segunda-feira, 20 de julho de 2015

CURIOSIDADE

Somos, todos, curiosos
em maior ou menor grau.
Acho  que a curiosidade
está inserida na genética
da humanidade.
Quero continuar curioso
em relação ao desconhecido
que produz proveito.
Que minha curiosidade
se mantenha acesa
em relação aos livros
que enriquecem o espírito.
Que minha curiosidade
busque os lugares simples
que tranquilizam a mente
e deem leveza à alma.
Que minha curiosidade
não ultrapasse a margem
da boa convivência.
Que minha curiosidade
não se perca em julgamentos
das coisas que não me dizem respeito.
Que minha curiosidade
seja menos curiosa...

20 comentários:

  1. Ser curioso só por um breve tempo. Só para enriquecer os pensamentos. Só para alegrar a alma!
    É preciso prudência, pois há o ditado: "a curiosidade mata".
    Abraços, Dilmar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vitor, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  2. Boa noite Dilmar.
    Você é um amigo especial, agradeço a Deus o dia em que lhe conheci, a sua forma de ser, a forma que trata a todos, a sua carisma, enfim você é um ser iluminado. Quanto ao seu texto, esse é um dos meus defeitos rsrs, me acho curiosa e sempre me vejo me policiando para que não seja prejudicial. Feliz Dia do Amigo! Um forte abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida, brava, guerreira, amiga; obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  3. Que lindo, amigo! Curiosidade é sinal de inteligência, a que está por vir, a que queremos mais. curiosidade é sinal de vida pulsando, mesmo que erre ou peque, encontra seus limites na sabedoria, grande abraço, querido amigo, cada vez melhor, será que é em razão da curiosidade? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Eva, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  4. Sempre belos e interessantes textos.

    Beijos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cidália, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  5. Soneto-acróstico
    À curiosidade

    Cada Homo é um ponto de interrogação
    Um enxerido que olha por trás do muro
    Resposta ele quer, vai procurando então
    Isso lhe fornece um responder seguro.

    O homem não sai perguntando em vão
    Sabe que o saber garantirá seu futuro
    Interroga, quer saber, exige explicação
    Dessas respostas desaparece obscuro.

    Assim foi criando a nossa civilização
    Dentro desse mundo hostil muito duro
    E graças ao saber hoje é um campeão.

    Sabendo pode tornar-se mais maduro
    Inclusive perde o medo da escuridão
    Mas corre perigo de tornar-se impuro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo poeta Jair, obrigado pela réplica-acróstica de alto nível.Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  6. Olá,
    que belo adorei este tema, quem não é curioso nesta vida. Que a curiosidade nos mantenha vivo e felizes.
    Tenha um ótimo dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Anajá, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  7. Oi, Dilmar!
    Lindo! "Que minha curiosidade seja menos curiosa"!
    ...e a minha também!
    Beijo carinhoso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Jossara, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  8. Oi, Dilmar!
    Ficou excelente!!
    É a curiosidade sempre vai nos rondar hehe, faz parte !!
    Abçs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Patricia, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma lindo dia.

      Eliminar
  9. Somos, todos, curiosos,
    concordo sim, é verdade
    alguns até são preguiçosos
    não agarram a oportunidade,
    também há os desgostosos
    porque perderam a felicidade,
    há aos apressados e os vagarosos
    também há os humildes e os arrogantes
    no mundo há de tudo um pouco
    há as mudanças constantes
    por culpa do amor louco?

    Tenha amigo Dilmar, uma boa noite, um abraço.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido amigo Eduardo, obrigado pelo comentário poético vindo de além-mar.
      Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  10. Olá, amigo Dilmar! Eu gosto daquela curiosidade que serve para alguma coisa, que descobre algo para nossas curas, que vai atrás de algo para ver se de fato vale a pena, de saber como vai a vizinha doente, de esmiuçar coisas para extrair algo de positivo, de ler e saber de alguma coisa que há tempos vem batendo à nossa porta, como algo que me emocionou muito há 2 dias num programa que vi pela televisão com o médium Rogério H.Leite e Marli Mansini, psicografando cartas às pessoas presentes, frágeis, sofridas, saudosas e emocionando outras centenas... Essa curiosidade me levou algumas lágrimas, me roubou o sono e me fez pensar. Essas são as curiosidades que valem a pena.
    O resto das curiosidades, meu amigo Dilmar, aquelas que não servem pra nada a não ser para chacotas, dá para fazer o quê?
    Grande abraço. Desculpe o comentário um tanto longo.

    ResponderEliminar
  11. Querida amiga Tais, concordo, em número e grau, contigo. Toda curiosidade positiva, aquela que aumenta nossa bagagem de conhecimentos é ótima. Sou um eterno curioso em relação ao conhecimento de modo geral. Todos os comentários são bem-aceitos por mim, pequenos ou extensos. Gostei muito do teu. Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar