptos que estão no poder.
    2. O código penal brasileiro tem inúmeras brechas, é mais importante se guiar pelo bom senso em certas situações.

    F. Otávio M. Silva
    http://www.surfistadebanzeiro.com/

    ResponderEliminar
  25. Quê crime foi cometido
    ainda não previsto nos artigos
    parágrafos e incisos
    da lei
    promulgada e publicada
    crime julgado pela razão subjetiva
    hegeliana
    Como delito
    como crime
    mas se não está na lei
    não pode ser crime
    Por isso
    a lei às vezes é injusta
    não é perfeita
    apenas o poema é quase
    perfeito
    quando feito com
    o coração
    e o coração nas vezes
    não respeita a lei.
    Lindo poeta mucho bonito

    Abraço poéticos

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderEliminar
  26. Amiga Ilca, muito obrigado pela visita e obrigado por tuas palavras amigas.
    Um abraço. Tenhas um bom dia.

    ResponderEliminar
  27. Amiga Eva, muito obrigado pela e obrigado pelo comentário.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  28. Amiga Severa Cabral, obrigadíssimo.
    Um abração. Tenhas um lindo e maravilhoso dia.

    ResponderEliminar
  29. Obrigado Janice. Sempre sempre, se quiser.
    Um abraço. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  30. Certamente, amiga Giovanna, se todo mundo desse ouvido à consciência.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  31. Amigo Luis Alfredo Nunes, Obrigado pelo teu comentário encorpado e inteligente. Um abração. Tenhas um excelente dia.

    ResponderEliminar
  32. Muito interessante!
    Uma história com um fundo moral muito relevante.
    Nenhuma sentença é mais dolorosa do que a ditamos a nós próprios.


    Um beijo

    ResponderEliminar
  33. OI Dilmar, passando pra te deixar um abração e aproveitar pra te ler.

    Texto de grande teor político/social.
    É para ler e reler!

    Obrigada pela visita.
    abraço :)

    ResponderEliminar
  34. "Mesmo não havendo lei, a consciência é uma punição."
    Fato.Beijos

    ResponderEliminar
  35. Dilmar meu amigo,me sinto imensamente gratificada por tua presença no meu blog e por teu carinho. É que há momentos que fico meio tonta de tantas palavras e até versos inteiros que me bombardeiam a mente. Tento transformar esse "tormento" em poema, versos ou rabiscos.....sei lá, e vibro quando gosta, conhecendo a bagagem literária que você tem. Sugiro que volte à aquele teu poema de tantos anos atrás, tenho certeza que terá um outro olhar sobre ele
    Beijos....Beijos....no coração

    ResponderEliminar
  36. Obrigado pela visita,
    venho desejar uma ótima quinta feira.
    abss

    ResponderEliminar
  37. Oi Dilmar, por isso gosto de vir aqui, sempre grandes reflexões, e agradeço por seu comentário lá no VSE mas vc sabe que eu que sou sua fã né?
    Que bom que muitas pessoas tem consciência de suas próprias faltas, o importante é não cometer novos erros e sempre primar pela boa conduta.
    Já desejo á ti um ótimo fim de semana, beijos no coração!

    ResponderEliminar
  38. Amiga Lídia, obrigado pela visita.
    Um abração. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  39. Obrigado Lú.
    Um abração. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  40. Amiga Tânia, obrigado pela visita.
    Um abração. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  41. Amiga Elzinha, obrigado, obrigado, obrigado. Foste muito bem, amiga.
    Quando a gente abre o coração, geralmente sai coisa boa.
    Um abração. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  42. Obrigado, Andy.
    Um abraço. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  43. Amiga ISA, obrigado por tuas palavras tão amáveis.
    Um abração. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  44. Dilmar,
    obrigado pelo carinho...
    vc viu como de tão bizarra ela se torna única?
    boa noite!

    ResponderEliminar
  45. Pois é Andy, como é que vou dizer, são pessoas que se puxam!
    Obrigado pela visita.
    Um abração. Tenhas um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  46. E esse tribunal faz justiça, pois a sensação de impunidade não existe em nossas consciências, quando avaliamos os próprios atos.

    Bjs.

    ResponderEliminar