segunda-feira, 25 de julho de 2016

SABEMOS QUASE NADA

O poeta falou que os sonhos não envelhecem
e a  eterna juventude um estado de espírito,
designar alguém de velho pode ser exagero
ainda que as aparências sejam concludentes.
Quando alguém te chamar de jurássico
diga que velho, com certeza, é o mundo
e este não se cansa de trazer novidades.
A nossa idade pode ser apenas um detalhe,
uma etiqueta pregada na parede do tempo
ou um carimbo discriminante ao portador;
uma letra de câmbio olvidada pelo pregão...
Falar de idade, tempo, destino, existências
ainda mexe conosco porque desconhecemos
os mecanismos reguladores do sistema;
 matemáticos, racionais, eternos, perfeitos,
pois nada no mundo acontece por acaso.


15 comentários:

  1. (...) diga que velho, com certeza, é o mundo
    e este não se cansa de trazer novidades.

    Perfeito, Dilmar!
    Aliás, os filósofos passam a vida querendo entender, ter uma explicação de tudo isso, da razão das coisas, como é e como será... E nada, são os mistérios da natureza, que quando resolve se manifestar, bota todo o mundo no bolso! E caladinhos!

    E cá ficamos nós tentando entender alguma coisa qualquer...
    Abraço, amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Tais, obrigado pelo comentário. Um abraço. Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
  2. Verdade, não sabemos quase nada, aprendemos com a vida.
    Sempre com bons textos.

    Beijo
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Cidália, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
  3. Amigo Dilmar, bem assim, não sabemos de nada, só sentimos que algo maior nos fortalece e nos dá a alegria de estarmos por aqui, o melhor, quando agradecemos a saúde física e mental e percebemos que, envelhecer é natural, aí sim fica tudo mais leve, não nos levarmos por coisas banais,pois velhos, ah, acho que têm algumas vantagens também!
    Amei ler por aqui, abraços apertados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Ivone, obrigado pelo comentário. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  4. Meu querido poeta e filósofo Dilmar, lindo e profundo este poema, e eu preocupado com o número de minha idade, se sei e sinto que o que vale é a qualidade do que se viveu, que se vive, do conhecimento que adquirimos que nos fortalece, e mesmo assim se ter a humildade de reconhecer nada saber e que velho é o mundo e está sempre nos surpreendendo com novidades. Perfeito.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo Jair, obrigado pela vista e obrigado pelo comentário. Um abração. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
    2. Caro amigo Jair, obrigado pela vista e obrigado pelo comentário. Um abração. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  5. Soneto-acróstico

    Entre nós e o universo, o mistério
    Nada, amigo, por acaso acontece
    Acontecimento, leve muito a sério
    Deixe prá lá se vida é sua messe.

    Apenas os mecanismos do sitema
    É que darão todas as cartas, afinal
    Parece que eles o têm como lema
    Onde podem fazem o bem e o mal.

    Realmente, sabemos quase nada
    Assim, desse conluio somos cisco
    Como tal, apenas dados da jogada.

    Apenas, nas pedras, um marisco
    Sobre o qual, o mar arma a cilada
    Ou, no fim da sentença, asterisco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo poeta Jair, obrigado pela visita poética em alto nível.
      Um abraço. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  6. Olá, amado amigo Dilmar!! Sabe o quanto sou admiradora do seu talento aqui partilhado de forma tão sublime e especial!! Obrigada pela linda partilha, em palavras tão sábias quanto verdadeiras. Obrigada por existir e por ser meu amigo! Forte abraço e ternos beijos em seu coração maravilhoso!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Aparecida, obrigado por vossa generosidade. Um abração. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  7. Olá Dilmar, bom dia! Texto sábio, profundo, excelente reflexão! Obrigada por partilhar teu talento e tua enorme sensibilidade! Abração, ania..

    ResponderEliminar
  8. Amiga Ania, obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um bom dia.

    ResponderEliminar