quarta-feira, 28 de outubro de 2015

O TEMPO E A NOSSA FEIRA

Estamos condicionados à correria dos dias  atuais
de tal modo que já não antegozamos à expectativa
de datas, efemérides, ocorrências  festivas marcantes,
como era  a praxe dos tempos que ficaram no pretérito.

Mal os anos começam e já estamos no mês de março
para em seguida depararmo-nos com  o inverno de julho.
Agosto, setembro, outubro  cruzam o horizonte às carreiras
e mal percebemos se as flores ainda visitam a  primavera.

Pois ontem ao passar em frente à praça da Alfândega
e ver os stands montados para a Feira do Livro
que vai começar no próximo dia trinta de outubro
cheguei a pensar que estava acometido de delírio

Entretanto, o bom da história é que a imagem é real,
eu que pensava que era cedo, fui traído pela ausência
das flores dos jacarandás que acompanham o evento,
pois este ano elas vieram mais cedo e já foram embora.


segunda-feira, 26 de outubro de 2015

QUE PAÍS É ESTE?

Minha esposa se chama Sheila
O nome do meu sobrinho é Michel
Meu compadre assina Alain Delon
Meu colega de trabalho é John Lennon
O fornecedor de materiais do escritório,
onde lavoro meus velhos dias,
tem o épico nome de John Waine.
A coisa não fica apenas por ai,
todo o dia ouço uma coletânea
de nomes ingleses, franceses, italianos...,
mas de gente nascida aqui na terra.
Mesmo sem intenção de praticar bullying,
pergunto:  por que tanta importação?
Temos vergonha de assumirmos o que somos?




sábado, 24 de outubro de 2015

TUDO VIRA EM PIZZA


A pizza não não nasceu no país da bota
como é apregoado por ai,
mas lá no remoto domicílio do faraós.
O povo hebreu também a conhecia,
mas pelo nome de pão de Abraão.
Depois passeou pela Turquia e adjacencias,
e durante as cruzadas desembarcou na Itália,
mas no século dezenove os italianos a revestiram
de cobertura moderna e colorida e a exportaram
para o deleite de outros povos do mundo.
Aqui no Brasil ela é bem tolerada por toda gente,
mas os políticos, de modo geral, a amam demais.
Qualquer dia trocarão o nome do congresso nacional
para o festivo nome de Pizzaria Brasil.


quinta-feira, 22 de outubro de 2015

EU VOS PERGUNTO

Foi dito: meu governo é limpo
não há corrupção no aparelho
e os suspeitos estão na cadeia,
mas suspeitos de quê?

Se a pureza impera no estado
por que tanto alvoroço no ar?
Estaria a mídia, por ventura,
fabricando a boataria?

O que significa a delação premiada?
Seria uma tentativa da desonestidade
criar uma estrutura de lama em torno
dos honestos para desmoralizar a lei?

Mas se não há mácula no sistema,
por qual motivo premiar a delação?
E por outra, seriam os delatores
histriônicos exercitando seus dotes?


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

VOLATILIDADE DO TEMPO

Quando morreu o precognicionista
daquele homem do tempo do jornal
este passou a beber em outras fontes
Se os os caminhos que conduzem
aos santos e a Deus são os mesmos
então porque não ousar?
Pois nosso homem da climatologia
agora recebe previsões de São Pedro,
padroeiro do clima/tempo,
através de emails, pela Internet
Mas de repente o santo não dá sinal
levando o jornalista ao desespero e às rezas
Após centenas de orações o santo responde:
agora só me manifesto pelo WatsApp!




terça-feira, 13 de outubro de 2015

CHUVA É BOM, MAS DEMAIS...

Após vários dias escuros
sendo cumprimentado pela chuva
fui surpreendido, hoje de manhã,
pelo sol dando-me bom dia

Mas segundo os meteorologistas
amanhã voltará chover bastante
aqui na região metropolitana
já embaraçada pelas cheias.

Eu amo chuva em condições normais,
mas agora a situação está periclitante.
As águas do Rio Guaíba estão subindo
e com mais caldo poderão transbordar.

A mídia até está remexendo nos arquivos
de duas cheias históricas aqui de Poa:
a de sessenta e 67 e a de quarenta dois.

Por motivos óbvios lembro-me apenas da última
quando o velho Guaíba espraiou pelas ruas adjacentes
criando um clima de filme de dilúvio.

Em quarenta e dois eu ainda não estava aqui, nasci depois,
mas dizem as águas do lago, enfurecidas, invadiram a cidade
que os barcos  conduziam as pessoas pela rua da Praia.

Nota. Aviso aos navegantes: a água já transbordou em alguns locais próximos ao Rio Guaíba (na verdade, nosso rio é um lago, belo lago,  mas é chamado de rio), já transbordou na zona sul, Bairro de Ipanema e arredores, no Cais, partes da Voluntários, etc... No Centro Histórico, na volta do Gasômetro a água já cobriu em espaço considerável.
Não conheci a cheia de quarenta e dois, pois nasci em 52, mas vi alguns vídeos estarrecedores em  que a água tomou boa parte da rua da Praia, aquela parte junto aos quartéis, a  Av. Mauá, Siqueira Campos, 7 de setembro, inclusive a praça da Alfândega, enfim, ali era extensão do rio, naqueles dias.
Pior que alguns sites preveem para 4ª e 5ª feira mais 100 milímetros de chuva aqui para Porto Alegre e proximidades. Imaginem, se a situação já está critica, com mais água, então?








sábado, 10 de outubro de 2015

NÃO ESTAMOS PRONTOS

Agremiações, clubes, seitas separam;
religiões, partidos políticos discriminam;
sistemas modernos excludentes em si mesmos.

As linhas das fronteiras, são tapumes artificiais,
elaboradas  com o fito de seccionar tribos
porque o homem ainda não está pronto.

As aglomerações das cidades grandes
produziram os guetos isolacionistas,
encurralando o ser à solidão das multidões.

Ainda temos de percorrer um longo percurso,
até nos depararmos com o homem consciencioso
o qual vive adormecido dentro de cada um de nós.


quarta-feira, 7 de outubro de 2015

CHUVA, LIMPA NOSSA VERGONHA

A chuva fina descendo das nuvens,
gotículas translúcidas se desprendendo
das folhas das palmeiras centenárias,
as mesmas árvores que acompanharam
as transformações seculares da cidade...
Sob os auspícios do chuvisqueiro
transborda uma torrente de queixas
contra o sistema político-administrativo
extraviado em um mar de corrupção,
incompatível com o processo civilizatório,
mosaico surrealista ao olhar atônito
do cidadão incrédulo não conivente
com a cartilha remendada, enxovalhada
de normas obsoletas, leis refratárias,
incapazes de limpar o modus-operandi
alicerçado na política da troca de favores
entre os amigos do rei - inimigos da pátria -,
que sortearam lotearam, ratearam as fatias
do poder, renovado - entre aspas -
através do faz-de-conta sufragado nas urnas
por meio de bilhetes viciados...
Ainda que troquem todos os nomes, mudem todas as caras
criem novos partidos, mudem o sistema negocial;
tudo mudará, ficando igual, não mudando,
porque a mudança necessária é simples,
mas de uma simplicidade ASSUSTADORA:
a mundança de consciência: a trilha do CARÁTER.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

GUERRA, INFELIZMENTE ELA AINDA EXISTE

O general, pensador Zun Tzu disse
há muito tempo: "A suprema arte
da gerra é derrotar o inimigo sem luta"
Entretanto, o que temos visto na prática
é a proliferação da luta armada com o objetivo
de dobrar o outro que pensa diferente do agressor.
O poeta-escritor-humanista Hermann Hesse afirma:
A paz não é um estado primitivo, nem uma forma
regulada pelo acordo. A paz é algo que não conhecemos,
que apenas buscamos.
Mas a paz não deve e não pode ser apenas um ideal!



quinta-feira, 1 de outubro de 2015

120 ANOS NÃO PARA QUALQUER UM

Hoje saúdo um ilustre porto-alegrense
nascido em primeiro de outubro de 1985,
ente luminoso dos meus dias juvenis,
portal de conexão com o desconhecido
O velho róseo da Caldas Junior
chegava cedinho na minha casa
para ser folheado, lido, degustado.
Lembro-me da concorrência impressa,
da Última Hora, do Diário de Notícias...
velhos bons jornais daqueles dias,
entretanto não possuiam o glamour
e a credibilidade do Correio do Povo...