domingo, 26 de abril de 2015

E O PROCESSO CIVILIZATÓRIO ?

Seria muito bom se a mentira
que nos contam há muito tempo
fosse uma afirmação verdadeira
Seria bom se de fato vivêssemos
num mundo civilizado, porque
há uma confusão, um equívoco
um engodo, um sofisma
sobre o processo civilizatório...
Se houve evolução industrial,
avanço tecnológico-científico,
 produção elevada de bens de consumo
em contrapartida ainda estamos
bem aquém de procedimento aceitável
no quesito relacionamento humano,
tanto que em determinados momentos
fica-se com  a impressão de que hordas de bárbaros
transpõem o conceito histórico da praxis temporal
e invadem o quintal do século vinte e um.


14 comentários:

  1. Soneto-acróstico
    Homo stultus

    Houve evolução, cada um no seu nicho
    Onde qualquer vida presente estivesse
    Mesmo sendo florestas ou algum bicho
    Escolhia interagir como lhe aprouvesse.

    No caso do bicho homem merda se fez
    Saiu muito pior que a sua encomenda
    Bicho estulto que mais piora a cada vez
    Átimo de cérebro digno de reprimenda.

    Roubando direito de existir aos demais
    Bárbaro, e somente nele mesmo pensa
    Ainda se achando de todos mais capaz.

    Rindo dessa necedade grande, imensa
    O homem apenas barbaridade então faz
    Sendo sua malignidade assaz intensa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo poeta Jair, obrigado pela réplica-acróstica em alto nível. Um abraço. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  2. Sempre com belos textos, em forma de reflexão! Adorei

    Beijinhos um resto de Domingo Feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cddália, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda se mana.

      Eliminar
  3. É.
    Você disse tudo. Tempos turbulentos. Pessoas turbulentas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, obrigdo peabraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  4. Bom dia caro amigo Dilmar que texto maravilhoso, verdadeiro e reflexivo. A realidade está diante dos nossos olhos humanos tão longe da perfeição...infelizmente. Uma semana maravilhosa para vc e os seus. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Josy, obrigado pelo comentário. Obrigado pelas palavras amigas. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  5. Boa tarde Dilmar.
    É meu amigo vivemos em um mundo imperfeito, onde os relacionamentos humanos desejam muito a desejar. Uma linda semana.
    Um forte abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Mirtes, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  6. Olá, caro amigo Dilmar.
    Belo poema interventivo/indignado nos trás, e mais oportuno à indignação/tristeza que veste meu espírito nas últimas semanas, não poderia ser. Vivemos, nós todos, num "engodo" colorido e cheio de luzes, que, penso eu, serão no intuito, não de nos iluminar, mas sim de nos ofuscar e assim impedir que nos apercebamos da crua realidade. E, por vezes, nem sei se não seria melhor que nos deixássemos ofuscar, e ir "na onda" da alienação e não viver a tortura da nossa própria inoperância, por incapacidade de lutar contra dragões.
    A evolução não passa pela evolução dos valores morais e cívicos que regem o homem civilizado.

    um gde abç

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carmem, obrigado pela visita e obrigado pelo comentário. Um abraço daqui do sul do Brasil.

      Eliminar
  7. Pois é amigo Dilmar

    Como seria bom que o homem respeitasse um pouco o espaço do outro e soubesse cingir-se à sua igualdade perante o seu semelhante. Mas a ganância e a vaidade não deixam. Essa uma das grandes verdades e... tristezas
    Deixo abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Ricardo, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa tarde.

      Eliminar