quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

É NATAL!

Parece que na semana de Natal
o mundo perde o juízo.
As pessoas correm, automatas,
de um lado para outro
buscando alguma coisa,
impulsionadas pelo inconsciente coletivo.
É como  se após o disparo do chip
embutido na criatura, todos os caminhos
desembocassem no paraíso do consumo.



18 comentários:

  1. Bom dia
    Bom texto. Acho um consumismo exagerado. Anda o mundo inteiro a gastar sem noção, para "amanhã", não ter de comer, e outras coisas.
    Tal como, fazerem empréstimos para fim de ano, enfim. Exageros em que eu, não entro.

    Beijinhos- Boas festas

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, cara amiga Cidália. Aqui no Brasil, após Natal começa a temporada de férias de verão, época de gastança, é quando se consome o 13º salário; alguns também contraem empréstimos, mas depois, no retorno ao trabalho é aquela choradeira...
      Obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do trópico. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  2. Bom dia meu querido amigo Dilmar.
    É mesmo tem muitas pessoas que pensam só em comprar coisas. Eu amo Natal, amo deixar a minha casa no clima natalino, mas sem exagero afinal o real motivo para mim é festejar o nascimento de Jesus com muito amor e alegria. Um lindo Natal para voce e toda a sua familia. Forte abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeito, cara, brava, guerreira amiga Mirtes, o evento de Natal é muito interessante, problema é que há exageros por toda a parte. Mais importante é a celebração do amor, da humildade, da caridade, da solidariedade, da compreensão e da simplicidade. Um abração daqui do sul. Tenhas um feliz Natal e um ótimo 2017.

      Eliminar
  3. Festas

    Pois nada de novo no fronte, afinal
    Porquanto assim são os fins de ano
    Todos comemorando esse tal natal
    E dia que finalmente desce o pano

    Criança ganhando seus presentes
    Nós todos fingindo intensa alegria
    Porém no fundo de nossas mentes
    Sabemos que é tudo mera alegoria

    Consola-nos saber que tudo é festa
    E que o ano que entra melhor será
    Olhar para frente é o que nos resta

    Queiramos ou não outra festa virá
    Tão certo como como nos veio esta
    E só quem antes morrer não a verá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeito, meu caro amigo poeta Jair. Obrigado pelo belo soneto.
      Realmente, torçamos para que ainda vejamos muitas festas, muitos Natais. Um abraço. Tenhas um ótimo Natal.

      Eliminar
  4. Verdade, cara amiga Cidália. Aqui no Brasil, após Natal começa a temporada de férias de verão, época de gastança, é quando se consome o 13º salário; alguns também contraem empréstimos, mas depois, no retorno ao trabalho é aquela choradeira...
    Obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do trópico. Tenhas um bom dia.

    ResponderEliminar
  5. Muito pertinente, Dilmar, Sabes de uma coisa? Já to cansada deste Natal, amigo!!! Quero que venha o 2 de Janeiro, quero me mandar para a realidade, é nela que sei me comportar. Sem querer peguei imunidade, sei onde pisar. Natal, na verdade, é 'uma pedra no caminho'. E logo depois nos perguntamos: E agora José?
    todo mundo enterrado até o pescoço, para dar vários presentes num dia só e comer o tal do peru que não aguento mais!
    Apesar de sempre desejar aos meus amigos felicidades e saúde o ano inteiro, deixo aqui um 'Feliz Natal'... é de praxe!
    Gostei desse poema, veio a calhar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Tais, tenho conversado com pessoas que falam isso, que até participam do evento, mas não se deslumbram mais com o canto das sereias. Obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas um Natal de paz.

      Eliminar
  6. Caro amigo Dilmar
    Que neste natal e em todos dias do próximo ano passamos fazer de Jesus nosso melhor amigo, pois ELE é o maior motivo do Natal e da nossa existência.
    Feliz natal pleno de amor e harmonia e um ano novo de paz, amizade, humildade e sabedoria
    Beijos com imenso carinho,
    Gracita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Gracita, parece que a humanidade expulsou Cristo da festa e esqueceu dos valores piedosos e das virtudes que deveriam nortear a vida. Obrigado pela visita. Um abração. Tenhas um Natal de paz.

      Eliminar
  7. É verdade. Pensei que este ano eu ia fujir desta loucura, mas fui contaminada.
    Quero te desejar um feliz natal e que este novo ano seja de grandes alegrias para ti e tua família.
    Abraços e até 2017.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, pela visita, cara Ana. Desejo a você um ótimo Natal e um ano novo repleto de saúde, alegria e sucesso.
      Um abração.

      Eliminar
  8. Pois eu penso ser uma loucura,
    em correria tanta gente andar
    até parece que anda em disputa
    como quem primeiro quer chegar!

    Atrás da publicidade enganosa correndo,
    para não chegarem tarte ao consumismo
    eu para lá chegar correr não pretendo
    há gente com fome e há tanto desperdício!

    Feliz Natal, desejo para você e sua família, caro amigo Dilmar, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo poeta Eduardo, a publicidade faz a festa nesta época.
      Obrigado pela visita poética. Um abraço daqui do sul do trópico. Feliz Natal a ti e aos teus familiares.

      Eliminar
  9. É bem verdade, por muito que pensemos que este ano vamos ser comedidos nas despesas, sempre surge mais um extra...
    Desejo-lhe um Feliz Natal e um excelente Ano Novo.
    Um abraço
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A você também cara amiga, desejo um feliz Natal e um novo ano abençoado.

      Eliminar

  10. Que o este Natal seja de: Paz...Amor...harmonia, no aconchego familiar, sem entrarmos em exageros...Principalmente, que tenhamos saúde. Extensivo aos vossos familiares e amigos.
    Que todo o Mundo tenha direito ao Natal... BOAS FESTAS.

    ResponderEliminar