sábado, 1 de agosto de 2015

AGOSTO

Se minha vó ainda estivesse aqui
certamente teria ficado surpresa
com a entrada atípica de agosto;
sem frio, sem nuvens, com sol
e jeito de primavera precoce.

Ela renegava os atributos negativos
de agosto, mês do cachorro louco,
época da ceifadora de vidas, solta,
sobretudo nos quintais dos idosos,
pois então era linguagem trivial:
os velhos que atravessarem agosto
ganharão mais um ano de vida.

Lembro-me também de que
no livro olhai os lírios do campo
do nosso Erico Verissimo
o Sr. Angelo, pai de Eugênio,
também não gostava do mês nº 8
e dizia: agosto, mês de desgosto.

Enfim, agosto vem chegando
com passos largos, rápidos.
Entremos na dança do tempo,
porque logo será setembro.




15 comentários:

  1. Amigo Dilmar, amei ler aqui, também sempre ouvi dizer que agosto é mês de desgosto, de cachorro louco, de todas as coisas ruins, esperemos então passar esse mês, vivos, para ganhar mais um ano,rsrs!
    Amo Mitologias e tudo o que é misticismo, adoro essas coisas de mistérios, filmes e contos, leituras então, me embrenho com afinco e o suspense me inebria!!!
    Amo tudo o que diz sobre coisas sobrenaturais, meu avô paterno me contava cada uma, as de lobisomens me faziam temer dormir, sinto saudade de tudo isso, nossa!
    Pois é meu amigo, logo será setembro e num piscar de olhos o ano termina!
    Parece mesmo que o tempo está "voando", acho que por causa das expectativas, das informações que nos vêm a galope, então o jeito é aceitar as coisas como são né mesmo?
    Abraços bem apertados e tenhas também, (assim como me desejas sempre), um lindo fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida amiga Ivone, também sinto saudade das histórias que ouvia quando era criança, sobretudo aqueles lendas contadas nas rodas de chimarrão, quando a gauchada se reunia para o sorver o "amargo" e para contar causos. Belos dias que não voltam mais, pois hoje a gauchada, nas rodas de chimarrão, fala de futebol, de política e sobre as "chinocas".
      Obrigado pelo comentário. Um abração. Tenhas, sei que terás, uma linda semana.

      Eliminar
  2. Pois
    E em Portugal diz-se: Primeiro de Agosto, primeiro de Inverno ... costuma até chover, mas desta vez esteve muito calor ...E ainda bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida amiga Cidália, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas Uma linda semana.

      Eliminar
  3. Acróstico

    Existe certo mês que não explicito o qual
    Notável pelo que atrai de desgraça tanta
    Tendo por conta disso, certa fama afinal
    Reputação tão péssima que nos espanta.

    Entalado entre mês de julho e setembro
    Já diziam, que mês aziago, nossos avós
    Um preceito tão antigo que não lembro
    Lavrado em pedra num tempo tão atroz.

    Hoje, teme-se bastante o tal mês, ainda
    Onde medo de catástrofes por aí grassa
    Ele naturalmente começa, anda e finda
    Sem perceber, por si, alguma desgraça.

    Esse dito mês ruim tem trinta e um dias
    Tem como os outros as quatro semanas
    E, por certo, nunca apresenta anomalias
    Menos ainda, desgraça dele não emana.

    Basta que vivamos soltos e com alegria
    Rindo, brincando, ao azar dando banana
    O real mês será apenas tema de poesia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso, querido amigo poeta Jair, agosto, hoje é mais um pretexto para fazermos nossa poesia. Obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  4. Agosto... mês em que vim ao mundo! Também conheço algumas dessas 'estórias' sobre agosto. Um mês como outro qualquer, trazendo novas aspirações e inspirações aos poetas!! Um beijo terno e um abraço apertado, meu querido amigo!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Aparecida, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  5. Dilmar estava saudosa de ler teus textos, poemas, tão bem inspirados e leves gostosos de se ler, ando com a vida de cabeça pra baixo e o tempo encurtou muito, mas hoje mesmo de madrugada cá estou e sim o mês de agosto para muitos é dito como um período ruim, eu não vejo assim, os piores dias de minha vida não foram em agosto, e alem do mais quando agosto chega eu já vislumbro setembro onde tudo ganha nova vida, bjos Luconi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Luconi, obrigado pelas palavras amigas e carinhosas. Pois é, esses ditos sobre mês de agosto já fazem parte de lendas que não se justificam. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  6. kkkk gostei como escreveu, mas meu neto fez ontem dia 1 um aninho e eu já tenho
    muitossssss janeiros pois nasci dia 5 de agosto e estou aqui sem loucura nenhuma
    mas é mesmo muito bom ler ou ouvir algo do mes rsrsrsr bjusss meu poeta

    Rita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e pelas palavras amigas, cara Rita. Parabéns pela data do neto. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  7. Oi, Dilmar!
    Que bacana essas lembranças de avó!
    Eu estou amando agosto, pois para nós gaúchos, agosto tem fama de ser o mês mais frio do ano, começando com esse calor, é tudo de bom!
    Tenha uma semana muito feliz!
    Beijo carinhoso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, amiga Jossara, eis um agosto diferente daquilo que normante ocorre. Obrigado pela visita. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  8. E outubro também...e logo, outra vez agosto!
    O tempo tem voado.
    Abraços, Dilmar.

    ResponderEliminar