sábado, 22 de agosto de 2015

E A CONSCIÊNCIA ?

Até que ponto agimos sob o comando
da nossa consciência?
Por que mentimos a toda a hora
que temos o controle?
Acho que quase nunca percebemos
que estamos a fazer
aquilo que querem que façamos,
que pulamos nas casas numeradas
do tabuleiro do jogo social,
mas  mexemos nas pedras
às ordens do piloto automático.

19 comentários:

  1. Grande verdade amigo Dilmar
    Pensamos ter o controle mas que nada
    Esse tabuleiro em constante ebulição dita as regras e lá vamos nós.
    Não paramos para analisar e quase nunca questionamos estas trilhas
    Belo poema. Uma temática fantástica para refletirmos
    Um bom finalzinho de sábado
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Concordo com a Gracita"
    Soberbo!

    beijos, bom sábado

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cidália, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  3. Tbém concordo com a Gracita
    perfeito

    Boa noite de sábado
    Bjusss
    Rita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Rita, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  4. Amigo Dilmar.
    Por falta de analisar ou questionar acabamos
    sempre perdemos muita coisa nessa vida.
    Amigo estarei retribuindo a visita de todos que me visitar
    infelizmente não poderá ser de outra forma...
    Como sempre foi meu amigo ñ gostaria de num espaço curto ou longo
    de tratamento .
    Feliz final de semana.
    Beijos.
    Evanir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Evanir, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas um bom domingo. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  5. Dilmar gostei muito dos versos, são bem realistas e verdadeiros, enganamos a nós mesmos, acho que muitas vezes não temos controle, as vezes sabemos o correto mas para não criar problemas maiores calamos, gostei muito, bjos Luconi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Luconi, obrigado pelo comentário consistente. Um abraço. Tenhas um bom domingo e uma linda semana.

      Eliminar
  6. Mais uma bela e perfeita reflexão, parabéns Dilmar! Um domingo lindo e muito abençoado prá ti! abraços, ania..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ania. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  7. Acróstico

    Até que ponto somos donos das decisões,
    Somos agentes ao nosso próprio talante,
    Movemos as peças e resolvemos senões?
    Agindo por nossa conta, seguindo adiante?

    Realidade, no tabuleiro somos só peões
    Interface entre o piloto e o que é relevante
    Obreiros que sequer resolvemos questões
    Néscios submetidos a um férreo guante.

    Entorpecidos e mandados, simples anões
    Títeres manipulados por um comandante
    Envoltos, cobertos, fechados em emoções
    Sem de nada saber sequer mero instante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo poeta Jair, obrigado pelo réplica-acróstica. Um abraço. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  8. E o amigo tem toda a razão quando pergunta "e a consciência"?
    Precisaríamos todos de ter mais consciência do que nos rodeia.
    Desejando que o amigo se encontre bem.
    Um abraço amigo.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Irene, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  9. É difícil, amigo Dilmar! Mantermos um equilíbrio nesse tabuleiro, onde tantos mandam e desmandam, brigam, se matam por nada, para apenas ficarem com a última palavra e ação, em busca de algo. É difícil. Não tenho dúvidas que, em algum momento sempre alguém será manipulado. Haverá um vencedor e um vencido. E aí se perde por completo a consciência.
    Grande abraço, amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Tais, obrigado pela comentário consistente,aliás, discernimento é a característica peculiar de vossa escrita. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  10. As vezes a consciência pesa e quando isso acontece o melhor a fazer é se esvaziar de si mesmo. E quando pesa é porque fizemos alguma coisa que não deveríamos ter feito. O melhor a fazer é não repetir o mesmo erro mais tarde. Abraço

    Ah, obrigado pelo comentário>

    ResponderEliminar
  11. Dilmar, mentir estar no reino animal.
    Mentir faz parte de uma defesa ou vício.
    Eu mesma mento, minto muito.
    Comprei uns pratos modelos antigos, umas xícaras grande bem desenhadas, parecia artigo de museu. O fato é que as pessoas perguntam sempre onde eu tinha comprado, e eu para não dizer que cada peça tinha custado apenas R$0,49 eu dizia que meu avô tinha trazido da Alemanha no período da segunda grande guerra.
    Só assim valorizei meu pratos.
    Dai pra frente conto uma estória para cada coisa que tenho. Agora sou uma verdadeira contadora de estórias. rsrsrsrsrsr
    Pois existe Mentiras e mentiras.
    No final de uma grande mentira prejudicial, o proprietário dela será julgado por sua própria consciência.
    Beijos!

    ResponderEliminar