sábado, 21 de janeiro de 2012

O RICO E O POBRE

Certa feita, um rico empresário
foi caminhar no parque
e quando veio a noite
ele se perdeu no bosque.

Após algumas horas
andando em círculos
sem encontrar o caminho de saída
foi guiado por um homem
que morava na floresta.

Depois daquele dia,
o milionário voltou muitas vezes
a encontrar aquele homem,
que morava numa cabana.
Até ficaram amigos,
apesar do abismo social
existente entre eles.

Nosso homem bem-sucedido
descobriu que o amigo paupérrimo
fora morar no mato
depois de perder tudo o que possuía na cidade.
O industrial, consternado com a história
passou a dar roupas e alimentos ao novo amigo
e na noite de Natal deu-lhe um automóvel de presente.

De repente, o empresário percebeu
que o homem do parque
não tocava nas coisas que ganhava
e tudo permanecia intacto, inclusive o automóvel.
Impressionado, o ricaço indagou a razão da desfeita.
Então, o homem pobre explicou
que aceitava os presentes
por gratidão à amizade devotada,
mas não tocava em nada,
porque a natureza generosa lhe fornecia
tudo que necessitava.

Após aquela conversa, o empresário
não retornou ao parque.
Ficou com medo de pegar a febre...

39 comentários:

  1. vc sempre cultivando com suas visitas...isso é primordial...e essa maneira de responder cada comentário no seu blog,nos deixa como presente...vc é divino querido!
    texto reflexivo ...
    bjssssssssssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Severa, obrigado pelas palavras generosas.
      Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  2. Que pena que o empresário não adquiriu nenhuma sabedoria com essa amizade. Achei lindo esse conto. Há mesmo muita gente assim. Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivana, muito condizente o teu comentário. Meu objetivo ao escrever o poema foi o de mostrar, que muitas vezes, pessoas importantes, entres aspas, acabam se afastando daquelas mais humildes porque estas não abandonam a simplicidade nem se preocupam com a ostentação.
      Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  3. Lindo demais Dilmar. Um texto para ser refletido. Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado por tuas palavras generosas.
      Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  4. Sabedoria ....poucos sabem o que é.
    Lindo post.
    Boa tarde . Bjs. Edna.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade amiga Edna, sabedoria nem significa o aprendizado padronizado, nem as leituras, nem as viagens, nem a convivência com pessoas cultas, sabedoria é algo que transcende.
      Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  5. Dilmar adorei o texto, seria a 'febre do desapego'??
    Quimera muitos a conhecessem. Um grande beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeitamente querida. Não somos contra o acumulo de bens, entretanto, há momentos na vida em que devemos deixar nossas posses um pouquinho de lado para percebermos que a essência da existência transcende às coisas materiais.
      Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  6. Lindo poema com versos ricos, adorei ler e refletir, pois eu também postei algo meio parecido, com palavras e formas diferentes mas na essência é a mesma mensagem, poder viver bem do jeito que se sentir feliz e a natureza tem todas as belezas da vida!
    Abraços amigo Dilmar!
    Ivone

    ResponderEliminar
  7. Obrigado amiga Ivone. Pois é riqueza nem sempre significa acumulo de bens materiais.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  8. Muito lindo e significativo o texto poético de hoje.Gostei demais.Tenhas um bom domingo e aqui fica meu abraço.

    ResponderEliminar
  9. Obrigado Suzane.
    Um abraço. Tenhas um lindo domingo

    ResponderEliminar
  10. No poder financeiro, a febre é capitalista, com delírios que passam longe da simplicidade.
    Muitíssimo bom, Dilmar querido
    Belo domingo, bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, querida. Obrigado pela visita.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  11. Lúcido modo de viver, onde o que se tem é o que se precisa.
    A febre está, afinal, do lado daqueles que se consideram sãos.

    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Corretamente isso, amiga Lídia. Obrigado pela visita.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  12. Verdadeira e sábia história,
    uma excelente semana a vc meu amigo!

    ResponderEliminar
  13. Adorei essa forma de firmar valores, super inteligente, genial,parabéns.Uma linda semana para você, Dilmar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado querida.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  14. Quanta sabedoria neste texto, uma maravilha!
    Com carinho
    Hana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Hana.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  15. Muitom bacana seu texto.
    Bela mensagem.
    Temos muito mais do que precisamos.
    E ainda queremos mais...

    Uma semana de paz a vc!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ma.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  16. Oi Dilmar vim agradecer o seu carinho, por enquanto estou passando rapidinho só pra te desejar uma ótima semana, assim que for possível retornarei a blogosfera.
    Beijos em teu coração!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga Isa.
      Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  17. O enredo é lindo ,mais o final triste.
    Me lembra a história do jovem rico Mateus 19: 16-22
    Existem pessoas que aparentam aceitar uma situação, mas na verdade é somente um momento de emoção, qdo notam que precisam abrir mão de certas coisas elas caiem fora.
    Boa semana , Dilmar

    ResponderEliminar
  18. Pati, obrigado pela visita. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  19. não sei se seria tão altruista…rsrs

    ResponderEliminar
  20. Maggie May, obrigado pela visita.
    Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  21. Maggie May, obrigado pela visita.
    Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  22. Foi uma pena ele ter virado as costas, quando ele poderia aprender muito com o velho homem sábio...

    Vim agradecer sua visita em meu blog, deixar-te abraços depois de uma breve ausência, estou de volta.
    Abração
    Giovanna

    ResponderEliminar
  23. Já pensou se essa moda pega,rsrsrs?!Ótimo texto!Estou seguindo teu mosaico de seguidores e agradeço se me seguires de volta em meu mosaico! Seja bem vinda ao meu espaço, nosso espaço! Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  24. Bom dia meu amigo!
    excelente terça-feira.

    ResponderEliminar
  25. Fazia uns três séculos que eu
    não lia uma fábula Moderna.
    Que bom!
    Beijos.

    ResponderEliminar