A minha Lista de blogues

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

DIA PARA REFLETIR

Finados, dia de lembrar
nossa eternidade relativa,
dia para lembrar de que
não ficaremos para semente,
mas que passaremos somente,
por aqui, tal qual passa o vento..


17 comentários:

  1. Pois, aqui foi ontem, mas hoje é o verdadeiro dia.. Confesso que gosto pouco deste dia.

    Beijo e uma excelente semana

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Cidália, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Ah, lembro-me agora de que à época da minha primeira juventude, aqui no Brasil 01 de novembro era dia santo; dia de "Todos os Santos", mas na metade dos anos sessenta o governo brasileiro, digo a Ditadura Militar desantificou aquele dia.
      Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  2. Bom dia de segunda e boa semana
    passando para deixar um abraço ver suas postagens
    maravilhosas, e convidar para me visitar e participar do
    sorteio que farei para o Natal aguardo sua visita bjussss


    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida amiga Rita, obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

      Eliminar
  3. Acróstico

    Falecemos todos, isto é patente
    Imortalidade tão somente ficção
    Nada mais normal, minha gente
    Aos mortos, nossa consideração
    Dia para estar da finitude ciente
    Ode a mortos que queridos são.
    Seja amigo, colega ou parente.

    ResponderEliminar
  4. Acróstico

    Fato, a morte vem, jamais falha
    Indiferente ao que fazes ou não
    No final tu perdes essa batalha
    Aproximando-se da morte então
    Deixas esta existência, és palha
    Os que te amam, tem comoção
    Se eras bom, saudade espalha.

    ResponderEliminar
  5. Acróstico

    Fingimos ser eternos, isto posto
    Inquieta-nos o fim desconhecido:
    Naquele lado nós teremos rosto?
    A nãovida igual para todo ser ido?
    Deixar pois a vida, qual o gosto?
    O ignoto está lá? E como eu lido?
    Será desta existência, o oposto?

    ResponderEliminar
  6. Acróstico

    Fim dessa existência fim de tudo
    Infelizmente, uma verdade cabal
    Não importa se grande ou miúdo
    Acaba os seus dias mesmo local
    Deitado duro, cego, surdo e mudo
    O seu mundo acaba, tudo normal
    Sobra os feitos, sobra o conteúdo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido poeta amigo Jair, poeta de "escol" como se dizia no nosso tempo de criança, - lembras-te? -, obrigado pela coleção de acróstico. Um abração. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  7. Amigo Dilmar, hoje é um dia de lembranças dos que ficaram e prestam as homenagens aos que se foram, costumo dizer que revesamos, "um pouco lá" outro tanto cá", assim vamos indo levando a vida eterna de forma mais agradável, aqui digo que são férias, nada de apegos, pois quando estamos em férias não ficamos atrelados em nada, só em poder desfrutar do grande bem que é viver aqui nesse lindo paraíso que é o Planeta Terra e ao voltarmos para "casa" ficaremos de lá nos lembrando dos que ficaram e esperando o dia de poder aqui de novo voltar, quem sabe?!
    Nunca se sabe de nada com certeza, então cremos!

    ResponderEliminar
  8. Querida amiga Ivone, realmente estamos de temporada de férias em periodo de trabalhos forçados dependendo daquilo em que estamos comprometidos, verdade que um dia voltaremos, ainda que de forma temporária, à nossa pátria mãe.
    Um abração. Tenahs, sei que terás, uma linda semana.

    ResponderEliminar
  9. Durante esse tempo afastada dos blogs
    senti muitas saudades de todos que
    de alguma forma não deixou por um só dia meu blog sem nenhum comentário.
    Agradeço de todo coração pela fidelidade isso não tem preço
    uma amizade sem questionamento linda e silenciosa
    num carinho de apertar o coração.
    Hoje agradeço pelo apoio no silêncio das horas e dos tempos.
    Uma semana na paz e na luz de Jesus.
    Foi triste meu afastamento
    marcado por perdas e lagrimas doloridas,
    mas Deus nos da um dia recolhe para sua verdadeira Pátria.
    Um beijo carinhoso saudades sem Fim.
    Eva..
    Grande verdade amigo somos como o vento que passa
    com uma diferença o vento sopra todos os dia e a gente deixa de respirar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Evanir, obrigado pela visita carinhosa. Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma semana abençoada.

      Eliminar
  10. Em paz, com humildade,
    abraçando os que ficaram
    lembrando com saudade
    os que partiram e não voltaram.

    Tenha uma boa noite amigo Dilmar, um abraço.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo Eduardo, obrigado pela visita de além-mar. Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

      Eliminar
  11. Nosso amigo Jair bos deu um banho de inquietação e de reflexões.
    É você disse bem, estamos passando tal qual um vento, as vezes um tufão. Qual o sentido disso, meu amigo Dilmar? Tempo curto demais para cabeças pensantes, para os humanos.
    Abraços!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. CORRIGINDO: 'nos' deu um banho de inquietação...

      Eliminar