quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

ÁS VEZES...

Às vezes, fico perguntando-me
coisas tão obvias
que as repostas constrangem
o ato de perguntar,
por exemplo, quando conjecturo:
onde fica a casa de quem não tem casa?
Qual a ideologia do político oposicionista,
crítico ferrenho do situacionista,
que ao virar situação,
governa da forma que combatia do lado de fora do balcão?
Por que  nós batemos no peito, dizendo, somos cristãos,
mas se  alguém, meio suspeito, na rua nos pede um trocado,
não correspondemos e ainda justificamos nossa negativa:
tenha paciência, eu não dou nada para usuários de droga
ou ainda, se o pedido de socorro vem de alguém
que possui um penca de filhos, gritamos ao vento:
que gente sem juízo, parindo que nem rato...

18 comentários:

  1. Amigo Dilmar, é assim mesmo, poema reflexivo, quando o governo toma a posse vira situação, do contrário é oposição, acho que deveriam ser colaboradores, torcer para quem está governado que tenham discernimento, é o melhor para todos!
    Quanta hipocrisia há, eu escrevi um poema polêmico, fala sobre as bençãos que é o dinheiro, mas o que se ganha com o trabalho, esse sim é abençoado, mas nem todos entenderam o "recado"!
    Amei ler aqui, concordo plenamente contigo, se não querem ajudar não ajudem, mas não façam comentários infelizes, né mesmo?
    Abraços e tenhas uma boa noite!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Ivone, obrigado pelo comentário. Um abração. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  2. Gostei do texto
    Deixo um beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cidália, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  3. Verdade Dilmar, "as vezes" nos fazemos perguntas que a resposta
    já sabemos e é constrangedora... Um abraço querido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amiga Nádia. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  4. Pois é meu amigo, há realmente perguntas que se preferem não fazer...
    Há stuações "reais" que se perfere ignorar...
    Um abraço
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Irene, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar
  5. Acróstico

    Governam uns e outros dizem não
    Enquanto estes exercem oposição
    No dia que assumem aquele lugar
    Todos eles não têm receio de mudar

    E aquele se orgulha de ser cristão
    Deixa, impiedoso, pedinte na mão
    E um homem a pé acusa motorista
    Dirigindo ele se torna o rei da pista.

    Um sempre faz do outro julgamento
    Ainda que saber porque eu não tento
    Se está ruim além e bom prá mim
    Convém que tudo continue assim.

    Aqueles que tem filhos em magotes
    Ratos? ou merecem nosso chicote.
    Ao julgar o próximo em nada reparas
    Sabe portanto que tens duas caras?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo poeta Jair, tua réplica acróstica saiu melhor o meu poema. Obrigado. Um abraço. Tenhas uma boa noite.

      Eliminar

  6. Ao completar 10 anos de blog
    não poderia deixar de agradecer pelo seu carinho amizade,
    e companheirismo.
    Uma década se passou quantas coisas aconteceram,
    quantos momentos vividos de pura emoção.
    O meu muito obrigada por fazer
    parte dessa década vivida ...
    Foram dias e horas dedicadas de coração,
    e alma que me permitiu viver e sonhar intensamente.
    Hoje gostaria de encontrar com todos
    amigos e amigas que por minha vida passaram
    e juntos cantar parabéns pelos 10 anos.
    Se eu pudesse abraçaria todos mesmo distante
    agradeceria a riqueza que ganhei de Deus.
    A amizade mais linda que já pude ter nessa minha existência.
    um feliz e abençoado final de semana.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  7. Amiga Evanir, obrigado pela ilustre visita, obrigado pelo votos e obrigado pelo carinho de sempre.

    ResponderEliminar
  8. Somos amontoado de contradições também.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caminho, obrigado pela visita. Volte sempre que desejar. Espaço é de vocês.
      Um abraço. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  9. Humanos: criaturas cheias de contrastes, atos controversos, hipocrisias...
    Será que no paraíso era diferente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, obrigado pela visita. Lá no mundo espiritual não deve ser muito diferente
      daqui, pois, do contrário implicaria, que todos nós, uma vez desencarnados, mudássemos totalmente a maneira de agir; mas o fato de morrer não nos transformará em santos, certamente.
      Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  10. OI JAIR!
    PERGUNTAS PARA AS QUAIS, TODOS TEMOS RESPOSTAS, SÓ DEPENDENDO DE QUE LADO ESTAMOS, DA SITUAÇÃO OU DA OPOSIÇÃO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Bem pertinente seu questionamento...Dilmar...abracos

    ResponderEliminar