sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

OS BOIS E OS HOMENS

Sabem,  aqueles  questionários
melosos, do tempo de colégio,
de perguntas sobre gostos,
 preferências  e atitudes,
que a gente respondia
imaginando conhecer
as coisas do mundo...
Pois é...doces recuerdos.
Ontem, lendo as respostas
de uma enquete  recente
dirigida a sábios e  afins,
algumas afrouxaram a mola
do cérebro deste velho
e talvez sacudam vossos pelos:
Este país não deslancha
porque os norte-americanos
continuam nos roubando...
A carroça Brasil não anda
porque causa dos vadios...
Ah, vejam também esta pérola:
o povo precisa fiscalizar o governo...
Com essas, lembrei-me de Leonel Brizola:
Venho e volto ao campo e os bois são os mesmos,
não mudam de caráter. Já os homens...

7 comentários:

  1. Acróstico
    Por falar em Brizola

    O Brizola, naquele entendimento rude,
    Se via apontando o caminho para frente
    Bem verdade, não era poço de virtude
    O que o dimensionava tão igual a gente.

    Idealista, de propósito premente
    Sem remorso de como tomar atitude
    Era todo coração comandando a mente
    O populismo dele quase sempre ilude.

    Sobre se fazia o certo ou mesmo errado
    Hoje se diz que fora pichador de muro
    O que nunca o redimirá dalgum pecado.
    Mácula que o leva da glória ao lodo impuro.

    E assim, aquele boi dum arcaico passado
    Não será retrato do homem do futuro
    Se depender de Brizola, o homem é gado

    ResponderEliminar
  2. Pois é meu caro amigo poeta Jair, ele foi o último caudilho. Fez algumas coisas interessantes, sobretudo, aqui no RS, mas era um personalista deslumbrado com o poder.
    Obrigado pela visita. Tenhas um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Caro poeta Dilmar, sabe aquela?
    O leão só ataque quando tem fome
    enquanto que o homem ataca sempre
    o homem rico enriquece
    explorando o homem pobre
    porque pensa que toda a terra
    do mundo lhe pertence!...

    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. Sempre com textos sábios!Adorei

    Beijo. Bom fim de semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Amigo Dilmar, tem coisas que por mais que o tempo passe, não muda muito, os políticos são sempre que parecem os mesmos!
    Amei ler aqui, como sempre tens bom senso e sabe nos passar seus pensamentos!
    Amigo Dilmar, gostaria de te pedir para voltar e comentar novamente no meu poema, sem querer, pelo celular, nem gosto de celular por isso, acho que deletei, não sei, li e procurei e vi que não está publicado, peço desculpas!
    Beijos e abraços apertados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido amigo Dilmar, bom dia! Obrigada pelo carinho, amei que tenhas voltado e comentado novamente, nossa amizade é tão importante que não queria que porventura voltasse lá e visse que não tinha publicado seu sempre esperado comentário, esse que sustenta tão rica amizade, agora não mais publicarei usando celular, pois é tão sensível ao toque que em vez de publicar foi em excluir, tem disso, eu nem gosto muito de celular por isso!
      Abraços bem aperados com votos de um lindo fim de semana!

      Eliminar
  6. Se Brizola visse o que anda acontecendo aqui já teria enfartado... Falando a verdade, amigo Dilmar, tá difícil de acreditar em alguma coisa! Por enquanto só no Sergio Moro e Polícia Federal. O resto é uma desilusão só. A desonestidade e o crime estão em alta! São como coelho, se reproduzem a mil.
    Abçs, bom fim de semana.

    ResponderEliminar